Mostrando postagens de Maio 10, 2019Mostrar tudo

Retrospectiva de obras, ações e realizações que fizeram a diferença na vida de muita gente no município de Iguaracy

Apresentamos aqui, o balanço de algumas das ações que acreditamos terem sido importantes para a população iguaraciense e que foram desenvolvidas pela atual gestão do prefeito Zeinha Torres, durante os seus dois anos e quatro meses de mandato.
Abastecimentos simplificados em várias comunidades rurais do município. Centenas de pessoas deixaram de lado a lata d'água na cabeça, a novidade é que agora possuem água encanada em suas residências. Uma obra que não tem valor para alguns, mas certamente foi bem significativa para esta população que antes vivia esquecida.
Ampliação do Cemitério Público de Jabitacá que estava totalmente deteriorado e sem mais espaço para sepultar os falecidos da comunidade. Certamente uma obra significativa para os moradores da comunidade. 
Renovação da frota municipal com a aquisição de vários veículos 0 km para o município, sendo a Secretaria de Saúde até o momento a mais beneficiada, objetivando fazer fluir e agilizar os atendimentos. Não tem nem como dizer que não foi uma aquisição bem significativa, e vem mais por ai...
Construção de Barragem no Sítio Sabino que irá servir para dezenas de moradores da região. Água é vida, então...
Casa de Apoio no Recife, com ambiente amplo, organizado, confortável, climatizado e bem no centro da capital. Só quem já ficou hospedados em Camaragibe sabe da importância de ter uma casa de apoio próxima do centro.
Resgate das festas tradicionais do município, antes desgastadas por falta de atrações na maior parte das noites festivas. Os barraqueiros, comerciantes e a juventude festiva, acharam bem significativa a mudança...
Governo Itinerante que leva os atendimentos da prefeitura até os moradores das comunidades, onde a população além de ser atendida em suas necessidades mais básicas, tem o direito de conversar pessoalmente com o prefeito, secretários e funcionários. Esse é considerado o carro chefe da gestão do prefeito Zeinha. As imagens falam por si só...
Iluminação e melhoria do Acesso ao Bairro São Sebastião, trazendo mais comodidade e segurança à população que utiliza o percurso principalmente durante a noite. Os moradores do Bairro São Sebastião e os que residem nas imediações, certamente devem ter algo a agradecer a atual gestão.
Obras do Canal em Iguaracy que livrou centenas de moradores da fedentina que há anos assolava um bairro inteiro. Até os mosquitos diminuíram! Quem mora no bairro sabe dizer se a obra foi de grande importância ou não.
Aquisição de um Ônibus próprio para o TFD, livrando a população de ficar à mercê da Progresso, com entrega e coleta dos pacientes diretamente nos locais de atendimento. Quem já andou na Progresso, sendo despejado de madrugada no Darby, cumprindo horário e com medo de perder o ônibus, sabe a significância de ter um transporte exclusivo para os pacientes.
Ampliação da Praça de Jabitacá interligando com a calçada da Igreja Matriz, evitando o trânsito de veículos no local, melhorando a estética e trazendo mais segurança e conforto para a população. Uma obra que certamente tem uma grande importância para a comunidade religiosa que agora não corre mais o risco de ser atropelada por um carro uma moto.
Ampliação dos Banheiros Públicos de Jabitacá, onde antes havia apenas uma bacia sanitária para atender as mulheres, o que era um verdadeiro tormento em épocas de festas, hoje além de vários sanitários, os banheiros masculino e feminino ainda contam com rampas de acessibilidade. Uma obra que deve ter a sua relativa importância, principalmente para quem frequenta as festividades de Agosto em Jabitacá, onde as filas dos banheiros são enormes.
Calçamento da Av Odilon Rodrigues da Cruz, muitos prometeram, mais Zeinha quem fez. Moradores do Bairro Santa Ana agradecem e agora aguardam a construção da ponte.
Calçamento da Rua Luiz Quaresma em Jabitacá, muitos prometeram, mais Zeinha quem fez. Fim da lama e da poeira, certamente os moradores estão agradecidos pelo empenho da gestão.
Calçamento da Rua Projetada em Irajaí, muitos prometeram, mais Zeinha quem fez. Mas uma obra importante que o prefeito Zeinha correu atrás e concluiu para benefício da população que ficou livre da lama e da poeira.
Calçamento da Rua José Bezerra Câmara até o Trevo que liga com a PE 292. Mais uma obra importante, realizada na gestão do prefeito Zeinha Torres.
Calçamento e Construção de uma moderna Praça na Trv José Bezerra Câmara. Como muitos dizem, "a Praça da Rua da casa de Jó ficou linda". Mais uma obra da gestão do prefeito Zeinha Torres.
Construção de Praça do Bairro Santa Ana com iluminação moderna e atraente. Uma obra de grande significância para os moradores porque valorizou ainda mais o bairro.

