Pernambuco tem primeiras transmissões locais de Covid-19; casos confirmados sobem para 18

Em menos de 24 horas mais que dobrou o número de casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2), agente causador da doença Covid-19, em Pernambuco. Segundo boletim divulgado nesta segunda-feira (16) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), chegou a 18 a quantidade de pessoas infectadas no Estado, sendo quatro que tiveram contato próximo ou domiciliar com caso confirmado, o que configura transmissão local do vírus. No último domingo, eram oito as confirmações.
Até o momento, não há transmissão comunitária em Pernambuco. Ou seja, o vírus não está circulando na sociedade sem conhecimento da sua origem. Está restrito e circulando em um grupo determinado de pessoas.
O que chamou a atenção é que foram registrados dois casos em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, e um em Belo Jardim, no Agreste. Ao todo, entre o dia 25 de fevereiro e a manhã de ontem, foram notificados 183 casos suspeitos nos municípios pernambucanos, sendo três prováveis (pessoas investigadas que tiveram contato próximo ou domiciliar com caso confirmado), 81 descartados e outros 81 ainda em investigação.
“Tínhamos 11 casos prováveis e a maioria dos novos casos confirmados são dessas pessoas. O que levou a esse aumento de casos confirmados é a testagem, que começou a ser feita aqui em Pernambuco. Testando mais, vamos ter condição de dar resposta mais rápida e poder tomar as medidas mais rápidas para as pessoas que vão precisar ser isoladas”, disse o secretário.
De acordo com André Longo, deste a última sexta-feira todos os testes para Covid-19 dos casos suspeitos em Pernambuco foram feitos no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-PE). Ele informou que a SES recebeu do Governo Federal 240 kits, que chegaram ao Estado há uma semana. "Já fizemos cerca de 70 testagens, mas hoje (ontem) falamos com o Ministério da Saúde sobre a reposição dos kits", disse.
Segundo André Longo, no acompanhamento dessa enfermidade aqui em Pernambuco, outras medidas poderão ser tomadas, de acordo com a avaliação do cenário, que é feita diariamente pelo Governo do Estado. "Queria enfatizar o reforço necessário e o cuidado com os idosos, além das pessoas que têm doenças crônicas, como cardiopatias ou problemas renais, que precisam guardar um maior isolamento, uma maior restrição no convívio social", advertiu o secretário.
Questionado sobre a declaração do diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, orientando que isolamento de pacientes com coronavírus seja feito em hospitais e não em casa, como tem ocorrido em Pernambuco, Longo afirmou que o Estado está seguindo as orientações do Ministério da Saúde. "Temos seguido a recomendação de só colocar em ambiente hospitalar aqueles pacientes que realmente precisam. A gente tem um cuidado muito grande com essa questão para não ter uma sobrecarga maior do sistema", disse.
Ele informou que o governador Paulo Câmara determinou a aquisição de respiradores e equipamentos necessários para montagem de pelo menos 100 leitos de UTI no Estado. O Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), no Recife, será o primeiro e receberá dez leitos de UTI e mais 32 de enfermaria até o fim deste mês. "O Imip vai avançar em número de leitos. Provavelmente serão mais dez nesse primeiro momento. Vamos instalar no Hospital Metropolitano Sul Dom Helder Câmara (HDH), no Cabo de Santo Agostinho, e no Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, que será referência para a região do Agreste", disse.
Limpeza dos ônibus
O governador também informou as medidas tomadas em relação ao transporte público, segundo ele, após uma reunião com as concessionárias e permissionárias de ônibus e donos de empresas. “Foram acertadas medidas relativas à higienização dos coletivos ao final de cada viagem. Isso vai triplicar a higienização que hoje já é feita, e também vamos intensificar ações que já foram autorizadas, como a limpeza dos terminais e das estações, além de continuar e ampliar a campanha de conscientização junto aos usuários em relação ao transporte público", disse. (Via: Folha PE)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO GOVERNO DE IGUARACY