84% dos brasileiros são a favor do isolamento social continuar, diz CNI

A maior parte da população brasileira não concorda com as medidas de flexibilização do isolamento social, que têm ganhado força em todo o país. Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) diz que 84% dos brasileiros acreditam que a situação da pandemia do novo coronavírus ainda é grave no país. E, por isso, são a favor do distanciamento social.
“Houve um aumento da preocupação com os impactos econômicos da pandemia entre maio e julho. Mas, ainda assim, o consumidor concorda com o isolamento social e é contrário à reabertura do comércio de forma geral”, afirma o gerente de análise macroeconômica da CNI, Marcelo Azevedo.
A pesquisa da CNI ouviu mais de dois mil brasileiros em parceria com o Instituto FSB Pesquisa no último fim de semana. E constatou que 66% da população acreditam que a pandemia do novo coronavírus terá graves efeitos sobre a economia brasileira. Tanto que 71% dos trabalhadores ainda têm medo de perder o emprego nessa crise.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO GOVERNO DE IGUARACY