PREFEITURA

xxxxxxxxxxxx

Governo de Iguaracy realiza final do Campeonato Municipal de Futebol 2015 e prefeito participa de premiação

“O Juventude, que comemora 22 anos de história, foi mais uma vez Campeão”
O Governo Municipal de Iguaracy, através da Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo, mantendo a tradição e os investimentos nas práticas esportivas, realizou na tarde da última terça-feira (19) a final do Campeonato Municipal de Futebol, ano 2015.
Foram 90 minutos de muita emoção e bola no pé, que culminou na vitória do Juventude por 2x1 contra o Botafogo do "Campo". Na semana passada o Juventude já havia comemorado seus 22 anos de fundação e agora, com a conquista de mais um título, o time ganhou mais um motivo para confraternizar.
O evento foi acompanhado de perto pelo prefeito do Município, Francisco Dessoles, além da presença do Secretário Roberto Murilo e os vereadores Amaury Torres, Manoel Olímpio e Fábio Torres.
O Juventude, clube tradicional na cidade, faturou o desejado título e a premiação de R$ 1.300,00. Além de troféu e medalhas de ouro.
Prefeito entrega o troféu de 1º lugar ao atleta Adriano, capitão do time.
Os times receberam seus respectivos prêmios em dinheiro no ato da premiação
O vice-campeão foi o Botafogo do bairro Santa Ana (Campo), que levou R$ 700,00 – mais troféu e medalhas. Já o terceiro lugar foi conquistado pelo Sport da Macambira, com a premiação de R$300,00, mais troféu. O quarto lugar ficou para o Palmeiras da Pedra, com a quantia de R$200,00 e troféu.
2º Lugar - Botafogo do Campo
3º Lugar - Sport da Macambira
4º Lugar - Palmeiras da Pedra Atravessada
O Estádio Municipal Capitão Dionízio foi palco de todas as partidas do campeonato.
O incentivo a prática esportiva, é um dos compromissos da gestão que apoia eventos como este, proporcionando vida saudável e espaços de lazer. 
Entrega das Medalhas
Em contato com a imprensa, o secretário Roberto Murilo, parabenizou a todas as equipes participantes, destacando que todos foram vencedores, desde o primeiro colocado ao último na posição do campeonato. “Esse é um dos compromissos da nossa gestão e todos estão de parabéns. Preservar e incentivar a prática esportiva é papel fundamental do poder público e, para isso, nos esforçamos para manter o calendário esportivo anual da cidade. Seja no futebol, futsal, ou qualquer outro esporte, o trabalho contempla todos os públicos e quem ganha é o Município”, pontuou. (Bruno Júnior)
Veja todas as imagens CLIQUE ABAIXO

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Ocorrências registradas na área do 23º PBM, nos dias 18 e 19 de Janeiro de 2016.

 
PERTURBAÇÃO DO SOSSEGO E DESACATO - Município : Iguaracy-PE
ACIDENTE DE TRÂNSITO COM LESÃO CORPORAL - Município : Afogados da Ingazeira-PE
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA - Município : Tuparetama-PE
TENTATIVA DE HOMICÍDIO - Município : São José do Egito-PE
LESÃO CORPORAL - Município : Brejinho-PE
TENTATIVA DE HOMICÍDIO - Município : Itapetim-PE
PORTE ILEGAL DE ENTORPECENTE/LOLO - Município: Afogados da Ingazeira-PE
VIOLÊNCIA DOMESTICA/AGRESSÃO/LESÃO CORPORAL - Município: Afogados da Ingazeira-PE
VIOLÊNCIA DOMESTICA/AGRESSÃO - Município: Carnaíba-PE
FURTO A VEICULO/RECUPERADO - Município: Afogados da Ingazeira-PE

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Casos de dengue crescem 40% no estado; Tuparetama entre os municípios com maior incidência

Em uma semana, 70 novos casos de microcefalia foram registrados em Pernambuco. O crescimento no índice vem acompanhado de outro dado preocupante. Entre os dias 3 e 9 de janeiro, foram notificados 923 casos de dengue. O número representa um aumento de 40,92% em relação ao mesmo período do ano passado.
Entre 1º de agosto de 2015 e 16 de janeiro, a estatística de microcefalia já alcançou 1.306 notificações. Desse total, 506 (38,7%) atendem aos parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS), que considera bebês com perímetro cefálico igual ou menor que 32 centímetros. Ao todo, 123 casos foram confirmados, vinte a mais do que no último boletim (divulgado dia 12), e 106 foram descartados - levando em consideração o resultado dos exames de imagem dos bebês. Nos casos de microcefalia, 68,2% das notificações envolvem meninas. Eles foram registrados em 112 cidades pernambucanas. 
 
DENGUE
A Secretaria Estadual de Saúde informou que, entre os dias 3 e 9 de janeiro, foram notificados 923 casos de dengue, com 61 confirmações, em 86 cidades. O número representa um aumento de 40,92% em relação ao mesmo período de 2015, quando foram notificados 655 casos suspeitos. Desses, 269 já foram confirmados. Três mortes estão sendo investigadas.
Os municípios com maior número de incidência (considerando a quantidade de casos por 100 mil habitantes) nas oito últimos semanas foram: Sanharó (608), João Alfredo (764), Tuparetama (157), Brejo da Madre de Deus (937), Poção (212), Vertentes (375), Itaquitinga (304), Cumaru (225), Nazaré da Mata (397) e Belo Jardim (907).

