Cheia no Riacho dos Macacos reacende discussão em relação a construção de UBS ao lado do leito do rio.

Com águas vindas principalmente das sangrias das barragens conhecidas popularmente por Barragem de Otaviano e Barragem de Luizão, o Riacho dos Macacos em Iguaracy, que desagua na Barragem de Brotas em Afogados da Ingazeira, apresentou um volume considerado de água nesta quarta-feira, 18 de março de 2020.
Durante o dia, diversos curiosos estiveram no local para apreciar a novidade, outros aproveitaram ainda para tomar banho. Já nas imediações da ponte que dá acesso a Iguaracy, na PE 292, onde o riacho atravessa, alguns populares aproveitaram para pescar. As imagens podem serem visualizadas no vídeo acima.
A cheia também serviu para levantar questionamentos em relação a construção da UBS Sede, que foi erguida bem ao lado do leito do rio. Na época de sua construção, a obra foi muito criticado pelos vereadores e por boa parte da população, principalmente por parte daqueles mais velhos que já presenciaram a força do riacho em épocas de grandes cheias.
Com o aterro feito para comportar a obra, o riacho ficou mais estreito na curva que agora passa por trás da UBS.
Apesar dos questionamentos, a obra acabou sendo realizada, porém, acabou apresentando diversas rachaduras, o que levou a atual gestão do prefeito Zeinha Torres, como medida de prevenir um dano bem maior, a ter que tomar a decisão de evacuar o prédio, algo que foi feito debaixo de muitas críticas da gestão anterior, que alega que o prédio é seguro e que foi apenas um ato político por parte da atual administração.
Como medida de segurança, a prefeitura agindo mais uma vez com responsabilidade, pensando primeiramente na segurança dos iguaracienses, colocou uma placa de advertência para que os motoristas não se arrisquem ao atravessar a pequena ponte.
Apesar da ponte ter sido construída em cima de trilhos de linhas ferro, um grande reforço incomum nos dias atuais, não tem como a prefeitura garantir a segurança da mesma para a passagem de automóveis.
No dia 17 de fevereiro de 2020, o Governo Municipal de Iguaracy, esteve assinando a Ordem de Serviço para dar início as obras de construção de uma ponte maior e mais segura. Mas como o volume de chuvas foi bem maior e mais cedo do que se esperava, a obra não foi realizada.
Um pouco de história: Iguaracy tinha, anteriormente o nome de Macacos, devido o pequeno povoado ter surgido ao lado do Riacho dos Macacos, onde os almocreves paravam para descansar. Foi transformado em distrito de Afogados da Ingazeira pela Lei Municipal de nº 01, de 16 de novembro de 1892. A Lei estadual de nº 4.954, de 20 de Dezembro de 1963, elevou o distrito à categoria de município autônomo e teve o nome mudado para Iguaracy, numa sugestão do saudoso Sebastião Alves, vereador na época.
Veja mais imagens abaixo: