Jair Bolsonaro define prazo para Brasil ter gasolina "mais barata" do mundo

O presidente Jair Bolsonaro (PL) usou as redes sociais, nesta terça-feira (19), para comentar sobre a redução no preço da gasolina, às distribuídas, em R$ 0,20/litro e que foi anunciado pela Petrobras.
Em uma postagem no Twitter, o mandatário falou sobre o valor, que passou de R$ 4,06 para R$ 3,86, o litro, já a partir desta quarta-feira (20). Ele demonstrou otimismo ao apontar quando o combustível deve ser o mais barato do país.
"A redução é de 5,18%. Brevemente o Brasil terá uma das 'gasolina' (sic) mais barata do mundo", escreveu o liberal.
Em comunicado divulgado em seu site oficial, no dia de hoje, a Petrobras afirmou que, com a mudança, a parcela da estatal "no preço ao consumidor passará de R$ 2,96, em média, para R$ 2,81 a cada litro vendido na bomba".
Ainda segundo a empresa, a redução acompanha a evolução dos preços internacionais de referência, que se estabilizaram em patamar inferior para a gasolina.
"E é coerente com a prática de preços da Petrobras, que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado global, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações internacionais e da taxa de câmbio", informa o comunicado da estatal.