Mostrando postagens de Novembro 23, 2015Mostrar tudo

Afogadense Yane Marques concorre a prêmio do COB e você pode votar e ajudar, saiba como

Oito grandes nomes do esporte brasileiro disputam o prêmio Atleta da Torcida de 2015. O anúncio foi feito neste domingo e o vencedor será conhecido durante o Prêmio Brasil Olímpico, no dia 15 de dezembro. A votação popular através da Internet vai até o dia do evento organizado pelo COB, no Rio de Janeiro. Além do "Atleta da Torcida", o Prêmio Brasil Olímpico vai também homenagear os “Melhores Atletas do Ano”, masculino e feminino, definidos por um colégio eleitoral, além de premiar os melhores atletas do ano nas 49 modalidades.
Para concorrer ao troféu, o COB selecionou atletas ou duplas, quatro no masculino e quatro no feminino, que se destacaram durante a temporada, marcando o esporte brasileiro em 2015.
Concorrem ao prêmio Atleta da Torcida 2015: Ana Marcela Cunha (maratona aquática), Erika Miranda (judô), Fabiana Murer (atletismo - salto com vara), Isaquias Queiroz (canoagem velocidade), Marcelo Mello (tênis), Thiago Pereira (natação) e Yane Marques (pentatlo moderno). Em 2014, primeiro ano em que se premiou o atleta da torcida, a vencedora foi a ginasta Flávia Saraiva.
Para votar acesse este link: CLIQUE AQUI

Exército do Irã treina para invasão de Jerusalém

Milhares de soldados iranianos fazem simulação para tomada do Monte do Templo
A Agência de notícias Fars, do Irã, divulgou um exercício do exército do Irã que chamou atenção pelo inusitado. Réplicas de plástico da mesquita de al-Aqsa e do Domo da Rocha foram construídas e colocadas no alto de um monte.
Milhares de soldados fizeram um exercício de guerra apelidado de “Rumo à Cidade Santa”. Claramente a situação é um treino para a tomada de Jerusalém. Mais especificamente o Monte do Templo, que fica bem no centro da capital do Estado Judeu.
Segundo a Fars, os treinos envolveram mais de 120 batalhões da Nirouye Moqavemate Basij (Força de Resistência Mobilização, em tradução livre). A “Basij” é uma milícia paramilitar voluntária fundada pelo falecido Ayatollah Khomeini em 1979. Trata-se de um grupo que opera paralelo ao exército iraniano, como uma força auxiliar da Guarda Revolucionária Islâmica, o que comprova sua motivação religiosa.
Durante o treino, caças bombardearam alvos enquanto dezenas de esquadrões armados representavam o exército israelenses cercando a réplica do santuário muçulmano.
Ainda segundo a agência iraniana, os treinos foram organizados como “preparação para combater possíveis ameaças na região”. Como Israel não tem feito ameaças ao Irã, e sim ao contrário, fica óbvio que é uma forma de Teerã mostrar suas intenções.
O Irã afirma que tem ‘conselheiros militares’ e ‘voluntários’ na Síria, mas nega que sejam parte do seu exército. A maioria são soldados da Basij, lutando ao lado das tropas do governo sírio em operações contra áreas controladas por grupos extremistas como o Estado Islâmico. Eles participam da mesma frente que reúne o Hezbollah (radicais do Líbano) e a Rússia.
Esse parece ser apenas mais um passo na série de decisões que o governo iraniano vem fazendo em relação a um ataque contra Israel em breve. Em agosto, um vídeo produzido por uma organização extremista iraniana mostra a união dos exércitos do Irã e grupos terroristas como o Hamas e o Hezbollah, se preparando para marchar sobre Jerusalém.
Em meados de 2015, após o acordo nuclear com as grandes potências, o aiatolá Ali Khamenei lançou um livro pedindo a destruição de Israel e que a solução para a região é um Estado único (Palestino). O líder supremo iraniano defende ser “prático e lógico” que Israel volte a ser domínio muçulmano.
Defende que seu plano iria promover “a hegemonia do Irã”, e a remoção de “hegemonia do Ocidente” do Oriente Médio. Com informações de Jerusalém Post

El Niño pode aumentar risco de acidentes com raios no verão

O Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), desenvolveu uma cartilha detalhada de proteção contra raios, com base nas informações coletadas sobre as circunstâncias de morte por raio mais comuns. As recomendações devem ser seguidas durante as tempestades. Se possível, o melhor é sair da rua na hora de uma chuva forte com raios e trovoadas.
Na semana passada, o Elat divulgou uma pesquisa que mostra o impacto do El Niño sobre a ocorrência de tempestades no Sudeste durante o verão 2015/2016. Segundo a pesquisa, no próximo verão, a previsão é de um aumento na ocorrência de tempestades, em relação ao mesmo período do ano anterior.
“Ao cruzarmos esses percentuais de previsão com a densidade populacional, somos levados a pensar que o número de mortes por raios no próximo verão pode aumentar se não alertarmos adequadamente a população sobre os efeitos do El Niño”, disse o coordenador do Elat, Osmar Pinto Junior.

Sensor detecta câncer de mama seis meses antes de nódulo aparecer

Uma pesquisa inédita da Unicamp desenvolveu um equipamento que pode detectar a formação do câncer de mama seis meses antes de algum nódulo aparecer. O dispositivo, que tem o tamanho de uma moeda, possui 64 sensores. Segundo os pesquisadores, quando ele recebe sangue, transforma reação química em corrente elétrica e a partir de gráficos, ele mostra a concentração de uma proteína que se multiplica quando a doença aparece: a HER2.
“Meses antes de desenvolver o câncer de mama, essa proteína começa a ser liberada no sangue. Baseada nessa proposta, a gente tentou criar um dispositivo que fosse capaz de detectar essa proteína em concentrações bem baixas”, afirma a pesquisadora Cecília de Carvalho e Silva.

Após 4 anos, Itaipu registra recorde de vazão e abre todas as comportas

 
Com o volume de vazão superando recordes, as comportas da central hidrelétrica de Itaipu oferecem um espetáculo único neste domingo (22): após mais de quatro anos, a hidrelétrica volta a ter todas as 14 comportas das três calhas abertas. No último sábado (21), grande parte das comportas já foi aberta, o que produziu um escoamento de 9.468 metros cúbicos de água por segundo. Segundo informações da empresa binacional, situada na fronteira entre Brasil e Paraguai, trata-se do maior vertimento de água já registrado este ano.
De acordo com a empresa, normalmente só uma ou duas calhas são abertas para escoar o excedente de água. Em situações normais de operação da usina, a abertura simultânea de todas as comportas só ocorre em grandes cheias. Neste domingo, a ação destina-se a testes e vai durar cerca de duas horas, das 10h às 12h no horário brasileiro de verão.