Papa Francisco emite decreto que obriga bispos a denunciar casos de abuso sexual

O papa Francisco determinou mudanças nas leis da Igreja Católica nesta quinta-feira (9), que tornam obrigatório a bispos e padres reportarem suspeitas de abusos sexuais e permite a qualquer pessoa enviar denúncias diretamente ao Vaticano.
Caso os bispos não reportem os casos de abuso, poderão ser considerados corresponsáveis pelo crime que ocultaram.
Todas as dioceses do mundo deverão implementar dentro de um ano um sistema acessível ao público para apresentar relatórios sobre as denúncias de potenciais casos de abusos sexuais, que serão examinados em um prazo de 90 dias.
⏩    Mostrar matéria completa  
Até o presente momento, os clérigos e religiosos denunciavam os casos de violência de acordo com sua consciência pessoal. A novidade do texto é que o papa torna juridicamente vinculativo em toda a Igreja a denúncia de abusos sexuais “no menor tempo possível” por padres e religiosos. Os leigos que trabalham para a Igreja também são encorajados a denunciar casos de abuso e assédio.
Quando as suspeitas estiverem relacionadas a pessoas em posição hierárquica, incluindo cardeais, patriarcas e bispos, a notificação pode ser enviada diretamente para a Santa Sé ou a um arcebispo metropolitano.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Pernambuco confirma o primeiro caso de zika em gestante em 2019

Pernambuco confirma o primeiro caso do ano de infecção pelo zika na gestação, segundo revela o boletim de arboviroses divulgado ontem pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). O vírus, também conhecido pelas suas manifestações congênitas (como a microcefalia), foi detectado numa adolescente de 15 anos moradora de Paudalho, Zona da Mata Norte de Pernambuco, às vésperas de dar à luz um bebê saudável, no dia 23 de fevereiro.
Segundo o município, ela apresentou sintomas de zika três dias antes do parto. Logo após o nascimento, foram coletadas amostras da mãe. O resultado saiu apenas no dia 24 de abril.
A análise dos exames foi feita pelo Laboratório Central de Saúde Pública Dr. Milton Bezerra Sobral (Lacen–PE). A presença do zika, no organismo da adolescente, foi confirmada pela técnica de RT-PCR, em que é feito o sequenciamento genético do vírus. O município acrescentou que ela e o bebê estão em acompanhamento desde o nascimento e apresentam boas condições de saúde.
⏩    Mostrar matéria completa  
“Esse caso confirmado em gestante reforça o alerta de que o zika permanece em circulação no Estado e que não só as gestantes, mas toda a população, devem tomar precauções adequadas contra o Aedes aegypti. Além disso, como zika é uma doença que dificilmente é detectada no início do quadro, esse caso confirmado provavelmente não é o único entre mulheres grávidas. Podem existir outros que não foram diagnosticados laboratorialmente”, frisa a gerente de Vigilância das Arboviroses da SES, Claudenice Pontes. Ela também informa que já foi feito contato com a área que coordena a síndrome congênita do zika no Estado para que mãe e filho sejam acompanhados, por uma unidade de atenção básica de Paudalho, para se avaliar o desenvolvimento especialmente do bebê.
O boletim da SES ainda mostra que este ano foram notificados 138 casos de gestantes (em 2018, no mesmo período, foram 117) com suspeita de arboviroses – mulheres que apresentaram, em algum momento da gravidez, manchas vermelhas e/ou irritação na pele espalhadas pelo corpo. Entre as 138 suspeitas, 27 tiveram diagnóstico de dengue e três de chicungunha, além do caso confirmado de zika. “Também merecem cuidados, durante a gravidez, a dengue e a chicungunha. Esta última, quanto mais perto do parto se manifestar, mais delicada é a situação. Quanto mais perto do nascimento a mãe tiver chicungunha, maior a carga viral que o bebê receberá. As mulheres que planejam engravidar e as gestantes devem se prevenir, com utilização de repelente recomendado pelo obstetra e uso de roupas leves que cubram o máximo possível o corpo”, orienta Claudenice.
Aumento
O balanço da SES, que considera dados deste ano até o último dia 4, ainda revela que foram registrados 12.495 casos suspeitos de dengue em 170 municípios de Pernambuco, representando um aumento de 29%, em relação ao mesmo período de 2018. Também este ano já foram registrados 1.903 casos de chicungunha em 107 cidades, o que corresponde a um aumento de 40,3%, em comparação com o mesmo período de 2018. Para zika, a curva ascendente é mais uma realidade no Estado. Até o momento, houve notificação de 871 casos suspeitos da doença em 80 municípios, o que corresponde a um aumento de 122,8%, comparando com o mesmo período do ano passado.
Sobre a síndrome congênita do zika vírus, que tem a microcefalia como a manifestação mais conhecida, Pernambuco notificou este ano 22 nascimentos de casos suspeitos até março. Entre eles, um foi confirmado e outro descartado. Os demais permanecem em investigação. (Com colaboração da repórter Julia Aguilera - Via: Jc Online)
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Abertas inscrições para 450 postos de cadetes

