Com apoio de Bolsonaro, Zé Trovão convoca greve dos caminhoneiros; Saiba quando

Com apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL), o líder dos caminhoneiros, Marco Antonio Pereira Gomes, o Zé Trovão, convocou para a próxima segunda-feira (27) uma paralisação nacional da categoria, após o anúncio da última semana da Petrobras de que haveria um novo aumento no valor dos combustíveis.
Zé Trovão quer que a Petrobras reduza em 25% o valor do litro do diesel e 15% o custo da gasolina e etanol no país. De acordo com o líder dos caminhoneiros, a responsabilidade pela alta de preços é única e exclusiva da direção da Petrobras.
De acordo com O Antagonista, o novo protesto de Trovão tem a apoio de Bolsonaro e da chamada “ala ideológica” do Palácio do Planalto. A ideia, segundo o site, é que a paralisação crie um “clima de comissão popular” para pressionar o Congresso a adotar medidas urgentes que possam ajudar a reduzir o preço da gasolina.
Na última sexta-feira, Bolsonaro sugeriu a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o presidente, os diretores e os membros dos conselhos da estatal. No entanto, nesta segunda-feira (20), o presidente da estatal, José Mauro Coelho, pediu demissão do cargo.
No lugar dele, assume como presidente interino o diretor executivo de exploração e produção, Fernando Borges, até a eleição e posse do novo presidente, como prevê o estatuto da empresa.
Vale lembrar que Zé Trovão é investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por participar dos atos antidemocráticos de 7 de Setembro do ano passado. Ele teve a prisão preventiva decretada pelo ministro Alexandre de Moraes, ficou foragido no México, e atualmente usa tornozeleira eletrônica. Trovão também está proibido de utilizar redes sociais ou manter contato com outros investigados no mesmo inquérito.

Betano: Apostas Esportivas - Faça seu Jogo Online

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232