Mostrando postagens de Novembro 21, 2016Mostrar tudo

Ameaça do verão: especialistas alertam para avanço da chikungunya

Em 1952, a população do sudeste da Tanzânia, na África, foi acometida por uma doença tão dolorosa que suas vítimas andavam com o corpo arqueado. A epidemia ficou conhecida como chikungunya — na língua kimakonde, “aqueles que se dobram”. O vírus CHIKV foi isolado e identificado em pequenos surtos na Ásia. Mas, por muito tempo, ficou adormecido. Até acordar, em 2004, no Quênia. Durante uma década, a ameaça se manteve distante do Brasil. Em 2014, porém, ela chegou. Agora bem-adaptado, o micro-organismo avança por todas as regiões, com um número de casos confirmados até setembro 880% maior que de todo o ano passado.
O boletim epidemiológico mais recente do Ministério da Saúde mostra que, de janeiro a 20 de setembro, foram notificados 236.287 mil casos, sendo que, desses, 116.523 de fato eram febre chikungunya. Esse número deve aumentar significativamente nos próximos meses, pois o vírus é transmitido pelo Aedes aegypti, mosquito que se prolifera nos meses chuvosos de verão.
“O chicungunha entrou no Brasil antes do zika, mas o período de incubação dele é mais longo. Por isso, se propaga mais lentamente”, explica Luiz José de Sousa, presidente da Sociedade Brasileira de Clínica Médica e diretor do Centro de Referência de Doenças Imuno-Infecciosas (CRDI-RJ), justificando o fato de, dois anos depois da entrada do vírus, haver uma explosão de casos. “Agora, a perspectiva é que este ano tenha um aumento muito maior, principalmente no Sudeste”, alerta o médico, também autor do livro Dengue, zika e chikungunya — diagnóstico, tratamento e prevenção.
Uma preocupação de Sousa é com o pouco conhecimento que se tem sobre a doença. “A dengue já foi altamente estudada. Mas há poucos estudos sobre chicungunha. Não se sabe, por exemplo, porque pacientes com doenças crônicas prévias, como diabetes e doença pulmonar obstrutiva, têm um risco de mortalidade maior. Sabe-se que há uma ação do vírus no endotélio vascular e no tecido das articulações, mas não se sabe o mecanismo”, exemplifica.
Do Diário de Pernambuco

TRT realiza agendamento para mutirão de conciliação no Sertão de PE

O Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-PE) realiza entre os dias 21 e 25 de novembro, a 11ª edição da Semana Nacional da Conciliação, em cinco cidades do sertão pernambucano, na busca de soluções consensuais de conflitos trabalhistas. Para participar do mutirão é necessário fazer um agendamento pelo site ou ainda diretamente na Vara onde tramita o processo.
Todas as 70 Varas do Trabalho de Pernambuco participam do mutirão. A 1ª, a 2ª e a 3ª Vara do Trabalho localizadas em Petrolina contemplam, além do próprio município, as cidades de Afrânio, Dormentes, Santa Maria da Boa Vista e Lagoa Grande. Qualquer processo trabalhista pode ser conciliado, até mesmo aqueles que já transitaram em julgado e aguardam a execução.
A semana é coordenada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e envolve todo o judiciário nacional – Tribunais Trabalhistas, Federais, Eleitorais e Estaduais. Na campanha do ano passado, o TRT-PE concluiu 1.183 acordos, com R$ 12,8 milhões em valores arrecadados.
Serviço
Endereços em Petrolina
1ª e 2ª Varas do Trabalho: Av. Fernando Menezes de Góes, s/n, Centro
3ª Vara do Trabalho: Rua Antônio Padilha, 55, Centro
Do G1

Juiz de Conceição-PB condena 'Madame Luana' a 10 anos de prisão por curandeirismo (enganar trouxas)!