Já estão abertas as inscrições do concurso de admissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx). Oportunidade é de 450 vagas destinadas ao curso de formação e graduação de oficiais de carreira da linha de ensino militar bélico, sendo 400 para os homens e 50 para as mulheres.
Interessados em concorrer a uma das ofertas devem possuir diploma de conclusão de curso de ensino médio, idade entre 17 e 22 anos até 31 de dezembro do ano da matrícula e altura mínima de 1,60m para o sexo masculino e 1,55m para o sexo feminino.
As inscrições serão recebidas até o dia 6 de junho de 2019, através do endereço eletrônico da EsPCEx (www.espcex.eb.mil.br). Será cobrada uma taxa de participação, no valor de R$ 90, e o seu pagamento deverá ser efetuado até a data limite de 7 de junho, observado o horário de funcionamento da rede bancária.
⏩    Mostrar matéria completa  
Informações sobre as provas
O concurso para cadetes do Exército será constituído das seguintes etapas, de caráter eliminatório: exame intelectual; inspeção de saúde; exame de aptidão física; avaliação psicológica; e comprovação dos requisitos para a matrícula.
O exame intelectual será composto de provas escritas, separadas da seguinte maneira: módulo I contemplará 44 questões, sendo 20 de português (peso 2), 12 de física (peso 1) e 12 de química (peso 1), além de uma redação (questão discursiva); e módulo II composto de 56 questões, sendo 20 de matemática (peso 2), 12 de geografia (peso 1), 12 de história (peso 1) e 12 de inglês (peso 1).
As provas serão aplicadas em dois dias consecutivos, sendo 28 de setembro (módulo I) e 29 de setembro (módulo II). A confirmação das datas e os locais de realização dos exames serão divulgados, oportunamente, no site do Exército.
O curso de formação
O curso de formação e graduação de oficiais de carreira da linha de ensino militar bélico, de nível superior, terá duração de cinco anos, em regime de internato, nos seguintes locais:
EsPCEx, na cidade de Campinas/SP, no primeiro ano, em que o militar em formação é considerado aluno;
Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), na cidade de Resende/RJ, do segundo ao quinto ano, recebendo o título de cadete.
Durante a realização do curso na AMAN, o cadete do sexo masculino optará por um dos seguintes cursos: infantaria, cavalaria, artilharia, engenharia, comunicações, intendência e material bélico. Já a cadete do sexo feminino escolherá um dos seguintes cursos: intendência e material bélico.
Após concluir o curso com aproveitamento, o concludente será declarado aspirante-a-oficial do Exército Brasileiro, sendo-lhe conferida a graduação de bacharel em ciências militares.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Para 59% dos brasileiros, reforma da Previdência é necessária, diz Ibope

