Álcool e direção: crimes de trânsito aumentaram 25% nos últimos 12 meses em Pernambuco

Os crimes de alcoolemia ao volante, quando o índice de álcool ultrapassa 0,33 mg/l (0,33 miligramas de álcool por litro de ar) e o motorista é, além de multado, preso e encaminhado a uma delegacia de Polícia Civil, estão aumentando em Pernambuco.
O crescimento foi constatado pela Operação Lei Seca, que é coordenada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) há quase 11 anos (completados em novembro de 2022). Os dados da SES apontam que houve um aumento de 25% nos últimos 12 meses.
Entre outubro de 2021 e março de 2022, foram 48 flagrantes de crimes de alcoolemia ao volante, enquanto que nos seis meses anteriores tinham sido 38 registros.
Embora o crime de trânsito seja ainda mais preocupante, os flagrantes de alcoolemia em geral também estão aumentando no Estado.
Nos últimos seis meses foram 2.892 registros, dos quais 2.508 foram recusas (quando o motorista se nega a fazer o teste do etilômetro, mas mesmo assim é autuado) e 336 constatações (quando faz o teste e o consumo de álcool é acusado).
Nos seis meses anteriores, foram 2.577 notificações, sendo 2.145 recusas e 394 constatações. Além dos crimes de trânsito em cada período.

Betano: Apostas Esportivas - Faça seu Jogo Online

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232