Presidente ucraniano recusa resgate pelos EUA: 'Preciso de armas, não de carona'

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, recusou a oferta do governo dos Estados Unidos para retirá-lo do país. “Preciso de armas, não de carona”, teria afirmado o chefe de Estado, de acordo com a Associated Press.
A retirada de Zelensky do do país teria como objetivo evitar que ele seja morto por militares russos, em meio ao ataque à cidade desde sexta-feira (25).
“De acordo com as informações que temos, o inimigo me fez o alvo número um, e minha família, o alvo número dois. Eles querem destruir a Ucrânia politicamente destruindo o chefe do Estado", declarou o presidente.
Desde ontem, Kiev, capital da Ucrânia, tem sido alvo de constantes bombardeios. A ofensiva militar ocorre a ordem do presidente da Rússia, Vladimir Putin.

Betano: Apostas Esportivas - Faça seu Jogo Online

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232