Em meio à discussão da reforma da Previdência na Comissão Especial na Câmara dos Deputados, um levantamento do Ibope, encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), mediu o sentimento da população sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC). Divulgada nesta quarta-feira (8), a pesquisa revelou que 59% dos brasileiros concordam que a reforma é necessária. 36% discordam, 5% não sabem ou não responderam, e 1% não concordam ou discordam.
Em relação a pontos específicos sobre a proposta, 72% concordam em estabelecer uma idade mínima para o sistema de aposentadorias. Esse foi um dos pontos que apresentou maior apoio na pesquisa. Para 80% dos brasileiros, a aposentadoria deveria ocorrer até os 60 anos. 19% opinam que a idade mínima deveria ser de 61 anos ou mais. Hoje o texto do governo Jair Bolsonaro (PSL) propõe uma idade mínima de 65 anos para os homens e 62 para as mulheres.
⏩    Mostrar matéria completa  
Ponto no projeto que encontra resistência entre os congressistas favoráveis à reforma, a mudança no Benefício de Prestação Continuada (BPC) é rejeitada também pela população. 77% veem como um dever da sociedade garantir um salário mínimo a todos os idosos de baixa renda, inclusive àqueles que nunca contribuíram para a Previdência, o que é caso dos beneficiários do BPC.
O levantamento ouviu 2 mil pessoas em 126 municípios entre os dias 12 e 15 de abril. A margem de erro é de 2 pontos percentuais e o grau de confiança é de 95%.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

As grandes obras no município de Iguaracy

O ex-prefeito Francisco Dessoles em entrevista ao Programa Debate das Dez, nesta quinta-feira (09), na Rádio Pajeú, disse que não via grandes obras na gestão do prefeito Zeinha Torres, e que todas as obras significativas foram feitas em seu mandato, citando entre elas a construção do Estádio de Futebol, feito pela sua pessoa, uma obra que ele certamente considera como uma de suas obras de maior magnitude.
A princípio, há de se entender, que comparar as duas gestões, torna-se um tanto quanto desleal no momento, porque o ex-prefeito administrou o município por 12 anos e o atual prefeito está apenas com dois anos e cinco meses de gestão. Comparando o tempo de gestão de um para o outro, digamos que o ex-prefeito já terminou os seus 90 minutos de jogo e o atual prefeito está ainda nos 15 minutos  do primeiro tempo e muita bola ainda tem para rolar.
Sem desmerecer as obras do ex-prefeito, é claro que todas tem a sua devida importância, e eu mesmo já defendi uma por uma aqui no blog, mas com todo o respeito que se cabe, é preciso se entender que, o que muitas vezes é obra de peso para uns, pode não ter a menor significância para outros. A exemplo do próprio Estádio de Futebol, onde certamente a maioria dos iguaracienses nunca colocaram os pés, ou por falta de oportunidade, ou quem sabe, como falei, por não terem o menor interesse, tendo como prioridade outras atividades.
Geralmente, os gestores públicos gostam de realizar obras onde todos possam olhar e admirar, e que tragam status para a sua gestão.
Mas o que chama mais atenção no governo do prefeito Zeinha Torres não são as obras de cal e cimento que ele também conquistou, valendo ressaltar que não são poucas, mas o que vemos chamar realmente a atenção, é algo mais íntimo, tem a ver com calor humano, com proximidade, é estar perto, é estar junto das pessoas, é poder abraçar, é poder conversar, é poder compartilhar de suas angústias e necessidades.
Governo popular é isto, é primeiramente se preocupar com o bem-estar das pessoas, do próximo e do menos favorecido, ir bem na raiz dos problemas que afligem a população, muitas vezes nos mais longínquos recantos, desprezados e esquecidos pela administração pública.
Ações como estas realmente não chama a atenção de quem tem uma vida tranquila, de quem neste momento está no conforto de sua casa usufruindo de tudo aquilo que o poder financeiro pode prover.
Mas tem um valor imensurável para quem é carente até de um aperto de mão, quanto mais de um abraço. Este cuidado, este amor que a gestão do prefeito Zeinha tem pela população, principalmente por aqueles que mais precisam de cuidados, para eles não tem preço, seria uma injustiça comparar com a construção de um simples Estádio de Futebol.