O juiz da Comarca de Conceição, no sertão da Paraíba, Antonio Eugênio, condenou a dez anos de prisão a ré, Lucicleide Alves dos Santos, com codinome "Madame Luana", pelo crime do artigo no 273, §1º-B, incs. I , III, V e VI, todos do Código Penal, referente a vender, expor à venda, ter em depósito para vender ou, de qualquer forma, distribuir ou entregar a consumo o produto falsificado, corrompido. No mesmo processo, Fredson Cristiano Gomes de Lima foi absolvido. Com o desmembramento do processo inicial, outros quatro réus foram absolvidos, enquanto o réu, Ricardo Oliveira, de codinome "Professor Saturno", já havia sido condenado.
Consta no processo que Madame Luana, Professor Saturno e outras quatro pessoas foram presas, por volta das 10 horas do dia 7 de março do ano de 2007, sob acusação da prática de curandeirismo. Na ocasião, foi apreendido todo o material da quadrilha, incluindo computadores, veículos e a quantia de 9.350 reais.
Com as investigações realizadas, descobriu-se que os acusados, há alguns anos, constituíram associação para a prática de crimes, aplicando golpes sob o nome de “cura pela fé”, onde, instalando-se em locais denominados “centros esotéricos”, os quadrilheiros, capitaneados pelo primeiro e sexto denunciados, conhecidos pelo epíteto “Professor Saturno” e “Madame Luana”, atraiam as pessoas, sempre simples e insipientes, prometendo-lhe resolver os problemas às custas de suas “suadas economias”, uma vez que, segundo alega, cada consulta custava o valor de R$ 50,00 e as vítimas eram submetidas a um “trabalho espiritual” a base de ervas, banhos, velas, pagando por isso nunca menos de 2 mil reais.
Assim, de acordo com a inicial acusatória, os acusados inculcavam e anunciavam o restabelecimento da saúde e resolução de todos os problemas a partir de site na web, programas de rádio e canais de televisão, assim como via telefone. Em vários casos, a quadrilha prescrevia, ministrava e misturava substâncias tais como ervas, aromatizantes, óleos assim como velas destinadas à cura do mal, tudo depois de previamente diagnosticada a enfermidade pelos acusados.
Apurou-se ainda que, em outros casos, a quadrilha, por meio do seu chefe, constrangia as vítimas mediante ameaça velada com único intuito de obter dinheiro afirmando que caso as vítimas não entregassem o dinheiro fatalmente perderiam a vida. Noticia a peça pórtica, que a quadrilha possuía grande estrutura de atuação com 9 escritórios no Estado do Pernambuco, além do escritório daquela cidade, de modo que, segundo alega, mostra-se inviável a quantificação da quantia obtida e quantidade de vítimas. Com base na peça acusatória, o juiz condenou a ré a 10 anos de prisão, em regime a ser cumprido, inicialmente fechado, além de multa. No entanto, Madame Luana poderá recorrer da decisão em liberdade, por assim estar, durante maior parte do processo.
A espirita também tem trabalhos realizados na região de Afogados da Ingazeira, no sertão de Pernambuco, onde atendia pessoas de várias cidades da região como Carnaiba, Tabira, Ingazeira, Iguaracy e até de Flores.
(Portal Vale do Piancó Notícias)

DUPLA ACUSADA DE ROUBAR MOTOS E FARMÁCIAS NA REGIÃO É PRESA EM TEIXEIRA. FOTOS E DETALHES!

Por volta das 9 horas da manhã deste último sábado,19′ as guarnições comandadas pelo Capitão Lima Filho, recebem uma informação anônima, relatando que um dos indivíduos que praticou o assalto no último dia 15/11, em Teixeira, estaria escondido em uma casa no Bairro dos Três Postes. De imediato, as viaturas foram ao local indicado, e logo avistaram o suspeito.
O mesmo tentou fugir, mas rapidamente, foi contido pelos policiais. Na casa, foi realizada uma busca, mas nada foi encontrado. O meliante de nome Givanilson José da Silva de 22 anos, ao ser indagado sobre o assalto em Teixeira no dia 15/11/2016, confirmou a autoria. Na ocasião, chegou a efetuar um disparo para levar a moto de um senhor no Bairro Água Azul.
Também, acrescentou que realizou o roubo com o apoio de um menor de iniciais (J.S.L) e que a arma utilizada teria caído durante a fuga, em um penhasco, próximo a Pedra do Tendó. Com isso, os militares fizeram uma busca na Serra e localizaram a arma com 5 munições intactas. Ainda, segundo o acusado, o menor morava em Desterro, e se conheceram em Toritama-PE. Logo, as guarnições saíram em diligência e localizaram o adolescente, que também, tentou fugir mas logo foi localizado em um muro próximo a sua residência.
O acusado Givanilson responde por latrocínio em Toritama, entre outros processos. De acordo com algumas vítimas, que procuraram a Polícia Militar, recentemente, e repassaram algumas características de meliantes que praticaram roubos de moto e de farmácias, a dupla é a principal suspeita desses crimes na região. A ocorrência foi encaminhada a Delegacia de Teixeira para as medidas cabíveis.
blog do Pereira

