Risco de terceira guerra mundial é real, diz ministro de Putin

O ministro do Exterior russo, Sergei Lavrov, afirmou, nesta segunda-feira (25/4), que o país continuará discussões para um acordo de paz com a Ucrânia, mas que ainda há um “risco real” de uma terceira guerra mundial.
“O risco de uma guerra mundial é sério, é real, você não pode subestimá-lo”, disse.
Lavrov ainda chamou o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky de “bom ator” e o acusou de “fingir estar negociando” com a Rússia.
“Boa vontade tem seus limites. Mas, se não é recíproco, isso não ajuda no processo de negociação”, afirmou. “Mas nós continuamos a investir nas negociações com a equipe designada por Zelensky, e esse contato continuará.”
Ele ressaltou que está confiante de que “tudo terminará com a assinatura de um acordo”, mas que “os parâmetros serão definidos pelo estado do conflito que já aconteceu até o momento em que o acordo se tornar realidade”.
Guerra Nuclear também é risco
Sergei Lavrov também afirmou, nesta segunda, que o país não pretende “aumentar” a chance de uma guerra nuclear.
“Esta é nossa posição, na qual baseamos tudo. Os riscos agora são consideráveis”, declarou. “Eu não quero aumentar esses riscos artificialmente. Muitos gostariam disso. O perigo é sério, real, e não podemos subestimá-lo”.
Nesta segunda, o Kremlin acusou a Ucrânia de atacar a cidade russa de Belgorod, na fronteira entre os países. Informações iniciais apontam que duas pessoas ficaram feridas. Autoridades ucranianas ainda não se manifestaram sobre o caso.
O suposto ataque foi comunicado pelo governador da região, Vyacheslav Gladkov, na tarde desta segunda.
Belgorod está localizada a cerca de 30 quilômetros da fronteira com a Ucrânia e a aproximadamente 70 quilômetros de Kharkiv, a cidade mais importante do leste ucraniano. (Via: Metrópoles)

Betano: Apostas Esportivas - Faça seu Jogo Online

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232