Ameaças e assassinatos de jornalistas, radialistas e blogueiros aumentam 30% no Brasil em 2018, diz organização

Graves violações contra comunicadores, como jornalistas, radialistas e blogueiros, aumentaram cerca de 30% em 2018 se comparado com o ano anterior no Brasil, de acordo com relatório divulgado pela organização internacional Artigo 19 nesta segunda-feira (6).
Segundo o estudo “violações à liberdade de expressão”, foram registrados 35 graves violações, sendo 26 ameaças de morte, quatro homicídios, quatro tentativas e um sequestro no ano passado. Em 2017, a Artigo 19 registrou 27 casos.
O ano de 2018 repetiu o número registrado em 2012 e 2015, anos com os maiores números de casos. É a sétima vez que a organização publica esse relatório. A Artigo 19 é uma organização internacional de direitos humanos que atua na defesa e promoção da liberdade de expressão e do acesso à informação pública.
As informações apuradas no relatório dizem respeito somente às graves ocorrências. No entanto, também são monitoradas outras formas menos graves de violações, que servem de subsídio para o levantamento.
Segundo o estudo, o ano de 2018 foi internacionalmente reconhecido como violento para jornalistas. No Brasil, o perfil mais vulnerável é o do comunicador que atua em cidades pequenas, 19 casos (54%).
⏩    Mostrar matéria completa  
Os jornalistas foram os mais atingidos por graves violações em 2018, correspondendo a 17 casos (49%), sendo a maioria dos casos de ameaças de morte, 14 ocorrências. Em segundo lugar, aparecem os radialistas, com 12 casos (34%), o maior número já registrado pela Artigo 19 de violações contra essa categoria.
Dos quatro assassinatos, dois casos foram de radialistas, um em Goiás, outro do Pará. Relatório do Ministério Público mostrou que, entre 1995 e 2018, 64 jornalistas, profissionais de imprensa e comunicadores foram mortos no exercício da profissão no Brasil.
Dos 35 comunicadores, 27 relataram ter sofrido algum tipo de violação anterior, como agressões verbais, intimidação, processos judiciais dentre outras. Dez contaram já ter recebido ameaças de morte em razão de sua atuação.
O relatório também identificou 5 casos de atentados a redações ou sedes de veículos em 2018. Em alguns casos, blogueiros e outros comunicadores trabalham em suas casas.
Em 2018, houve 11 casos de violações online, quando alguma ferramenta online serviu de meio para a veiculação de ameaça de morte, como aplicativos de mensagens, mídias sociais ou e-mails. Oito jornalistas foram alvos online. O relatório chama atenção para as subnotificações, já que muitos jornalistas não relatam essas ameaças.
Onde ocorrem as violações?
A região Nordeste segue com o maior número de graves violações, com 13 casos, seguida pelo Sudeste, 8 casos, onde está a maior parte dos veículos de comunicação do Brasil, e 7 no Norte, dentre eles dois assassinatos.
São Paulo continua como o estado com mais casos, 5, repetindo o número de 2016 e 2017. Em seguida, aparecem Bahia e Paraíba, com 4 casos cada.
Apesar de as cidades pequenas concentrarem o maior número dos casos, houve crescimento nos registros ocorridos em cidades grandes (com mais de 500 mil habitantes): de 2 para 8 violações.
Quem comete?
Dentre as pessoas que mais cometem as violações estão políticos, policiais e agentes públicos em todos os anos levantados pelo relatório: 18 (51%) foram cometidas por agentes do estado, das quais 15 tiveram políticos por trás.
Os comunicadores são mais perseguidos após fazerem denúncias: 26 dos casos apurados (74%). A organização também chama a atenção para o alto número de casos em que os autores não se encaixam em nenhum perfil específico. “Trata-se do que uma das vítimas apontou com preocupação: a ascensão do cidadão comum como agressor. Alguns desses casos possuem um autor específico responsável pela ameaça, enquanto em outros há uma variedade de agressores”, diz o relatório.
“Outro traço dos ataques online é o ataque à figura pessoal da comunica-dora ou comunicador. Dentre todos os tipos de motivação aqui listados, notamos ofensas e ataques direcionados à pessoa, não apenas ao conteúdo de sua produção. Este nível de personalização da agressão é preocupante, em especial quando a fronteira entre perfil pessoal e profissional de comunicadores em redes sociais muitas vezes não existe”, completa.
A principal motivação segue sendo a realização de denúncias, o que se nota em 26 dos casos apurados (74%).
“Os casos de graves violações em 2018 demonstram dois aspectos do cenário de violência. Primeiro, se reforçam as tendências históricas de ataques de pessoas poderosas, especialmente políticos, contra comunicadores em cidades pequenas que realizam denúncias contra ações realizadas por essas pessoas. Em segundo lugar, fica evidente um cenário que já vinha se desenhando nos últimos anos: os ataques online contra comunicadores têm se intensificado e impactado a vida e o trabalho de comunicadores inclusive fora da esfera virtual, de modo que novos desafios no enfrentamento da violência são colocados”, afirma Thiago Firbida, assessor de Proteção e Segurança da Artigo 19 e responsável pelo relatório.
