Mostrando postagens de Julho 7, 2016Mostrar tudo

EM REDE SOCIAL, MISS AFOGADOS 2016 ESCLARECE SUPOSTA DESISTÊNCIA DO MISS PERNAMBUCO BE EMOTION

Em sua página pessoal no Facebook, a Miss Afogados da Ingazeira 2016, Rosana Véras, publicou um texto onde esclarece sobre sua suposta desistência ás vésperas do concurso Miss Pernambuco Be Emotion 2016, assim informado pela Assessoria de Comunicação do concurso.Veja o que diz a postagem de 06 de Junho de 2016:
Procurada por nossa equipe, a jovem reiterou o que escreveu em sua página, afirmando que não foi uma simples desistência. “Como eu falei no post, não foi uma desistência às vésperas do concurso. Deixaram pra me procurar às vésperas, o que é diferente”, disse.
Rosana disse que foi procurada pela coordenação local somente na última sexta-feira (01), e que por esse motivo decidiu não participar, considerando que foi lembrada de última hora, sem tempo para se preparar. “eu não desisti às vésperas do concurso, me procuraram pra resolver ir, quando eu já deveria estar lá no curso preparatório. E acredito que quando a gente se propõe a fazer algo, devemos fazer bem feito e não de última hora”, falou.
Segundo ela, outro fator decisivo foi a falta de recursos, o que atrasou o pagamento de sua inscrição no prazo estabelecido. “A partir do momento que a inscrição é paga, a cidade é confirmada no concurso. O que foi repassado pra mim é que a inscrição deveria ser paga até o dia 15 de junho, se não me engano, e não foi. A partir dessa data eu já tinha em mente que não iria, por falta de recursos”, explicou.
Perguntada se a prefeitura se dispôs a ajudar financeiramente, Rosana disse que não houve contato algum com a administração municipal. ”Tenho certeza que a prefeitura se disponibilizaria a ajudar, como nos outros anos. A questão é que ela não foi procurada, eu não poderia ir atrás dessa ajuda sozinha e precisaria da coordenação me ajudando nisso. Sendo que quando fui procurada na sexta, dariam um jeito de pagar minha inscrição. Contando claro, com ajuda da prefeitura,” afirmou.

MEC adia inscrição do Fies para 15 de julho

O Ministério da Educação (MEC) adiou o cronograma do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A conclusão da inscrição dos estudantes pré-selecionados, cujo prazo começaria nesta sexta-feira (1º), foi adiada para o próximo dia 15 de julho.
O resultado do Fies foi divulgado na quinta-feira (30). Embora ainda no prazo previsto, a lista com os estudantes selecionados demorou para ser divulgada, tendo saído apenas às 22h. Até as 12h, o novo cronograma ainda não constava na página do programa. Falta ainda definir a data de convocação dos estudantes em lista de espera.
A publicação no Diario Oficial da União diz apenas que a conclusão da inscrição deverá ser feita a partir do dia 15, sem prazo para o término. Em nota, o MEC diz que a prorrogação se deu por conta de “ajustes necessários na fórmula de cálculo para adaptação do sistema à mudança de faixa de renda de 2,5 para 3 salários mínimos”. A pasta diz ainda que a mudança “não compromete o processo de financiamento”.
Os estudantes podem conferir na página do Fies o resultado da seleção. O resultado é uma pré-seleção, assegura apenas a expectativa de direito às vagas para as quais se inscreveram no processo seletivo do Fies. A contratação do financiamento fica condicionada à conclusão da inscrição no Sistema Informatizado do Fies (SisFies) e ao cumprimento das demais regras e procedimentos do programa.
Nesta edição serão ofertados 75 mil financiamentos. Aqueles que não forem selecionados serão automaticamente inscritos na lista de espera.

