Mostrando postagens de Janeiro 7, 2017Mostrar tudo

Ministro viabilizará R$ 35 milhões, para construção do terminal de passageiros do aeroporto de Serra Talhada

De passagem, ontem (06), pelo Recife, o ministro dos Transportes, Portos e Aviação, Maurício Quintela, confirmou para o secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, que assina, até o final de janeiro, a ordem de serviço, no valor de R$ 35 milhões, para construção do terminal de passageiros do aeroporto de Serra Talhada, que passará a ter voos domésticos da Azul Linhas Aéreas. Também assina A autorização para duplicação da BR-101 no trecho entre Palmares até a divisa do Estado de Alagoas.
“Os recursos já estão assegurados e o ministro marcará apenas a data”, disse Oliveira, adiantando que o governador Paulo Câmara recebeu com entusiasmo a boa-nova trazida pelo ministro.
Via Blog do Magno Martins

Cada detento custa em média R$ 1,2 mil por mês em Pernambuco

RondaJC
Por mês, cada um dos cerca de 30 mil detentos do sistema prisional de Pernambuco custa, em média, R$ 1,2 mil para os cofres públicos. O valor é cerca de três vezes menor que o pago no Amazonas, onde foi registrado, no início da semana, uma rebelião e um massacre que resultou na morte de 56 detentos.
“Hoje pagamos 1.200 reais por preso. Disso aí para menos, porque temos uma população carcerária muito grande. E por que temos uma população carcerária muito grande? Porque nós prendemos bandidos”, afirmou o secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico, em entrevista ao programa Por Dentro com Cardinot, da TV Jornal.
Ainda segundo o secretário, não há possibilidade de o sistema carcerário de Pernambuco ser terceirizado. Eurico afirmou que já houve uma proposta, mas que um custo é muito alto e não foi aceita.
Denúncias
Relatório do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura, órgão federal ligado à Secretaria Nacional de Direitos Humanos, apontou que o Complexo Prisional do Curado, na Zona Oeste do Recife, (um dos mais populosos da América Latina) é dominado pelos detentos. Segundo a denúncia encaminhada ao Governo do Estado, há um agente penitenciário para cada 30 presos, quando o ideal seria que cada agente cuidasse de no máximo cinco detentos. O relatório denuncia que os agentes penitenciários têm acesso restrito dentro dos presídios, limitando-se praticamente a só entrar na área administrativa. Atualmente há mais de sete mil presos no complexo prisional, em um espaço onde só cabem pouco mais de 1.800.
O domínio é tão grande que muitos dos criminosos, mesmo atrás das grades, continuam liderando quadrilhas envolvidas com tráfico de drogas e homicídios. No final do mês passado, a polícia civil desarticulou pelo menos três grupos.
Relatório divulgado no mês passado pela Corte Interamericana de Direitos Humanos, órgão ligado à Organização dos Estados Americanos (OEA) apontou várias outras denúncias, como superlotação e falta de assistência à saúde dos presos. Cenas de tortura e violência também são comuns, segundo o relatório.
Mortes
Pernambuco foi o segundo estado com o maior número de mortes de detentos no ano passado. Oficialmente foram 43 assassinatos dentro dos muros dos presídios. O estado só perdeu para o Ceará que registrou 50 mortes.

Pernambuco registrou 34 mortes por raios entre 2000 e 2015

Os municípios de Pernambuco registraram 34 mortes por raios entre os anos de 2000 e 2015, de acordo com dados da Rede Brasileira de Detecção de Descargas Atmosféricas, operada pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Inpe.
Segundo o órgão, foram registradas quatro vítimas fatais em Tracunhaém, na Zona da Mata Norte, três em São João, no Agreste, dois em São Joaquim do Monte, também no Agreste, um na ilha de Itamaracá, no Grande Recife, um em Petrolina, no Sertão, e outros casos pontuais em municípios da Zona da Mata e Interior.
Em novembro de 2014, um idoso de 70 anos morreu atingido por um raio em Paranatama, no Agreste. Ele estava conversando com parentes encostado na janela de sua residência quando foi atingido. No ano de 2015, informações preliminares apontam que foi registrada apenas uma morte no Estado, no município de Buíque, no Agreste. Em 2016, não foram feitos registros de mortes por raios pelo Elat em Pernambuco.
O órgão também fez um levantamento da quantidade de ocorrências de raios nuvem-solo nas cidades mais populosas, nos anos de 2015 e 2016. Em 2015, foram registrados 90 no Recife, 240 em Jaboatão dos Guararapes, nenhum em Olinda, 315 em Caruaru, 8.190 em Petrolina e 15 em Paulista.
Em 2016, não foram registrados raios nestas cidades. A incidência média de raios por ano em Pernambuco é de 130 mil raios, ainda segundo o Elat.
Mulher atingida por raio em São Paulo
Na última segunda-feira (2), a imagem de uma jovem de 24 anos sendo atingida por um raio na Praia do Sonho, no litoral de Sâo Paulo, chocou o País. Ela caminhava pela areia quando foi atingida pela descarga elétrica na cabeça. No momento, chovia na praia.
Do NE10