PREFEITOS E DESEMBARGADORES NA FESTA DE INAUGURAÇÃO DO MUSEU DE EDSON MOURA

Com participações dos filhos que assim como ele em sua maioria ingressaram na medicina, Júnior, Michele, Sergio, Caio, o esportista Paulo Moura, a esposa e advogada Márcia, irmãos e outros familiares, o médico Edson Moura viveu uma noite de homenagens no sábado 19, no recanto dos Moura.
Na oportunidade aconteceu a inauguração do Museu que recebeu o seu nome e o lançamento dos Livros Fragmentos de Uma Vida e Casos e Acasos.
Entre os presentes os Desembargadores Bartolomeu Bueno, Alberto Nogueira Virgínio e Claudio Jean Nogueira.
Vários prefeitos compareceram: José Patriota (Afogados), Sebastião Dias (Tabira), Arquimedes Machado e o eleito Adelmo Moura (Itapetim), Sávio Torres (prefeito eleito de Tuparetama), Romério Guimarães (São José do Egito), Eclérinston Ramos (vice eleito de São José do Egito), Giovani Sampaio (vice eleito de Juazeiro do Norte), José Américo (Diretor da Folha de PE), Inaldo Sampaio (jornalista).
Também o Deputado Ricardo Tobaldo, o advogado João Vicente representando o Lyons Clube de Caruaru, Anchieta Ferreira, radialista de Cortês, que fez a homenagem ao pai Edson Moura, Severino Rodrigues de Moura, entre outras personalidades como empresários e comerciantes de Afogados e Tabira.(Por Anchieta Santos, com fotos de Cláudio Gomes e postagem Blog do Nill Júnior)

Banco do Brasil anuncia plano para fechar 781 agências em todo o país

 
O Banco do Brasil (BB) vai anunciar, em coletiva de imprensa, nesta segunda-feira (21) um plano de reestruturação da instituição que reduzirá o número de agências e oferecerá um plano de aposentadoria incentivada para até 18 mil funcionários.
Estimativas obtidas pelo Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, apontam uma economia total de, aproximadamente, R$ 2,7 bilhões em 2017 somando a redução da estrutura física, corporativa e de pessoal, no caso de a adesão ao incentivo da aposentadoria antecipada chegue a 10 mil funcionários.
Segundo comunicado ao mercado divulgado no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o BB fechará 402 agências em todo o País e transformará outras 379 em postos de atendimento ao longo do próximo ano.
A economia anual com o enxugamento da estrutura é estimada pelo BB em R$ 750 milhões, sendo R$ 450 milhões da nova estrutura organizacional e R$ 300 milhões de redução de gastos com transporte de valores, segurança, locação e condomínios, manutenção de imóveis, entre outras despesas. Atualmente, o BB conta com 5.430 agências e 1.791 postos de atendimento.
Reorganização
O banco também fechará 28 superintendências regionais de varejo e três de governo de um total de 140. Em comunicado ao mercado, o BB informou que haverá revisão e redimensionamento da estrutura organizacional em todos os níveis: direção geral, superintendências, órgãos regionais e agências.
Em relação às agências, o BB afirmou que a rede "será reorganizada de forma a adequar-se ao novo perfil e comportamento dos clientes, com o aproveitamento de sinergias, a otimização de estruturas e a ampliação de serviços digitais, sem comprometer a presença do BB nos municípios em que atua". Serão criados 34 escritórios digitais e ampliados os 12 que já existem. Além disso, o BB disse que não vai fechar agências em municípios onde só o banco atua.
Aposentadoria
Aos funcionários, o banco oferecerá um plano de incentivos para até 18 mil empregados aposentarem-se antecipadamente. Os servidores que aderirem ao plano receberão 12 salários mais indenização pelo tempo de serviço, que vai de um a três salários.
Além disso, o BB ainda ampliará o número de funcionários com jornada de seis horas de trabalho. A expectativa é que seis mil funcionários gradativamente troquem a jornada de oito para a de seis horas. Após essa mudança, somente os cargos gerenciais ficarão com jornada de oito horas.
O BB conta atualmente com 109.159 funcionários. Tanto o plano de aposentadoria como a redução de jornada são voluntários.