O EVANGELHO NUNCA AGRADOU A TODOS: Daniela Mercury pede impeachment de Marco Feliciano

As escrituras com os preceitos bíblicos nunca antes sofreram tanta pressão da mídia com a adesão de artistas que não concordam com a palavra de Deus como nos momentos finais que estamos vivendo.(Veja a matéria a seguir, Sérgio Coelho)
A cantora Daniela Mercury fez um protesto contra a homofobia e foi ovacionada em seu show na abertura da Virada Cultura 2013 em São Paulo. A cantora foi a primeira a se apresentar no palco da Estação Júlio Prestes no começo da noite deste sábado (18).

Daniela subiu ao palco cantando “Madalena”. Na sequência, ela rezou uma Ave-Maria. “Seis horas da tarde e a gente começando a Virada Cultural com a benção dessa mulher extraordinária que é Nossa Senhora”, disse após a oração.

A cantora seguiu o momento de reflexão fazendo um discurso em defesa do casamento homoafetivo. Ela pediu a saída do pastor e deputado Marco Feliciano (PSC) da presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara.

Daniela falou contra a homofobia, defendeu a ocupação do país pela diversidade e alegria, e pediu a saída de Feliciano. “Todos têm o direito de ser como querem”, disse. Em tom bem humorado, ela se disse feminista e que adora homem na cozinha. Ela foi ovacionada pelo público, que estendeu faixas de apoio. Logo depois, cantou “É impossível ser feliz sozinho”.

Daniela Mercury se apresenta no palco da Estação Júlio Prestes (Foto: Raul Zito/G1)

Fonte: G1

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO GOVERNO DE IGUARACY