Mostrando postagens de Fevereiro 12, 2013Mostrar tudo

AFOGADOS DA INGAZEIRA/BLOCO 'A ONDA': MUSICAS DE DUPLO SENTIDO,VULGAR E DE MAL GOSTO....

JULIANA LIMA: Que coisa horroroza aquela tal de banda Marreta é Massa, 'grande' atração do domingo no Bloco A Onda. Putaria, sacanagem, duplo sentido, apologia a sexualidade, vulgaridade... É triste ver tantos jovens seguindo esse tipo de lixo musical.
Não tenho nada contra a música baiana, mas aquilo nem de longe é a maravilhosa música da minha Bahia. Porque não trazem bandas que toquem axé? Um estilo Chiclete, Asa de Águia...a galera curte e a depravação é menor.
Fica a dica para a Prefeitura de Afogados da Ingazeira rever ano que vem. Claro que o bloco é particular, mas só toca se a organização permitir. O mesmo vale para os outros blocos e Arerê.
Entenda, não estou radicalizando e querendo apenas frevo no carnaval, mas se vamos ouvir outro estilo, que seja de qualidade. O satanás foi quem inventou essa quebradeira!
Fica a dica!


  Carnaval de Afogados da Ingazeira
Nota 10: O frevo na Praça de Alimentação e a organização da Secretaria de Cultura, através de Alessandro Palmeira e equipe.
Nota 0: Atraçõs do Bloco A Onda. Swingueira, quebradeira = lixo!


E NAS REDES SOCIAIS O COMENTÁRIO É GERAL:
Joao Lira Neto ·
É culpa nossa! Pela nossa omissão, permissão, etc...
Cassia Siqueira · 
o povo aceita,por isso contratam.
Denize Sibele Siqueira Infelizmente uma vergonha... Mas o público adora!!!
Marcilio Leite O pior de tudo é que enquanto essas bandas tocam, tomam o lugar de um verdadeiro artista, de uma banda legal que podia tá mostrando seu trabalho...
Lídia Águida Uma vergonha, mas sempre tem uns abestalhados pulando na frente, aí infelizmente faz sucesso
Dagobeto Barbosa UMA PORCARIA
Maria Laíse Soares verdade tantas músicas boas de curti q tem qualidade e hoje e muitas letras de duplo sentido,e o pior esculachando as mulheres.
Cachorrão Drums Já sairmos dai por causa disso! estamos em garanhuns no jazz festival q esta acontecendo só coisa extra em pleno carnaval. Sem letras de duplo sentido e sem vulgaridade.
Laudecy Oliveira Infelizmente o povo gosta...
Katia Lima Parece q carnaval está perdendo o sentido na nossa região, não toca um frevo, uma machinha.Quando sai uma banda q entra outra parece q continua a mesma, porque as letras são as mesmas, o suing é o mesmo. FAZ DIFERENÇA NÃO.

http://www.blogdomarcellopatriota.com.br/

LEI SECA MAIS DURA REDUZ Nº DE MORTES EM 25%

 
No primeiro Carnaval com a lei seca mais rigorosa, o número de mortes nas rodovias federais brasileiras caiu 25,4%. De acordo com balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgado nesta segunda-feira, 97 pessoas morreram nas estradas entre sexta-feira (8) e domingo (10). Nos três primeiros dias do feriado do ano passado, foram 130 mortos.

A PRF prendeu 338 motoristas por dirigirem bêbados neste carnaval. O cerco aos condutores que bebem e assumem o volante resultou em 1.055 autuações até domingo, incluindo casos em que houve prisão ou apenas sanções administrativas. No carnaval inteiro do ano passado, houve 1.410 autuações - 494 resultaram na prisão dos condutores.

Desde sexta-feira, a PRF já realizou 42.661 testes do bafômetro, 40% mais do que no feriado inteiro de 2012. Com o endurecimento na lei seca, a multa passou de R$ 957,70 para R$ 1.915,40. Além do bafômetro, vídeos e depoimento de testemunhas também valem como provas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Fonte: Agência Estado

Operação Lei Seca autua 15 motoristas em Serra Talhada e no Pajeú; maioria na PE 365

O 14º Batalhão de Polícia Militar (BPM) sediado em Serra Talhada, colocou nas ruas 170 policiais para garantir a segurança dos foliões durante todo o carnaval. A ação prioritária, segundo o Tenente-Coronel Valme Zeferino, é a operação ‘Lei Seca’, que vem fechando o cerco aos motoristas que insistem em dirigir após o consumo de bebidas alcoólicas. Desde a noite da última sexta-feira (8) até a manhã desta segunda-feira (11), foram autuados 15 motoristas com sinais de embriaguez. A maioria trafegava na PE-365, que liga Serra Talhada à Triunfo.

