https://www.facebook.com/pg/saudeiguaracy/posts/?ref=page_internal

Presidente da Câmara rebate sindicalista: "não passa de politicagem".

Iguaracy em Foco
Em ofício enviado ao blog Níll Júnior, o Presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias de Sertânia e Iguaracy (SINDIACSE), Cristiano Monteiro, disse que o Sindicato não havia sido informado a respeito da tramitação do PLC senão a menos de 24 horas da sua votação, e que quase ninguém tinha conhecimento que o dito projeto estava pra ser votado.

Em resposta a Cristiano, Manoel Olímpio, mostrou ofícios recebidos pelos Sindicatos, comprovando que houve tempo e recursos para cada entidade se manifestar sobre o projeto. O que houve de fato é que o sindicalista, Cristiano, se perdeu nos prazos e enviou ofício à Câmara Municipal tentando a retirada de pauta de um projeto que estava no seu prazo máximo para votação, projeto este cuja votação já havia sido adiada do 28 de maio para o dia 02 de junho e que o prazo máximo para sua votação era no dia 04 de junho. Os vereadores receberam cópia do projeto no dia 04 de maio, inclusive os vereadores Francisco de Sales, Simão Rafael e Leonardo Magalhães colocaram uma Emenda Supressiva, a qual foi aprovada juntamente com o PLC.
Quando acusado de dificultar o acesso ao projeto, o vereador informou que os Sindicato do Professores (SINDUPROM) bem como o Sindicato da Saúde (SINDSAUDE) entraram em contato com antecedência, debateram e receberam cópia do referido através de ofício.
Os ofícios abaixo confirmam que os sindicatos interessados entraram em contato bem antes das 24 horas citadas por Cristiano.
Sindicato dos Professores entrou em contato no dia 14 de maio.
Sindicato da Saúde entrou em contato no dia 20 de maio.
O Sindicato dos Agentes de Saúde e Endemias só entrou em contato no dia da votação.
Vale ressaltar que o mesmo projeto também foi aprovado na cidade de Sertânia onde ele reside e preside o mesmo sindicato. "Isso não passa de politicagem, em ano político, vamos ver muitas coisas como estas", disse o vereador.