PREFEITURA

xxxxxxxxxxxx

MEC divulga hoje resultado da primeira chamada do ProUni

O Ministério da Educação (MEC) divulga hoje (06) o resultado da primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni). Os candidatos pré-selecionados têm até o próximo dia 13 para apresentar à instituição de ensino os documentos que comprovem as informações prestadas na ficha de inscrição.
A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará, automaticamente, a reprovação do candidato. Os resultados estarão disponíveis na página do ProUni, na Central de Atendimento, pelo telefone 0800-616161, e nas instituições de ensino participantes do programa.
O resultado da segunda chamada será divulgado no dia 20 de fevereiro. Aqueles que não forem selecionados ainda terão a chance de participar da lista de espera nos dias 7 e 8 de março. O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação em instituições privadas de educação superior de todo o país. A seleção dos candidatos é feita com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
Bolsas: Neste processo seletivo, são oferecidas 214.110 bolsas de estudo, número que representa crescimento de 5% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram ofertadas 203.602 bolsas.
Do total de bolsas ofertadas, 103.719 são integrais e 110.391 parciais — o governo federal cobre 50% da mensalidade. Para acesso ao processo seletivo, na página eletrônica do programa, o candidato deve informar o número de inscrição e a senha usados no Enem. É possível escolher até duas opções de curso, por ordem de preferência.
As inscrições terminaram na última sexta-feira (03). Até às 14h do último dia de inscrição, segundo o MEC, o ProUni registrou 1.380.026 inscritos e 2.666.825 inscrições – uma vez que os candidatos podem fazer até duas opções de curso.
Podem concorrer às bolsas os estudantes que fizeram o Enem, não zeraram a redação e alcançaram o mínimo de 450 pontos nas provas. Em 2016, 6,1 milhões de estudantes fizeram o exame. Os candidatos também não podem ter diploma de curso superior
Além disso, devem ter cursado o ensino médio em escola pública ou, na condição de bolsista integral, na rede particular e comprovar renda familiar de até um salário mínimo e meio para a bolsa integral e de até três salários mínimos para a parcial. Também podem participar pessoas com deficiência e professores da rede pública que integrem o quadro permanente da instituição de ensino.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

PRF já tem edital pronto para 1.300 vagas e salário de R$ 9,4 mil

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) já encaminhou solicitação para abertura de concurso público para 1.300 vagas para policial rodoviário.
O novo pedido com 200 oportunidades a menos já está com o Ministério da Justiça, que deve encaminhar resposta final até 31 de maio para o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG).
A PRF já está com o edital pronto aguardando apenas as autorizações dos dois ministérios e já consta o novo salário inicial de R$ 9.491,98. As 1.300 vagas exigem nível Superior em qualquer área de formação e carteira de habilitação a partir da categoria “B”.
Polícia Federal deve sair edital a qualquer momento
Já a Polícia Federal (PF) já tem autorização para liberar edital a qualquer momento.
PF tem como objetivo oferecer, no decorrer de 2017, 1.758 vagas para preenchimento em seu quadro de pessoal. Destas, 1.200 são para o novo concurso anunciado de escrivão e agente, com 600 vagas cada, e 558 são para a seleção já em planejamento, com 491 postos para delegado e 67 para perito. (Via: Diário do Nordeste)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

MPPE cobra concurso público para ampliar o quadro de agentes penitenciários

Uma ação da Promotoria de Defesa do Patrimônio do Ministério Público de Pernambuco cobra desde o ano passado, na Justiça, concurso público para ampliar o quadro de agentes penitenciários. A promotora Lucila Varejão aponta a necessidade de seis mil agentes, considerando parâmetros do Conselho Nacional de Justiça. De acordo com o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, João Carvalho, são necessários quatro mil ao menos.
"Hoje somos 1.500 para 23 unidades e 47 cadeias públicas. Temos plantões com cinco agentes tomando conta de até dois mil presos", reclama. Além de cuidar das demandas internas, os profissionais respondem também pelas externas, custodiando presos em hospitais e audiências. A entidade exige o concurso, fruto de um acordo do Estado assinado com a classe há um ano, assim como a correção do salário, de R$ 3.200 para R$ 3.900. Houve passeata na última sexta-feira e está marcada assembleia para o dia (21).
Segundo Carvalho, as audiências de custódia, nas quais os detidos pela polícia são apresentados a um juiz, ajudaram, nos últimos meses, a diminuir o ingresso nos presídios, mas a superpopulação permanece. Além de presos portando celulares e facões, há fugas, rebeliões e agressões entre presos. De acordo com o Sindicato dos Agentes, foram pouco mais de 30 detentos assassinatos no ano passado e dois nesse início de 2017, com um agente ferido.
Carvalho aprova a iniciativa do TCE de fazer uma auditoria no sistema. "É importante esse acompanhamento. Acabou de ser criado o Fundo Estadual Penitenciário e o Estado está recebendo recursos federais. Em anos anteriores, segundo ele, o Estado devolveu repasse por não ter contrapartida para os convênios. Além disso, os auditores podem verificar se valores destinados a determinadas ações são de fato nelas aplicados".
Na última avaliação do Conselho Nacional do Ministério Público, o sistema prisional de Pernambuco liderava a superlotação no Nordeste, com ocupação de 305% em suas cadeias masculinas. Havia em 2015 nada menos que 27.244 homens em unidades com capacidade três vezes menor. Nas femininas, promotores encontraram 1.696 detentas quando só caberiam 689 (lotação de 246%). O relatório aponta ainda insuficiência de camas e colchões. Só três das 77 unidades visitadas forneciam material de higiene.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Em Pernambuco foram onze assaltos a ônibus por dia e 1.916 investidas em 2016. Motoristas ameaçam parar no Carnaval 2017