Inscrições:
O Fies recebeu 294 mil inscrições, de acordo com balanço divulgado pelo MEC. O Fies oferece financiamento de cursos superiores em instituições privadas a uma taxa de juros de 6,5% ao ano. O percentual do custeio é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante.
Para participar da seleção, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com 450 pontos na média das provas, além de ter tirado nota maior que 0 (zero) na redação. Os candidatos precisam ainda ter renda familiar bruta por pessoa de até três salários mínimos, o que equivale a R$ 2.640. Atualmente, 2,1 milhões de estudantes participam do programa.
Do JC Online

Dessoles diz que presença na lista do TCE não impede candidatura e dá detalhes de encontro com Câmara

Prefeito diz ter conseguido garantia da PE entre Iguaracy e Custódia 
Dessoles no encontro com Paulo Câmara
Por Nill Júnior
 O prefeito e pré-candidato a reeleição de Iguaracy Francisco Dessoles afirmou falando à Rádio Pajeú que não terá problemas para disputar a reeleição no município. Ele disse já esperar a lista porque ela vale por oito anos a partir da decisão.
“Não tem nenhuma novidade. O TCE chama de decisão mas conta de prefeito quem decide é a Câmara. Tem um jogo midiático por traz disso e sai como se fosse um julgamento. Os pareceres foram emitidos em 2010, das contas de 2001 e 2007 que a Câmara aprovou por ampla maioria”.
Dessoles afirmou que a mesma questão foi objeto de debate na eleição de 2012. “Quero dizer à militância que pode ficar tranquila que essa lista não vai interferir em nada nossa candidatura. Pode gerar algum pedido de impugnação, mas temos a defesa pronta”.
Dessoles criticou a comemoração da oposição com fogos espocados ao sair a decisão. “Ontem na hora que a oposição gastava fogos para comemorar essa noticia requentada eu estava com Manoel Olímpio, a presidente da Câmara Odete, Gonzaga Patriota e Romário Dias em audiência com o Governador Paulo Câmara que garantia obras da PE 310 entre Iguaracy e Custódia e a doação de parte área da Fazenda estadual para casas populares e sedes de entidades beneficentes de idosos e deficientes”.
Já Dinca Brandino quis comparar sua situação às pedaladas de Dilma, afirmou que foi penalizado porque de emprego ao povo, disse que a queda de receita compromete as prefeituras porque o valor da folha não muda e usou cerca de dez minutos repetindo a mesma coisa.

Banda Fulô de Mandacaru recebe homenagem do estado pela valorização da cultura pernambucana

O governador Paulo Câmara recebeu, na tarde desta quarta-feira (06.07), no Palácio do Campo das Princesas, a banda Fulô de Mandacaru, consagrada nacionalmente após vencer o programa SuperStar, realizado pela TV Globo.
Acompanhado da primeira-dama Ana Luiza, o gestor estadual parabenizou o grupo caruaruense pela valorização da cultura local durante as suas apresentações na atração.
“Eles têm uma carreira de sucesso pela frente, fruto do talento e da forma que a banda vê a cultura nordestina. Esses pernambucanos provaram que a gente tem muito o que mostrar ao restante do Brasil”, destacou. “Esses jovens emocionaram o Brasil e nos alegraram com essa vitória”, completou.
Com 15 anos na estrada, sete CD’s e dois DVD’s gravados, a Fulô de Mandacaru passou por diversos palcos do Brasil e do Mundo. Mas a consagração veio com o título de campeã do programa SuperStar. O grupo, que é liderado por Armandinho do Acordeon, Pingo Barros e Bruno Mattos, é formado por 22 pessoas e faz 25 shows por mês.
No encontro com o governador Paulo Câmara, Armandinho afirmou que Pernambuco tem uma tradição multicultural e que a banda tem a missão de fortalecê-la.
“A Flor do Mandacaru, ao longo dos seus 15 anos, sempre buscou defender as nossas tradições, acreditando que o forró autêntico tem o seu espaço e o seu potencial educativo e social”, registrou o músico.
Também estiveram presentes no gabinete do governador o secretário da Casa Civil, Antônio Figueira; o vice-prefeito de Caruaru, Jorge Gomes; o deputado estadual Tony Gel; empresários e familiares da banda Fulô de Mandacaru.

