Mostrando postagens de Agosto 31, 2016Mostrar tudo

Coligação "Iguaracy cada vez melhor" lança site oficial de sua campanha

A Coligação "Iguaracy cada vez melhor", formada pelos partidos PTB/PDT/PPS/PSD/PRB/PTN/PTC/PR e registrada no CNPJ: 25.536.163/0001-14, que tem como candidatos Dessoles prefeito e Luciene Rocha vice, lançou nesta terça-feira, 30, o site oficial de campanha sob o domínio www.dessoles14.com.br. A página passa a ser a principal fonte de informações da campanha.
http://www.dessoles14.com.br/
O site já está funcionando com matérias atualizadas da cobertura da campanha e atalhos para acesso e compartilhamento nas redes sociais.
Segundo a assessoria de comunicação da coligação, trata-se de uma ferramenta importante para o acompanhamento diário da campanha por parte do militante, do simpatizante e, principalmente do cidadão que quer conhecer melhor o que foi realizado na gestão do candidato, e quais as propostas para o seu novo mandato.
De acordo com a Ascom do partido, no decorrer desta semana o site ficará completo contendo agenda de campanha, realizações importantes de Dessoles à frente da Prefeitura nos últimos 3,8 anos, entre outras informações importantes para que o eleitor possa analisar e escolher qual o melhor nome para governar Iguaracy.
Serão também disponibilizados fotos, vídeos, jingles, e material para download produzido pela equipe das redes sociais.
Na homepage da coligação https://www.facebook.com/dessoles14 é possível aos internautas enviarem depoimentos, sugestões e críticas, além de links para acompanharem a rotina do candidato a prefeito através de aplicativo do Whatsapp.
ASCOM

Saúde já tem 1.363 notificações de casos de microcefalia em Pernambuco

Pernambuco já confirmou 378 casos de microcefalia e outros 289 estão em investigação desde 1 de agosto do ano passado, quando começaram as notificações. A Secretaria Estadual de Saúde divulgou um novo boletim epidemiológico nesta terça-feira. O documento apontou que 1.363 casos já foram descartados, mas 82 óbitos ainda estão em investigação. Ao todo, já foram notificados 2.112.
Dos casos confirmados, 181 tiveram resultado laboratorial positivo para zika. Outros 154 deram negativos e sete foram inconclusivos. Foram feitas 342 análises pelo Centro de Pesquisa Aggeu Magalhães/Fiocruz e Instituto Evandro Chagas.
Dengue
Ao todo, 99.542 casos já foram notificados. Desses, 27.201 foram confirmados e 33.994 foram descartados. A doença foi registrada em 184 municípios e Fernando de Noronha. Ano passado, foram notificados 112.136 casos suspeitos com 49.093 confirmações.
Chikungunya
Já foram notificados 52.468 casos e 21.891 foram confirmados. A arbovirose foi registrada em 182 municípios e Fernando de Noronha.
Zika
Até o momento, foram notificados 10.884 casos com 147 confirmações. A doença foi registrada em 150 cidades e em Fernando de Noronha. Em todo o ano de 2015, desde o início das notificações obrigatórias de zika (a partir de 10 de dezembro), foram notificados 1.386 casos da doença. Em 2015, foram confirmados 46 casos de zika.
Óbitos pelas arboviroses
Até o momento, foram notificados 292 casos, dos quais 87 tiveram resultados laboratoriais positivos, sendo 18 para dengue, 53 para chikungunya e 16 para dengue e chikungunya. No mesmo período em 2015, houve a notificação de 63 óbitos suspeitos apenas para dengue, sendo 20 confirmados.
Do Diário de Pernambuco