Umbuzeiros morrem com a seca e safra do umbu é afetada no Sertão de PE

Um dos símbolos de resistência à seca é o umbuzeiro. Entretanto, em decorrência da longa estiagem no Sertão pernambucano, as árvores estão morrendo e as que sobrevivem, não conseguem dar frutos. Com isso, está cada vez mais difícil encontrar o umbu e sobreviver da renda dessa cultura.
Essa deveria ser a época da safra do umbu, mas as árvores não estão dando o fruto, uma preocupação para quem depende da cultura para sobreviver. “Eu fazia o picolé, a polpa e a umbuzada, mas infelizmente não tô conseguindo achar mais o umbu, está muito difícil. Nessa época a gente já achava umbu e infelizmente não estou encontrando mais. Não tinha passado ainda por uma condição dessa ainda. Está difícil trabalhar com isso agora”, revela a agricultora Edlaneide Vitor da Silva.
O umbuzeiro consegue armazenar até mil litros de água debaixo da terra, em uma estrutura chamada popularmente de batata, mas muitas estão com a reserva seca, o que causa a morte dos umbuzeiros.Um levantamento feito pela embrapa revelou que em algumas regiões do nordeste de cada quatro umbuzeiros apenas um consegue sobreviver.
Há 5 anos em sítio em Santa Maria da Boa Vista existiam cerca de 40 árvores, hoje restam 15 e algumas só começaram a florir agora. “A floração do umbuzeiro está extremamente atrasada na nossa região. A planta florindo agora, ela vai começar a frutificar no período de fevereiro, mas os frutos podem ser extremamente prejudicados pela falta de chuva que ocorreu nos últimos anos na nossa região”, explica o agrônomo e especialista em plantas da caatinga, Pedro Ximenes.
O agricultor José Expedito Almeida disse que é grande a tristeza com a morte das árvores. “Eu me sinto muito triste e até mesmo porque se a gente vê que é uma árvore que é típica da caatinga e que é resistente está morrendo, imagine para nós, ser humano, futuramente, se Deus não mandar a chuva. Como será a nossa situação? Se ela que é resistente está morrendo, imagine nós, ser humanos, como ficará no futuro?” questiona. (G1)

Triunfo: Pai, mãe e filho foram assassinados a facadas; suspeito confessou o crime

Um homem foi preso na quinta-feira (5) suspeito de matar três pessoas de uma mesma família na zona rural de Triunfo, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, ele foi encontrado em uma igreja onde estava sendo realizada uma missa. Ao G1, a delegada Andreza Gregório informou que o crime teve motivação financeira. “Encontramos documentos que nos deu a entender que o homem cometeu o crime para ficar com o terreno da família, que é próximo ao dele”, detalhou.
O corpo da aposentada de 58 anos foi encontrado no sábado (31), enquanto o do filho dela, de 35, foi localizado na segunda-feira (2) enterrado em uma cacimba. O corpo do marido da aposentada, de 60 anos, foi encontrado na tarde da quinta (5) em uma fossa. A polícia considerava ele foragido e suspeito do crime. Vítimas foram mortas a facadas.
Segundo a delegada, também havia a suspeita de que o vizinho teria cometido os assassinatos.
“Um parente da família, que é policial militar, foi quem ajudou a encontrar o corpo do idoso [marido da aposentada e pai da outra vítima]”, explicou. A terceira vítima estava enterrada próximo da casa onde o suspeito morava. “O suspeito pretendia ficar com a propriedade que pertencia às vítimas. Ele ainda não foi levado [para nenhuma unidade prisional], aguarda audiência de custódia e deve ser indiciado por ocultação de cadáver”, disse a delegada Andreza. O vizinho da família confessou o crime.

Nova pulseira avisa se você já bebeu demais

Se você é uma daquelas pessoas que perde o controle e acaba bebendo mais do que deveria, precisa conhecer uma pulseira apresentada durante a CES, maior evento de tecnologia do mundo que acontece até o próximo dia 8, em Las Vegas. Chamado Proof, o vestível, da startups Milo Sensors, lê moléculas de álcool na pele do usuário para alertar quando a pessoa passar dos limites por meio de um aplicativo.
Segundo entrevista da empresa concedida ao site de tecnologia Mashable, a Proof é extremamente discreta. Muito parecida com outras pulseiras conectadas disponíveis no mercado, só é preciso acessar o app no smartphone para checar o nível de álcool. De acordo com a empresa, o vestível usa sensores eletroquímicos baseados em enzimas que convertem álcool consumido em corrente elétrica. Assim, fica possível detectar o nível de álcool no sangue de maneira instantânea.
Além do relatório em tempo real sobre nível de álcool, a pulseira também conta com outros interessantes recursos. É possível saber, por exemplo, quanto tempo falta para ficar sóbrio e ainda estima o quão bêbado você vai ficar durante à noite.