Apareceu: suposto ganhador da Mega da Virada pede ajuda de Procon para receber prêmio de R$ 162 milhões

Um homem que supostamente teria perdido o prazo de pegar o prêmio da Mega Sena da Virada de 2020, solicitou ajuda ao Procon de São Paulo para tentar reaver a bolada que teria direito até o dia 31 de março, prazo de 90 dias após o sorteio.
O órgão, no entanto, notificou a Caixa Econômica Federal que, além de confirmar a identidade do apostador, ainda deve, caso confirmado, fazer o pagamento, mesmo com o vencimento. O diretor-executivo do Procon-SP disse que "a Caixa tem como identificar quem é o ganhador. E queremos apurar se esse consumidor que nos procurou é efetivamente quem venceu o sorteio".
Ele ainda repudiou o comportamento da Caixa em não comunicar ao vencedor sobre o prêmio. “É inconcebível que a Caixa saiba quem é o vencedor e não o comunique. Se a Caixa tem condições de localizar quem ganhou e não o faz destinando o prêmio para outros fins, isso implica em enriquecimento sem causa do poder público", concluiu em conversa com o site Valor Investe.