Lista do TCE: “Não quer dizer que essas pessoas não poderão concorrer”; diz presidente do TRE

Lista do TCE: “Não quer dizer que essas pessoas não poderão concorrer”; diz presidente do TRE.
O documento foi entregue ao TRE e ao MPF na manhã desta terça (5) 
O Tribunal de Contas do Estado (TCE) entregou a lista com os nomes dos gestores públicos que tiveram as contas rejeitadas pelo órgão nos últimos cinco anos. O documento foi entregue ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) no fim da manhã desta terça-feira (5). Ao todo, são 1.598 processos de prefeitos e vereadores, além de gestores municipais e estaduais. Com base nessa lista é que a Justiça Eleitoral poderá declarar a inelegibilidade de candidatos políticos.
Só o fato de estar com o nome na lista não significa que o político poderá ter sua candidatura impugnada. No caso das contas rejeitadas pelo TCE, só se caracterizará inelegibilidade se ficar demonstrado um ato doloso de improbidade administrativa. E isso caberá ao promotor eleitoral decidir. “Não quer dizer que essas pessoas não poderão concorrer, elas podem até disputar o pleito sub judice, ou aguardando decisão judicial”, completou o desembargador Antônio Carlos Alves da Silva, presidente do TRE.
Confira aqui a lista completa dos processos.
 
Entre as irregularidades apontadas pelo TCE estão: a não prestação de contas, gestão ilegal, ilegítima ou antieconômica, dano aos cofres públicos e descumprimento dos limites constitucionais referentes à educação, saúde e folha de pessoal.
“Tem uma situação muito recorrente nos municípios que é o não recolhimento das contribuições previdenciárias. O que causa um dano muito grande para aquelas pessoas que têm um expectativa no futuro de se aposentar”, apontou o corregedor do TCE, Dirceu Rodolfo de Melo Júnior.
A lista foi entregue também ao Ministério Público Federal. “O Ministério Público recebendo essa lista com antecedência já poderemos começar a investigar os candidatos para fazer analise dessas inelegibilidades”, disse o procurador regional eleitoral, Antônio Carlos Barreto Campelo.
A lista com os declarados ilegíveis está prevista para ser divulgada no dia 15 de agosto. Os gestores públicos que forem declarados inelegíveis não poderão concorrer às eleições que se realizarem nos oito anos seguintes.
Fonte: G1/PE

Acidente deixa um estudante com morte cerebral e um ferido em São José do Egito

O condutor J. E. conduzia seu veículo caminhão Volvo/VM 330, cor prata, na PE 275, sentido Brejinho a São José do Egito, enquanto os condutores J.A. e J. seguiam em sentido contrário. O condutor, J.E. informou que a sua frente seguia à pé, um andarilho não identificado, que invadiu a pista de rolamento, momento em que este foi livrá-lo para não o atropelar, sendo necessário a invasão da pista de rolamento contrária, momento em que atingiu as laterais esquerdas dos veículos Chevrolet D-20 e o micro ônibus, causando-lhe avarias de médias proporções. O andarilho não identificado era um galego branco, que tem problemas mentais e que é visto frequentemente andando de São José do Egito para um sítio próximo a Olho D'água.
As vítimas uma criança de 9 anos e Leandro de 12 anos seguiam no interior do micro ônibus, sendo que Leandro foi levado para o hospital de Campina Grande em estado grave, enquanto que a criança de 9 anos sofreu apenas um corte na testa de pequena gravidade. Todos os condutores apresentaram as devidas CNHs, bem como, os CRLVs quitados no exercício 2016. Segundo informações do amigo e blogueiro Marcello Patriota, Leandro teve morte cerebral no Hospital do Trauma de Campina Grande por volta das 22h da noite desta quarta (06). Leandro estuda 5º ano na Escola Luiz Paulino.

