https://www.facebook.com/pg/saudeiguaracy/posts/?ref=page_internal

Curva das morte volta a subir no Brasil

A pandemia do novo coronavírus registrou o maior número de mortes em uma segunda-feira, desde 25 de maio, segundo o Ministério da Saúde. Naquela época, foram 807 óbitos reportados. De lá pra cá, não passavam de 700. Já nesta segunda-feira (13), foram notificadas mais 733 mortes provocadas pelo novo vírus, fazendo com que o Brasil chegasse aos 72.833 óbitos.
Confira a quantidade de mortes reportadas nas segundas-feiras depois de 25 de maio:
1º de junho – 623 mortes;
8 de junho – 679 mortes;
15 de junho – 627 mortes;
22 de junho – 654 mortes;
29 de junho – 692 mortes;
6 de julho – 620 mortes.
Casos confirmados, recuperados e em acompanhamento
Nas últimas 24 horas, também foram contabilizados 20.286 novos casos, fazendo com que o Brasil tenha 1.884.967 pessoas contaminadas pela covid-19. Os casos recuperados equivalem a 61,3% dos contaminados pelo vírus, ou seja, 1.154.837 pessoas estão curadas da covid-19. Outros 657.297 casos (34,9%) seguem sob acompanhamento médico.
Pandemia em Pernambuco – Pernambuco agora é o 9º Estado brasileiro mais atingido pela pandemia, com 72.901 casos confirmados e 5.652 mortes provocadas pela covid-19.
Confira os 10 Estados brasileiros mais afetados pela pandemia
1 – São Paulo – 374.607 casos e 17.907 mortes;
2 – Ceará – 137.206 casos e 6.947 mortes;
3 – Rio de Janeiro – 132.044 casos e 11.474 mortes;
4 – Pará – 126.509 casos e 5.293 mortes;
5 – Bahia – 106.891 casos e 2.535 mortes;
6 – Maranhão – 99.830 casos e 2.501 mortes;
7 – Amazonas – 84.412 casos e 3.048 mortes;
8 – Minas Gerais – 76.822 casos e 1.615 mortes;
9 – Pernambuco – 72.901 casos e 5.652 mortes;
10 – Distrito Federal – 72.284 casos e 930 mortes.