“Pela nova lei não precisamos sequer usar o bafômetro. Havendo o estado de embriaguez, o policial faz, de imediato, o Auto de Constatação de Embriaguez (ACE) e o condutor tem sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apreendida. Ressalto, ainda, que terá que pagar uma multa e irá responder a processo”, alertou Valme Zeferino.
Apesar do alerta feito pelo tenente-coronel Valme Zeferino, os motoristas ainda se arriscam em dirigir na PE-365- após o consumo de álcool. Na noite do domingo (10), por exemplo, houve um acidente na rodovia. Felizmente, sem vítimas fatais. “A PE-365 é uma das mais perigosas do estado de Pernambuco. São cerca de 35 quilômetros de curvas sinuosas, numa estrada quase sem acostamento. É urgente que se faça um roço da vegetação nas margens da rodovia”, sugeriu Valme Zeferino. As informações são do Farol de Noticias.

Sexo explícito nas ladeiras de Olinda

Uma vergonha para o nosso Carnaval. A festa que deveria ter animação, folia, alegria e respeito foi marcada por uma cena que podemos adjetivar de no mínimo “CRIMINOSA”.
É isso mesmo que vocês estão vendo na foto, em plena área pública onde passavam adolescentes, jovens, famílias, crianças e turistas nos deparamos com um ato de sexo explicito.
Por mais que as pessoas gritassem, o casal de abelhas agiam na rua… das ladeiras de Olinda como se estivessem em sua “colmeia”. Uma real vergonha para as famílias e turistas que vem conhecer nosso carnaval.
Por Antonio Bernardi (Gabriel Diniz):
A pergunta fica no ar: o que pode ser feito para que essas cenas não tomem conta do nosso carnaval? As autoridades deveriam ficar mais atentas.

Roberto Carlos proíbe que sua música toque no “BBB13″

O rei Roberto Carlos não ficou nada satisfeito ao ouvir seu novo hit, “Esse Cara Sou Eu”, embalar o “BBB13“.
Segundo o colunista Daniel Castro (R7), o escritório do cantor entrou em contato com a Globo solicitando que a música seja excluída da trilha sonora do reality.
A Globo atendeu ao pedido do cantor, que não explicitou as razões que o levaram a decretar a proibição. Para o rei, somente “Salve Jorge” pode utilizar-se de seu novo sucesso.RD1

Paródia do Quanta Ladeira sobre o BBB
 
Crédito: Thayse Boldrini/DP/D.A Press

O Iguaraciense PEDRO JÚNIOR de apenas 22 anos, perde a vida em acidente na madrugada desta segunda

Pedro Júnior era passageiro do táxi, onde ele e o motorista morreram e um ocupante ficou ferido

Duas pessoas morreram e uma ficou ferida em um acidente envolvendo um táxi e uma caminhonete L200, na madrugada desta segunda-feira (11), no cruzamento entre a Rua Bahia e a Avenida Afonso Pena, no centro de Campo Grande.

As vítimas eram ocupantes do táxi. O passageiro José Pedro Alves Silva Júnior, 22 anos, morreu no local. Ramon Rudney Tenório Souza Silva, 21 anos, que também viaja como passageiro está hospitalizado e o motorista identificado como Sebastião Mendes da Rocha, 51 anos, segundo informado foi internado, mas logo após veio a óbito. O sobrevivente está na Santa Casa em estado grave. Ramon e José são de Pernambuco, sendo o último natural da cidade de Iguaracy.

O condutor da L200, Diego Machado Teixeira, 36 anos, está detido. Segundo a polícia, ele estava embriagado. O teste de bafômetro constatou 0,56 mg de álcool por litro de sangue. O taxista seguia pela Rua Bahia e Diego pela Afonso Pena quando no cruzamento houve a colisão. Com o impacto, o táxi foi arremessado contra o muro da Secretária de Saúde. Na manhã da segunda era possível constatar destroços do veículo no local, inclusive uma placa que indica os nomes das vias foi derrubada pelos veículos.

Na manhã da segunda, ainda era possível encontrar os destroços da batida
Foto: Bruno Chaves/CapitalNews
A advogada dele, Eliane Potrich, esteve segunda pela manhã na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário, do centro, onde o caso foi registrado e disse à imprensa que a colisão aconteceu quando Diego se distraiu ao colocar o celular para carregar. “Ele tinha saído da boate Valley e seguia para casa. Como o celular estava sem bateria e ele precisava para ligar e avisar a mãe que estava indo embora, se distraiu ao plugá-lo para carregar e acabou causando o acidente”, defendeu.
(Foto: Chico Gomes/ TV Morena)
Apesar de a polícia comprovar, a advogada defende que seu cliente não estava sob efeito de álcool. “Ele está detido e totalmente consternado. Estou tentando um habeas corpus. O acidente foi uma fatalidade, ele não teve a intenção e não estava alcoolizado”, insistiu.

Fonte: Laura Holsback e Bruno Chaves - Capital News (www.capitalnews.com.br)
Redação atualizada pelo Blog Tv Web Sertão

Veja pelo vídeo o momento exato em que o taxi foi atingido pela caminhonete L200 no cruzamento entre a Rua Bahia e a Avenida Afonso Pena, no centro de Campo Grande.