CCJ do Senado aprova proibição de doação financeira de servidores a partidos

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou nesta quarta-feira (6) projeto de lei que proíbe doações a partidos políticos por pessoas que tenham relação próxima com a administração pública.
Dessa forma, ficam proibidos de doar, nos seis meses anteriores às eleições, os ocupantes de cargo em comissão ou função de confiança no serviço público e empregados, proprietários ou diretores de empresas prestadoras de serviços terceirizados que tenham contrato com a União, estados, Distrito Federal ou municípios.
A ideia do projeto, de autoria do senador Aécio Neves (PSDB-MG), é evitar que pessoas sejam nomeadas para esse tipo de cargo ou empresas sejam contratadas em troca das doações. Os senadores Ronaldo Caiado (DEM-GO) e Lasier Martins (PDT-RS) chegaram a propor que a proibição fosse permanente.

Concurso da PM: moradora de Serra Talhada contratou mulher por R$ 6 mil para realizar teste físico da PM, revela polícia

Moradora de ST contratou mulher por R$ 6 mil para realizar teste físico da PM, revela polícia
Uma moradora de Serra Talhada, candidata ao concurso da Polícia Militar de Pernambuco, teria pago cerca de R$ 6 mil para que outra pessoa realizasse o teste de aptidão física da seleção. Segundo a Polícia Civil, nessa terça-feira (5) uma mulher de 23 anos – que não teve o nome revelado – foi detida às 9h30, antes de completar a etapa do certame no campus da UPE, no bairro Santo Amaro, em Recife. Através de denúncias anônimas, o Batalhão de Policiamento de Guarda da PM descobriu a tentativa de fraude.
A mulher que prestou o teste faz parte da guarda municipal do município de Eusébio no Ceará e tentou se passar por uma candidata de 25 anos que mora em Serra Talhada, mas que é natural da cidade de Betânia, no Sertão do Moxotó. De acordo com a PM, a acusada confessou que receberia o pagamento apenas ao fim do teste. Ela estava usando a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em nome da candidata. A suspeita foi levada para a delegacia da Macaxeira, Zona Norte do Recife, onde foi ouvida e liberada. Os documentos foram encaminhados para a perícia.
“Ela contou que um rapaz a viu numa academia de ginástica no Ceará e fez o convite. Todas as despesas como passagem e hospedagem foram pagas e ela receberia o dinheiro ao voltar para o Ceará caso passasse no teste”, explicou o delegado responsável pelo caso, Erivaldo Guerra. A candidata que teria contratado a jovem suspeita de fraude também será ouvida pelo delegado.
“Como ela mora no interior eu ainda vou chamá-la”. Caso seja condenada, Erivaldo Guerra ainda acredita que a suposta impostora responderá em liberdade. “A lei prevê de 1 a 5 anos de prisão, mas como ela é ré primária acredito que cumprirá pena alternativa”, completou. A guarda municipal foi enquadrada pelos crimes de uso de documentos falsos, falsidade ideológica e falsa identidade.

Dessoles tranquiliza militância e diz que candidatura está de pé

O prefeito de Iguaraci, Francisco Dessoles, falou sobre a lista entregue pelo TCE-PE ao TRE-PE, na qual mais de 1.500 nomes estão incluídos, inclusive o seu aparece citado. Dessoles disse que já esperava o seu nome constar na referida lista porque ela é válida por 8 anos e não há nada de novo. De acordo com o prefeito, o Tribunal de Contas chama de decisão, mas quem decide contas de prefeito é a Câmara de Vereadores de cada município. “Essa decisão sai e fica saindo como que fosse um julgamento e quem julga contas de prefeito é a Câmara de Vereadores e essa lista consta os pareceres que o Tribunal de Contas emitiu em 2010 e estão ai bem claras que é sobre as contas de 2001 e 2007, contas que a Câmara de Vereadores de Iguaraci aprovou por ampla maioria e que foi objeto de amplo debate na mídia e na Justiça na eleição de 2012”, disse o prefeito.
Dessoles afirmou que está muito tranquilo porque tem as contas julgadas por quem tem poder de julgar que a Câmara de Vereadores e procurou tranquilizar a militância no município. “Quero dizer a militância de Iguaraci, por quem tenho imenso respeito, que pode ficar tranquila que nossa candidatura está de pé e essa lista não vai atrapalhar absolutamente em nada nossa candidatura, pode gerar algum pedido de impugnação, mas nós já temos a resposta pronta para combatê-la como fizemos em 2012, estamos absolutamente tranquilos quanto a isso”, afirmou. (Afogados Online)