Graves violações contra comunicadores, como jornalistas, radialistas e blogueiros, aumentaram cerca de 30% em 2018 se comparado com o ano anterior no Brasil, de acordo com relatório divulgado pela organização internacional Artigo 19 nesta segunda-feira (6).
Segundo o estudo “violações à liberdade de expressão”, foram registrados 35 graves violações, sendo 26 ameaças de morte, quatro homicídios, quatro tentativas de homicídio e um sequestro no ano passado. Em 2017, a Artigo 19 registrou 27 casos.
O ano de 2018 repetiu o número registrado em 2012 e 2015, anos com os maiores números de casos. É a sétima vez que a organização publica esse relatório. A Artigo 19 é uma organização internacional de direitos humanos que atua na defesa e promoção da liberdade de expressão e do acesso à informação pública.
As informações apuradas no relatório dizem respeito somente às graves ocorrências. No entanto, também são monitoradas outras formas menos graves de violações, que servem de subsídio para o levantamento.
Segundo o estudo, o ano de 2018 foi internacionalmente reconhecido como violento para jornalistas. No Brasil, o perfil mais vulnerável é o do comunicador que atua em cidades pequenas, 19 casos (54%).
Os jornalistas foram os mais atingidos por graves violações em 2018, correspondendo a 17 casos (49%), sendo a maioria dos casos de ameaças de morte, 14 ocorrências. Em segundo lugar, aparecem os radialistas, com 12 casos (34%), o maior número já registrado pela Artigo 19 de violações contra essa categoria.
Dos quatro assassinatos, dois casos foram de radialistas, um em Goiás, outro do Pará. Relatório do Ministério Público mostrou que, entre 1995 e 2018, 64 jornalistas, profissionais de imprensa e comunicadores foram mortos no exercício da profissão no Brasil.
Dos 35 comunicadores, 27 relataram ter sofrido algum tipo de violação anterior, como agressões verbais, intimidação, processos judiciais dentre outras. Dez contaram já ter recebido ameaças de morte em razão de sua atuação.
O relatório também identificou 5 casos de atentados a redações ou sedes de veículos em 2018. Em alguns casos, blogueiros e outros comunicadores trabalham em suas casas.
Em 2018, houve 11 casos de violações online, quando alguma ferramenta online serviu de meio para a veiculação de ameaça de morte, como aplicativos de mensagens, mídias sociais ou e-mails. Oito jornalistas foram alvos online. O relatório chama atenção para as subnotificações, já que muitos jornalistas não relatam essas ameaças.
Onde ocorrem as violações?
A região Nordeste segue com o maior número de graves violações, com 13 casos, seguida pelo Sudeste, 8 casos, onde está a maior parte dos veículos de comunicação do Brasil, e 7 no Norte, dentre eles dois assassinatos.
São Paulo continua como o estado com mais casos, 5, repetindo o número de 2016 e 2017. Em seguida, aparecem Bahia e Paraíba, com 4 casos cada.
Apesar de as cidades pequenas concentrarem o maior número dos casos, houve crescimento nos registros ocorridos em cidades grandes (com mais de 500 mil habitantes): de 2 para 8 violações.
Quem comete?
Dentre as pessoas que mais cometem as violações estão políticos, policiais e agentes públicos em todos os anos levantados pelo relatório: 18 (51%) foram cometidas por agentes do estado, das quais 15 tiveram políticos por trás.
Os comunicadores são mais perseguidos após fazerem denúncias: 26 dos casos apurados (74%). A organização também chama a atenção para o alto número de casos em que os autores não se encaixam em nenhum perfil específico. “Trata-se do que uma das vítimas apontou com preocupação: a ascensão do cidadão comum como agressor. Alguns desses casos possuem um autor específico responsável pela ameaça, enquanto em outros há uma variedade de agressores”, diz o relatório.
“Outro traço dos ataques online é o ataque à figura pessoal da comunica-dora ou comunicador. Dentre todos os tipos de motivação aqui listados, notamos ofensas e ataques direcionados à pessoa, não apenas ao conteúdo de sua produção. Este nível de personalização da agressão é preocupante, em especial quando a fronteira entre perfil pessoal e profissional de comunicadores em redes sociais muitas vezes não existe”, completa.
A principal motivação segue sendo a realização de denúncias, o que se nota em 26 dos casos apurados (74%).
“Os casos de graves violações em 2018 demonstram dois aspectos do cenário de violência. Primeiro, se reforçam as tendências históricas de ataques de pessoas poderosas, especialmente políticos, contra comunicadores em cidades pequenas que realizam denúncias contra ações realizadas por essas pessoas. Em segundo lugar, fica evidente um cenário que já vinha se desenhando nos últimos anos: os ataques online contra comunicadores têm se intensificado e impactado a vida e o trabalho de comunicadores inclusive fora da esfera virtual, de modo que novos desafios no enfrentamento da violência são colocados”, afirma Thiago Firbida, assessor de Proteção e Segurança da Artigo 19 e responsável pelo relatório.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Programa UM NOVO TEMPO - fique por dentro das notícias mais importantes de Iguaracy nesta semana:

