Estudo informa que vacinação contra Covid-19 pode alterar ciclo menstrual

Um estudo realizado Universidade de Saúde e Ciência de Oregon, financiado pelos NIH dos Estados Unidos, afirma que a vacinação contra a Covid-19 realizada com as vacinas da Pfizer, Moderna e Janssen podem aumentar a duração do ciclo menstrual.
Segundo informações do site R7, o levantamento foi publicado na revista científica Obstetrics & Gynecology no começo de janeiro e já passou pela revisão de outros cientistas. Cerca de 4 mil mulheres com idades entre 18 e 45 anos foram coletados, com a autorização das participantes, por meio de um aplicativo de controle menstrual.
Todas as voluntárias tinham ciclos normais, com duração de 24 a 38 dias. A pesquisa comparou três ciclos menstruais antes e depois da primeira dose da vacina.
No caso das mulheres não vacinadas, os dados foram observados durante seis ciclos consecutivos e o levantamento concluiu que as voluntárias tiveram um aumento médio na duração do ciclo de quase um dia para cada dose de vacina recebida.

Betano: Apostas Esportivas - Faça seu Jogo Online

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232