Remédio vermífugo pode combater o zika, diz pesquisa

Um medicamento vermífugo utilizado contra a solitária seria capaz de bloquear a propagação do vírus zika, diz um estudo divulgado na revista Nature Medicine nesta segunda-feira (29). O trabalho seria o primeiro a mostrar um remédio que poderia tratar a infecção viral, que provoca mal-formações cerebrais em fetos.
“É um primeiro passo para um tratamento que pode parar a transmissão da doença”, explica o professor Hengli Tang, da Universidade estadual da Flórida, e quem liderou o estudo.
Ao invés de tentar uma nova droga, os pesquisadores da FSU, da John Hopkins University e do National Institute dos Estados Unidos examinaram detalhadamente 6 mil moléculas que já tinham sido aprovadas nos Estados Unidos e eram agora objeto de testes clínicos.
“Nós nos concentramos nas moléculas mais próximas de uso clínico”, explica Tang. A ideia do estudo era encontrar algo que fosse eficaz e já estive “quase pronto” para ser usado.
Durante o trabalho em laboratórios com a células infectadas pelo zika, as equipes descobriram dois tipos de substâncias, um capaz de bloquear a multiplicação do vírus e o outro para evitar a morte das células infectadas (útil porque, se o organismo for tomado pelo vírus e as células infectadas morrerem, o paciente morre junto).
Na primeira categoria é a niclosamida, uma substância medicamentosa ativa já comercializado para o tratamento de tênia (ou solitária) há meio século. A segunda é o emricasan, um tratamento experimental para a fibrose hepática, atualmente em teste clínicos.
As duas classes de substâncias deram resultado preventivos e após a exposição à Zika e com vantagens importantes quando eles foram usados em conjunto. Embora a niclosamida seja bem tolerada e não apresente riscos para o feto, de acordo com estudos realizados em animais os pesquisadores não a recomendam para mulheres grávidas.
“Ainda não temos evidências de que a niclosamida é eficaz. Estudos em animais e clínicos em humanos ainda são necessários”, disse à AFP Hongjun Song, um dos co-autores do estudo. Quanto ao emricasan, ele deve ainda “seguir o processo normal de desenvolvimento de drogas, e que vai levar algum tempo”, acrescentou.
Sem vacina ou tratamento
Não existe vacina ou tratamento contra Zika. Transmitido por mosquitos Aedes aegypti, o vírus causou uma epidemia que já afeta 1,5 milhões de pessoas no Brasil. Benigna para a maioria das pessoas, a doença é considerada responsável por complicações neurológicas e anormalidades especialmente graves no desenvolvimento do cérebro (microcefalia) em recém-nascidos cujas mães foram infectadas pelo vírus (em mais de 1.600 casos de bebês nascidos recentemente no Brasil).
Além mulheres grávidas, a niclosamida poderia, dizem os pesquisadores, também ser usado “para reduzir a carga viral entre homens e mulheres não grávidas, a redução da transmissão Zika e também poderia evitar casos de síndrome de Guillain Barré (doença auto-imune) e outras complicações em seres humanos”.
A síndrome de Guillain-Barré causa uma condição de nervos periféricos caracterizadas por grande fraqueza e até pode causar paralisia progressiva. “Nossas descobertas e ferramentas devem significantemente avançar a investigação em curso sobre o Zika, e têm um efeito imediato sobre o desenvolvimento de tratamentos” contra o vírus, os cientistas concluem no trabalho.

Governo pretende criar dois novos tipos de contrato de trabalho

 
Com um contingente de 11,6 milhões de desempregados e 623 mil vagas formais fechadas só este ano, a equipe do presidente em exercício Michel Temer estuda formas de tornar viáveis duas novas modalidades de contrato de trabalho: o parcial e o intermitente. As propostas fazem parte da reforma trabalhista que será, ao lado da previdenciária, uma prioridade da agenda econômica caso o impeachment de Dilma Rousseff seja concretizado.
Tanto no trabalho parcial quanto no intermitente, a jornada de trabalho será menor do que as 44 horas previstas na legislação atual. Os direitos trabalhistas, como férias e 13º salário, seriam calculados de forma proporcional. A diferença entre os dois contratos é a regularidade com que o trabalho ocorre.
No contrato parcial, a jornada ocorre em dias e horas previamente definidos. Por exemplo, a pessoa poderá trabalhar em um bar somente nos fins de semana. Os técnicos acreditam que esse tipo de contrato vai beneficiar principalmente estudantes e aposentados que precisem complementar sua renda.