Assista ao Programa "Um Novo Tempo" desta semana com a participação do prefeito Zeinha Torres, do secretário de Cultura Edjanilson Rodrigues, da coordenadora de Vigilância em Saúde, Isabel Pires e também contou com a participação de Ceicinha, que é coordenadora do Programa Nacional de Imunização do Município. Muitos assuntos importantes. Confira abaixo:
  • Adesão a Astur
  • II Feira de Cultura
  • Iguaracy selecionado para Feneart
  • Campanha de Vacinação contra a Gripe
  • Campanha Maio Amarelo
  • Energia na Mata Verde
  • Abastecimentos Simplificados
  • Abastecimento do Barro Doce
  • Investimentos na Saúde em Iguaracy
  • Prefeitos na Amupe
O Programa Institucional da Prefeitura de Iguaracy: "UM NOVO TEMPO UMA NOVA HISTÓRIA", tem a locução do comunicador Anchieta Santos e vai ao ar todas as quintas-feiras ao meio-dia através das ondas sonoras da Rádio Cidade FM e Pajeú de Comunicação.
Assessoria de Comunicação - Governo de Iguaracy/PE

Uso exagerado de eletrônicos pode acelerar miopia nas crianças

A miopia é uma condição do olho caracterizada pela má visão à distância, ou seja, os portadores desse distúrbio possuem dificuldade em “ver de longe”. Além da genética, fatores ambientais podem interferir na agravação da miopia, como o uso inadequado e excessivo de celulares, smarthpones ou tablets. Nos dias atuais, é normal ver crianças utilizando esses aparelhos eletrônicos, mesmo com pouca idade. Especialistas fazem um alerta e garantem que esse contato, muitas vezes exagerado, pode acelerar o processo da miopia nos pequenos.

