Professora é assassinada por não cumprir ordem de traficantes no Cabo de Santo Agostinho

A professora aposentada Edna de Souza Fonseca, 63 anos, foi assassinada, neste domingo (05), no Cabo de Santo Agostinho, por não obedecer ordem de traficantes, segundo testemunhas. A vítima passeava próximo de sua casa, quando foi morta, junto com o seu cachorro. Ela foi baleada no rosto, enquanto o animal foi atingido no tórax.
Há cerca de um mês, a vítima estava sendo ameaçada por traficantes, pelo simples motivo de não cumprir a ordem de retirar as câmeras de segurança de sua casa, que estariam incomodando e atrapalhando o grupo de traficantes no local, de acordo com testemunhas. Outros vizinhos, no entanto, cumpriram a ordem e retiraram suas câmeras.
O assassinato aconteceu no início da manhã, quando Edna saiu da rua Aurora e foi seguida por dois homens a pé. Os disparos aconteceram na rua Coronel José Cisneiros, ao lado da rua em que a vítima morava e a 200 metros de distância de um Batalhão da Polícia Militar.
- Diário de Pernambuco

Betano: Apostas Esportivas - Faça seu Jogo Online

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232