William Bonner e Fátima Bernardes anunciam separação

Fátima Bernardes e William Bonner anunciaram a separação, após 26 anos de casamento. O titular do “Jornal Nacional” e a apresentadora do “Encontro” divulgaram a notícia no Twitter, na noite desta segunda-feira (29), após o fim do telejornal da Globo.
“Em respeito aos amigos e fãs que conquistamos nos últimos 26 anos, decidimos comunicar que estamos nos separando. Continuamos amigos, admiradores do trabalho um do outro e pais orgulhosos de três jovens incríveis. É tudo o que temos a declarar sobre o assunto. Agradecemos a compreensão, o carinho e o respeito de sempre. William e Fátima”, publicaram Bonner e Fátima na rede social.
Casal 20 do jornalismo da Globo durante mais de 20 anos, Bonner e Fátima se conheceram em 1989, quando o jornalista mudou-se para o Rio de Janeiro para apresentar o “Jornal da Globo” ao lado da então colega. Os dois se apaixonaram e casaram em 1990.
Em 1997, Fátima realizou inseminação artificial e deu à luz trigêmeos, Vinícius, Laura e Beatriz. No ano seguinte, ela passou a apresentar o “Jornal Nacional” ao lado de Bonner. Ficaram 13 anos juntos, até que em 2011 ela deixou a bancada do “JN” para lançar o “Encontro”, sua estreia no Entretenimento.
Bonner dividiu o telejornal com Patrícia Poeta e, depois, com Renata Vasconcellos. Fátima reapareceu no “Jornal Nacional” em abril de 2015, no especial de 50 anos da Globo, e julho deste ano, durante o “Criança Esperança”.

Carro com placa finalizada em 8, 9 e 0 tem CRLV de 2015 válido só até esta quarta

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PE) alerta os motoristas e donos de automóveis com placas finalizadas em 8, 9 e 0 que o prazo para a circulação com o Certificado de Registro e Licenciamento Veicular (CRLV) de 2015 termina na quarta-feira (31). Quem for flagrado com o documento fora de validade estará sujeito a ter o veículo retido e removido para o depósito, além de pagamento de multa no valor de R$ 191,54 e das taxas para a liberação.
O CRLV 2016 só é emitido depois do pagamento de todas as taxas que compõem o licenciamento. Esses valores são correspondentes ao Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), taxas (bombeiros e licenciamento), possíveis multas vencidas e seguro obrigatório (DPVAT).

Problema em Adutora afeta distribuição em Carnaíba, Tabira, São José, Tuparetama e Iguaracy

A Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA) comunicou em nota encaminhada ao blog e à Rádio Pajeú que desde o dia 30 deste mês, está com o sistema da Adutora do Pajeú parado devido a problemas elétricos na Estação Elevatória 03.
Segundo a nota, como o blog já havia antecipado, a consequência é de paralisação da distribuição nas cidades de Carnaiba, Tabira, São José do Egito, Tuparetama e Iguaraci.
“Por tal motivo ficará com o abastecimento suspenso, não tendo ainda previsão de retorno. Assim que o problema for resolvido, a empresa volta a comunicar através dos meios de comunicação”, diz a nota.
A Compesa conclui a nota lamentando o ocorrido e pedindo desculpas aos seus clientes.
Como o blog informou, a apagão registrado esta terça-feira no Estado afetou a distribuição de água em várias cidades do Sertão do Pajeú por conta de problemas ocasionados nos principais sistemas de distribuição.
Segundo o chefe de Distribuição da Compesa, Washington Jordão, o apagão afetou as Adutoras do Pajeú e Zé Dantas, responsáveis pelo abastecimento de várias cidades. (Nill Júnior)

