1ª Audiência Pública sobre "Mulheres nos Espaços de Poder e Participação Política" foi realizada com sucesso em Iguaracy.

Aconteceu nesta quinta-feira (05), na Câmara Municipal de Vereadores de Iguaracy, a primeira Audiência Pública sobre Mulheres nos Espaços de Poder e Participação Política. O evento foi promovido pela Diretoria da Mulher e NUCA( Núcleo de Cidadania Adolescente) com o apoio do Governo Municipal de Iguaracy através da Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social.
A composição da mesa foi formada por Shirley Walquíria, diretora da Mulher, Juliany Rabêlo, secretária de Desenvolvimento e Assistência Social, Marília Corrêa representante da Secretaria da Mulher do Estado, Rosângela Queiroz diretora de Juventude, Apolônia Gomes da Rede de Mulheres Produtoras e integrante do Fórum de Mulheres do Pajeú, Raniery como representante do sindicato, Raynara como representante do NUCA, Odete Baião e Fábio Torres representando a Câmara de vereadores, Júlia vereadora Mirim, Ana Cleide e Silvinha de Betinho, como ex-candidatas a Câmara de Vereadores.
A secretária Juliany Rabêlo, fez a saudação em nome do prefeito Zeinha Torres, falou da importância do evento, parabenizou as mulheres pelas lutas e declarou incondicional apoio por parte da Secretaria de Assistência Social e do prefeito do município.
A diretora da Mulher, Shirley Walquiria, falou sobre o objetivo do encontro, onde aproveitou a comemoração do Dia Internacional da Mulher como oportunidade de promover o debate sobre a participação das mulheres na vida pública e nos demais espaços de poder. Shirley fez um apelo que as mulheres que morreram na fábrica, porque estavam lutando pelos seus direitos, não tivessem morrido em vão, que aquele momento fosse a forma de lutar, sem calar a voz quando os direitos estivessem sendo retirados na atual conjuntura.
A vereadora Odete Baião, na sua fala disse que estava muito feliz em voltar as atividades como vereadora e também de estar participando do evento. Já o vereador Fábio Torres disse que é importantíssimo esses espaços de discussão pra garantir os direitos das mulheres, uma classe que infelizmente é desvalorizada, principalmente no setor privado, pois na contratação de dois profissionais com o mesmo perfil, a mulher sempre recebe menos, pelo mesmo serviço e parabenizou também a gestão do prefeito Zeinha Torres que tem no seu secretariado e nas diretorias a maioria formada por mulheres.
Raynara do NUCA fez um resumo da experiência dela com o intercâmbio.
Apolônia destacou as lutas feministas, dos movimentos, e relatou a experiência de quando foi candidata a vereadora e as dificuldades enfrentadas.
A diretora de Juventudes, Rosângela Queiroz, fez um resgate das Mulheres que contribuíram de alguma forma com a causa feminina e feminista e fez um apelo para que as jovens garotas iguaracienses busquem o empoderamento necessário para assumir posições de poder em seus espaços em sua própria tutela, não apenas como coadjuvantes dos homens.
Já a representante da secretaria da Mulher do Estado, Marília Correia, iniciou falando sobre as mulheres fortes, relembrando a presidenta Dilma, a qual foi golpeada por ser mulher, sobre a exposição a que foi submetida e comparou com o atual presidente que é aplaudido por seu comportamento até quando joga bananas para a impressa. Resgatou em Pernambuco o empenho das secretárias Cristina Buarque e Silvia Cordeiro que comandam com maestria atualmente a secretaria; e finalmente pediu, para que o público não se esqueça das mulheres que vieram antes, que morreram para que as mulheres da atualidade pudessem conquistar estes espaços.
Evidenciando a semente plantada com o Projeto Jovem Vereador que conta hoje com 7 VEREADORAS e 2 vereadores jovens, o que sinaliza uma projeção positivamente predominante de mulheres se envolvendo na política local. 
Parabéns aos organizadores e colaboradores pelo estímulo a todas as mulheres na construção cidadã de um mundo mais justo e igualitário.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO GOVERNO DE IGUARACY