CHIKUNGUNYA

No mesmo período, entre 3 e 9 de janeiro, foram notificados 255 casos suspeitos de chikungunya em 48 municípios. Desses, oito já foram confirmados e 38 descartados.
No último ano, foram notificados 2.605 casos suspeitos de chikungunya, sendo 450 confirmados e 589 casos foram descartados.

ZIKA
Entre os dias 3 e 9 de janeiro, foram notificados 200 casos suspeitos de zika. Em 2015, desde o início das notificações obrigatórias de zika (10 de dezembro), foram notificados 1.386 casos da doença.
Em 2015, foram confirmados 14 casos de zika nos municípios de Olinda (3), Recife (8), Jaboatão dos Guararapes (1), Frei Miguelinho (1) e Goiana (1). Também foram descartados 12 casos. Dos descartados, 11 positivaram para dengue.  (Afogados Online)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Terrível: Caso de aborto confirma que zika consegue atravessar a placenta

Fiocruz do Paraná achou vírus em amostra de paciente do Nordeste.
Vítima manifestou sintomas típicos da infecção antes de perder feto.
Do G1
Cientistas do Paraná divulgaram nesta quarta-feira o resultado de uma pesquisa que confirma a capacidade do zika vírus de atravessar a placenta de gestantes. O Instituto Carlos Chagas, da Fiocruz de Curitiba, encontrou traços de DNA do vírus em amostra de tecido de uma mulher que teve a gravidez interrompida.
A gestante, que vivia no Nordeste mas não foi identificada, relatou sintomas compatíveis à infecção semanas antes de sofrer um “aborto retido”, que ocorre quando o feto para de se desenvolver no útero.
Após usar anticorpos para detectar a presença de uma infecção no tecido da placenta, depois identificaram o zika por meio de PCR — exame que detecta traços de material genético do patógeno.
“Este resultado confirma de modo inequívoco a transmissão intrauterina do zika vírus”, afirmou comunicado do instituto. A pesquisa foi liderada pela virologista Cláudia Nunes Duarte dos Santos.
Segundo os cientistas do instituto, a transmissão da infecção pelo vírus provavelmente se dá por meio das chamadas “células de Hofbauer”, um tipo de célula do sistema imune, que defende o organismo.
As células de Hofbauer estariam provavelmente capturando o zika e depois sendo absorvidas pela placenta, mas pesquisadores ainda não conseguiram confirmar essa tese.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

A chuva do Nordeste veio para ficar?

Várias áreas do Nordeste do Brasil voltaram a ter chuva forte e volumosa esta semana, uma situação parecida com a que ocorreu na virada para 2016 quando uma forte frente fria chegou a Bahia.
Cidades da Bahia e do Piauí estavam entre as que receberam mais chuva entre a manhã do dia 18 e a manhã de19 de janeiro, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia. Em Brumado, na Bahia, choveu 94,6 mm e em Castelo do Piauí, 70,2 mm. A chuva caiu com muita força sobre Canto do Buriti, no Piauí, na manhã e tarde do dia 19 de janeiro acumulando quase 86 mm. Cidades do Rio Grande do Norte, do Ceará, da Paraíba e do Maranhão também foram beneficiadas com grandes volumes de chuva no começo da segunda quinzena de janeiro de 2016.
Embora não tenha chovido de forma generalizada, a chuva forte serviu para revigorar até alguns açudes.
A ZCIT, Zona de Convergência Intertropical, sistema meteorológico que traz chuva para o norte do Nordeste, ainda está pouca ativa. A chuva com nuvens carregadas se formaram devido a atuação de vórtice ciclônico (região de baixa pressão a 10 km de altitude).
Depois de uma primavera de 2015 sob forte influência do fenômeno El Niño, que acentuou a seca no Nordeste, a chuva forte do começo de 2016 é animadora. Janeiro marca o início do retorno da chuva na faixa norte do Nordeste, entre a Paraíba e o norte do Maranhão. Mas em anos normais, o período chuvoso, com chuva frequente, ocorre de fevereiro a maio.
Com esta chuva farta fora de hora, é natural imaginar se ela veio para ficar. O El Niño não vai mais atuar no restante do verão? Tudo está voltando ao normal ou o norte Nordeste ainda sofrerá com mais seca no seu período chuvoso?
(Clima Tempo)
Acompanhe a análise do meteorologista Alexandre Nascimento

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Compesa não paga e pipeiros suspendem abastecimento em cidades do Pajeú

A ameaça dos pipeiros que prometeram suspender o abastecimento das cidades de Itapetim e Brejinho por falta de pagamento se confirmou. Hoje completa 4 meses de atraso nos repasses da Compesa e os profissionais suspenderam o abastecimento desde a 2ª feira dia 18.
A notícia que chegou é que hoje a Compesa pagaria um mês apenas, e os pipeiros já teriam firmado posição de que não será suficiente para eles retomarem o abastecimento. Por seu lado se agravou a situação dos moradores de Itapetim que não têm água nas torneiras a 28 meses e de Brejinho a 12 meses. Ao todo, 16 pipeiros que atendem as duas cidades, cobram da Compesa 4 meses de pagamento. ( Por Anchieta Santos, via Nill Júnior)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...