Em Triunfo, estação do frio pode chegar a ter temperaturas de 15ºC neste ano

Triunfo pode registrar temperaturas de 15 ºC durante o inverno. Foto: Carlos Ferraz / Reprodução.
O tempo do inverno está chegando em Pernambuco. A cidade interiorana de Triunfo, no Sertão do Pajeú, pode registrar temperaturas próximo de 15ºC nesta época do ano. Segundo a Agência de Águas e Climas de Pernambuco (Apac), Triunfo e Garanhuns registram as menores temperatura de todo o estado há cerca de 30 anos.
De acordo com Apac, a cidade de Triunfo está localizada a 1.100 metros acima do nível do mar, enquanto, Garanhuns está a 890 metros. O município de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, registrou no dia 18 de junho 15º C. Entre os meses de junho, julho e agosto ocorrem os circuitos de frio que atraiu turistas de outras regiões para o Estado de Pernambuco.
Em Triunfo, acontece a Festa do Estudante – um evento tradicional que movimenta a economia local, além do projeto Cinema no Interior, que atrai diversos admiradores do audiovisual e do cinema para o Cine Teatro Guarany.

FESTA DO ESTUDANTE

O evento do circuito do frio vai completar 58 anos que ocorre em Triunfo. A festa acontece entre o final de julho e termina no início de agosto. O circuito é marcado por palestras, oficinas, shows, cinema, arte, cultura, lazer e turismo pelos pontos ecológicos e históricos da cidade pacata do interior.
No ano de 2015, apresentaram-se na cidade Petrúcio Amorim, Adilson Ramos, Agnaldo Timóteo, Jorge Vercilo e Maciel Melo. Os turistas que visitam o ‘Oásis do Sertão’ nesta época, podem desfrutar das delícias do polo gastronômico, localizado próximo a Lagoa João Barbosa Sitônio. Para o ano de 2016, o Prefeito Luciano Bonfim tenta articular-se com o Governo de Pernambuco e Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco para poder realizar o evento, devido a crise econômica que assola a cidade. (Âncora do Sertão)

CARTEIRA DE HABILITAÇÃO ACC JÁ É UMA REALIDADE EM PERNAMBUCO

Buscando a regulamentação dos condutores que utilizam as cinquentinhas como meio de transporte, a Autorização para Conduzir Ciclomotor (ACC), que no Estado é emitida pela Secretaria Estadual das Cidades –SECID, por meio do Departamento Estadual de Trânsito – DETRAN/PE, já está ao alcance de quem usar esses veículos de baixa cilindradas. Desde o dia 29 de junho, 17 alunos da primeira turma estão em aula na Autoescola Maurício de Nassau, no bairro da Iputinga, Zona Oeste do Recife.
Segundo o diretor presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, nessa categoria ocorreu mudanças, com reduções de valores e carga horária. “Agora, quem optar pela ACC irá cumprir 20 horas teóricas e outras dez práticas, ante 45 e 20, respectivamente, na categoria A. Além disso, o custo do curso fica em R$ 400,00 mais as taxas do DETRAN-PE, valor correspondente a aproximadamente metade da categoria superior”, destaca.
Outra diferença também aos optantes da ACC se dá na prova teórica, onde são disponibilizadas 15 questões, com o mínimo de 11 acertos. Nas demais categorias são 30, com a exigência de ao menos 21 assertivas. “O cunho social sempre foi levada em consideração, onde, inclusive, autorizamos as autoescolas utilizarem ainda um mesmo ciclomotor em forma de compartilhamento para suprir a demanda”, completa Ribeiro.
De acordo com Murilo Lima, diretor de Ensino da Autoescola Maurício de Nassau, nessa unidade acontecem aulas de segunda a sexta-feira e nos finais de semana, tendo um prazo aproximado de conclusão de todo o processo, entre aulas e provas práticas e teóricas, em até 30 dias. Quanto ao valor correspondente pelo curso de R$ 400,00, pode ser pago à vista, no cartão de débito ou crédito, em até quarto vezes sem juros.