Cidades do Sertão têm aumento de 3.900% nos casos de dengue

Cidades integrantes da Gerência Regional de Saúde (Geres) VII de Pernambuco — que engloba os municípios de Belém do São Francisco, Cedro, Mirandiba, Salgueiro, Serrita, Terra Nova e Verdejante – registraram um aumento impressionante de 3.900% nas notificações de dengue em 2019. A informação, divulgada pela Secretaria Executiva de Vigilância em Saúde do estado, compara os dados coletados de 1º de janeiro até 29 de abril com o mesmo período de 2018. Considerando as sete cidades, foram 1.760 casos suspeitos este ano, contra 44 em 2018.
Nos dados consolidados de Pernambuco, foram 10.621 casos suspeitos de dengue em 169 cidades pernambucanas este ano — uma alta de 20% em relação ao ano passado (8.845 casos).
Outras arboviroses também registraram uma escalada significativa no comparativo com o primeiro quadrimestre de 2018. A zika apresentou um aumento de 128% no número de notificações neste ano em comparação com mesmo período de 2018. Segundo a SES, foram 728 registros da doença em 80 municípios entre 1º de janeiro e 27 de abril. No mesmo período do ano passado, foram reportados 319 casos suspeitos.
⏩    Mostrar matéria completa  
Em relação à chikungunya, os dados mostram 1.687 registros em 102 municípios, representando um aumento de 35,5% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando foram notificados 1.245 casos.
No Recife e Região Metropolitana, os registros epidemiológicos mostram aumento nos números das três doenças em 2019. Foram 517 casos de zika (169,3% a mais em comparação aos 192 do ano passado), 4.333 de dengue (alta de 5,3% em relação aos 4.116 de 2018) e 770 de chikungunya (40,5% a mais do que em 2018, quando foram 548 casos).
Procurada, a SES declarou que presta todo o apoio técnico aos municípios, a quem cabe a realização de medidas de prevenção às arboviroses, nas ações de campo. “Essa ação de controle é de responsabilidade municipal, o estado dá apoio técnico. Quanto ocorre um episódio de epidemia é que intervimos. Já fizemos nossa parte, o que precisamos é que os municípios intensifiquem o controle nos locais onde está havendo aumento dos mosquitos”, afirma a gerente de vigilância das arboviroses da SES, Claudenice Pontes.
Claudenice acrescenta que a SES promoveu recentemente uma capacitação com os profissionais de saúde de Pernambuco e irá lançar um aplicativo para agilizar a transmissão de informações durante as visitas dos agentes de endemias às casas da população. “Estamos implantando um sistema para analisar a situação ambiental e ter um diagnostico mais rápido dos municípios. Escolhemos Salgueiro para começar, já a partir da próxima semana. Vamos distribuir smartphones para todos os agentes e então teremos uma resposta mais rápida dos municípios”, explica Claudenice.
Suspeitas de casos congênitos de zika caíram
O número de suspeitas de casos congênitos de zika neste ano (especialmente microcefalia) apresentou queda, embora o número permaneça alto. Foram 22 notificações, uma redução de 54,2% em relação ao mesmo período do ano anterior (48 casos). Ainda assim, a média de notificações de bebês com suspeitas de sequelas causadas pela doença durante a gestação foi de uma por semana no Estado.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

"De novo, lhes falava Jesus, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida." João 8:12

Pensamento: Que maravilhosa promessa revela este versículo! Não andar em trevas significa poder enxergar, ver o que as pessoas que não seguem a Jesus não conseguem ver. Isso se torna um diferencial competitivo em nossas vidas profissionais, em nossos relacionamentos pessoais, e assim conseguimos melhores resultados pois tudo fica mais claro, é possível entender as tribulações e crescer em meio as adversidades, é possível compreender as pessoas que nos maltratam, enfim ter a luz da vida é ter Jesus, pois Ele é a luz do mundo.
Oração: Pai, Te agradeço por permitir enxergar e entender coisas que antes eu nem sequer sabia que existiam. Realmente tenho visto a diferença que Jesus têm feito na minha vida. Continua revelando tudo aquilo que está em oculto, e mostrando qual o caminho que eu devo seguir. Ajuda-me nas minhas decisões trazendo luz, para escolher aquilo que for da Sua vontade. Eu oro em nome de Jesus meu Senhor. Amém.
Uma sexta-feira abençoada para todos.