Apagão afeta distribuição de água em várias cidades do Sertão

ETA Afogados : problemas nas Adutoras afetam abastecimento
O apagão registrado esta terça-feira no Estado afetou a distribuição de água em várias cidades do Sertão do Pajeú por conta de problemas ocasionados nos principais sistemas de distribuição. Segundo o chefe de Distribuição da Compesa, Washington Jordão, o apagão afetou as Adutoras do Pajeú e Zé Dantas, responsáveis pelo abastecimento de várias cidades.
No caso da Adutora Zé Dantas, que explora poços em Fátima, município de Flores, todo o sistema foi afetado. Em relação a Adutora do Pajeú, a pane foi registrada na Estação Elevatória 3, entre Serra Talhada e Floresta. Assim, várias cidades a partir de Serra Talhada estão em colapso na distribuição.
Antes, algumas cidades já estavam com problemas na distribuição. Afogados da Ingazeira e Tabira, por exemplo, já vinham sofrendo com panes na Adutora do Pajeú e recentemente, na ETA Afogados.
Uma falha em uma linha de transmissão da Eletronorte no Tocantins, nesta terça-feira (30), causou oscilações no fornecimento de energia elétrica em todo o estado e afetou as regiões Norte e Nordeste do país, inclusive no Estado.
Segundo informações da Energisa (companhia de energia no Tocantins), o problema foi causado por queimadas próximo da rede. O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou que 12 estados tiveram o fornecimento prejudicado. (Nill Júnior)

A causa: falha em linha de transmissão no TO afetou energia em 12 estados

Uma falha em uma linha de transmissão da Eletronorte no Tocantins, nesta terça-feira (30), causou oscilações no fornecimento de energia elétrica em todo o estado e afetou as regiões Norte e Nordeste do país. Segundo informações da Energisa (companhia de energia no Tocantins), o problema foi causado por queimadas próximo da rede. O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou que 12 estados tiveram o fornecimento prejudicado.
Ainda conforme a Energisa Tocantins, as chamas atingiram uma linha de transmissão de 500 kV, entre as cidades de Miracema do Tocantins e Rio dos Bois, na região central do estado. A oscilação atingiu os 139 municípios do estado e cerca de 570 mil unidades foram afetadas.
O Operador Nacional do Sistema confirmou que a ocorrência teve origem em linhas de transmissão entre as subestações dos dois municípios, seguida da separação das regiões Norte e Nordeste do restante do Sistema Elétrico Interligado (SIN), o que levou a atuação do Esquema Regional de Alívio de Carga (ERAC), na região Nordeste.
Ainda conforme informações da ONS, houve cortes parciais de suprimento a consumidores nos estados do Amazonas, Pará, Amapá e Tocantins, na região Norte; e nos estados do Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia, na região Nordeste.
Conforme nota divulgada pelo ONS, às 12h14 ocorreu o desligamento automático do circuito 3 da linha de transmissão em 500 kV, entre Miracema do Tocantins e Colinas do Tocantins, pertencente à transmissora Intesa. Além disso, o sistema de religamento automático da rede não funcionou.

Apagão atingiu várias cidades do interior do Estado

Calor aumenta consumo de equipamentos de ar condicionado no Nordeste. Mas não se sabe se esta é a causa do apagão desta tarde
Um apagão que durou cerca de uma hora no início da tarde desta sexta afetou várias cidades do interior do Estado, segundo relatos ao blog.
Faltou energia em cidades como Caruaru, Garanhuns, Santa Cruz do Capibaribe, Salgueiro, Nazaré da Mata, Serra Talhada, Bom Conselho, Carpina e Curaçá.
Praticamente todas as cidades do Sertão do Pajeú também sentiram os efeitos do apagão, que começou por volta das 12h40 e só teve o fornecimento restabelecido às 13h30. Até agora, a Celpe não se manifestou sobre a interrupção no fornecimento.
A alguns meses não havia notícias de falta de energia em tantas cidades simultaneamente. Este mês tem sido excessivamente mais quente aumentando o consumo por conta do uso de refrigeradores, equipamento de ar condicionado e ventiladores.