Como fazer obter a primeira habilitação ACC
Faça o agendamento no site do DETRAN-PE, http://www.detran.pe.gov.br, imprima o comprovante do agendamento e se dirija ao local escolhido para a abertura do serviço;
Durante o atendimento, você receberá uma guia para pagamento das taxas relativas aos exames médico e psicológico. Portanto, você não deve pagar mais nada a clínica ou profissional escolhido;
Ao dirigir-se aos locais para a realização dos exames, leve com você as requisições de exames, documento de identidade e o comprovante de pagamento da taxa do serviço;

Documentos necessários
Original e cópia de documento oficial de identificação, com foto e em bom estado de conservação e CPF.
Comprovante de Residência atualizado.

Taxas para obtenção da Autorização para conduzir ciclomotores (ACC)
As taxas referentes ao processo de Habilitação para obtenção da Autorização para ciclomotores são as seguintes:


Etapas do processo de habilitação
Exame Psicológico
Exame Médico
Curso Teórico-Técnico
Exame Teórico-técnico (CFC)
Curso de Prática Veicular
Exame de Prática Veicular (CFC)

Ida ao Centro de Formação de Condutores (autoescola)
Aprovado nos exames psicológico e médico, o cidadão deverá se dirigir a um Centro de Formação de Condutores (CFC) de sua preferência para realização do Curso Teórico-Técnico (20 horas/aula).
Cada CFC define, com base na lei da oferta e procura, os valores dos serviços prestados.
Após a conclusão do curso, o Centro de Formação de Condutores (CFC) se encarregará de efetuar o agendamento para a realização do Exame Teórico-Técnico.
Apenas após a aprovação no Exame Teórico-Técnico, o cidadão poderá se submeter à instrução prática junto ao Centro de Formação de Condutores (CFC).
O Centro de Formação de Condutores (CFC) se encarregará de solicitar, junto ao DETRAN, a Licença de Aprendizagem (LADV) para que as aulas práticas possam, efetivamente, ser iniciadas.
Após o cumprimento da carga horária mínima exigida para a prática de direção veicular (10 horas), o Centro de Formação de Condutores (CFC) efetuará o agendamento para a realização do Exame Prático.

PRF tira dúvidas sobre lei que obriga faróis baixos durante o dia

A partir desta sexta-feira, começa a vigorar em todo o Brasil a Lei 13.290, que torna obrigatório o uso de farol baixo aceso durante o dia nas rodovias. O motorista que não seguir a recomendação estará cometendo infração média, com quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa no valor de R$ 85,13, que vai passar para R$ 130,16 em novembro.
A norma é simples, mas tem gerado dúvidas em relação a qual luz o condutor deve deixar ligada. Por isso, a Polícia Rodoviária Federal resolveu tirá-las. De acordo com a PRF, a medida refere-se ao farol baixo, diferente do farolete, farol de milha, farol de neblina e Daytime Running Light (DRL). O órgão enviou ao Conselho Nacional de Trânsito (Contran) um questionamento sobre a utilização do DRL, também conhecido como farol de rodagem diurna. Até manifestação formal e definitiva do Contran, a PRF aceitará a utilização do DRL em substituição ao farol baixo durante o dia.
De acordo com a PRF, o farol baixo não pode ser confundido com a lanterna ou luz de posição. A lanterna não substitui o farol baixo dentro da nova regra. O farol baixo é o mesmo utilizado durante a noite, destinado a iluminar a via diante do veículo, sem ocasionar ofuscamento ou incômodo injustificáveis aos condutores e outros usuários da via que venham em sentido contrário. O uso do farol baixo não é apenas para garantir que o motorista veja o que está à sua frente, mas também, para que seja visto por outros motoristas e pedestres.
O uso simultâneo do farol baixo e do farol de neblina não é considerado infração de trânsito, mas a PRF informa que o uso apenas do farol de neblina durante o dia, sem o acionamento do farol baixo nas rodovias, deverá ser enquadrado no artigo 250, I, b, do CTB.