JC/Trânsito
Foram quase 2 mil assaltos a ônibus em 2016 e somente no primeiro mês de 2017 já são 345 investidas. Ou seja, uma média de 11 assaltos por dia e um aumento de 97,2% nos casos comparando o mês de janeiro deste ano com o de 2016. Não dá mais. A violência no transporte coletivo chegou ao limite e são os próprios operadores do sistema que estão gritando. Pedem um pouco de sensibilidade por parte do governador Paulo Câmara e da Segurança Pública do Estado.
Juntaram-se à população que usa o sistema diariamente – 2,5 milhões de pessoas – para exigir providências do governo. E ameaçam: se a segurança no transporte coletivo não for garantida pelo governo de Pernambuco, motoristas, cobradores e fiscais vão deixar de rodar no Carnaval, prejudicando ainda mais a população e comprometendo a folia e a imagem do Estado na época em que mais turistas o escolhem como destino. O prazo final é na semana que vem. Caso não seja dada nenhuma sinalização, uma assembleia da categoria será convocada para votar a paralisação.
Os números apresentados pelo Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco são impressionantes e justificam a decisão de parar: 1.916 assaltos em 2016, enquanto a Secretaria de Defesa Social (SDS) divulgou apenas 1.222 investidas. Em 2013, foram 1.113 assaltos; em 2014, 1.471; e em 2015, 1.890 investidas. Somente numa comparação com os últimos três meses de janeiro, os assaltos cresceram quase 100%. De 2015 para 2016, o aumento foi de 23,2%. Mas de 2016 para 2017 cresceu 97,2%. “Não tem mais condição de trabalhar assim. Os profissionais estão adoecendo, em pânico, esperando a morte. E pelos números crescentes, vemos que nada vem sendo feito desde 2013. A situação piorou demais em 2015 e ainda mais do ano passado para cá. Por isso, se nada for feito, vamos parar sim e a população ficará sem transporte no Carnaval”, atacou o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Benício Custódio, durante coletiva nesta sexta-feira (03).
O presidente argumenta que protocolou diversos ofícios ao governador Paulo Câmara, ao comando da Polícia Militar, da Polícia Civil e a diversos órgãos da Prefeitura de Olinda, onde a violência contra o transporte coletivo aumentou demais. “Relatamos o crescente número de assaltos e avisamos que, diante dessa situação, os rodoviários estão autorizados a fazer uso de direitos constitucionais que permitem se recusarem a trabalhar por correr risco de morte”, diz Benício Custódio. No documento enviado às autoridades são citados o Artigo 7º da Constituição Federal, o Artigo 483 da CLT e a Norma Regulamentadora número 9 do Ministério do Trabalho e Emprego. De forma geral, todas determinam que o trabalhador tem direito à redução dos riscos inerentes ao trabalho e que o empregador é responsável por isso.
Os rodoviários também alegam o prejuízo psicológico dos profissionais do transporte, que têm trabalhado sobre pressão e, quando sofrem diretamente com a violência, não têm seus direitos garantidos pelos empregadores. “As empresas estão descumprindo as regras da Previdência Social e encaminhando o trabalhador doente, abalado psicologicamente, para o INSS como doença comum, na tentativa de escapar de garantir a estabilidade do trabalhador. Isso é um absurdo. Onde vamos parar?”, indagou.
A cobradora Ângela Maria Vieira, de 53 anos, participou da coletiva para reforçar o sentimento de pânico de todos que vivem o transporte coletivo. No último domingo (29), quando largava do trabalho na linha Rio Doce-CDU, foi atingida pelos estilhaços do vidro quebrado por uma pedra lançada por supostos assaltantes. “Levei diversos pontos e estou em pânico quando penso em voltar a trabalhar. Está muito difícil. O governo precisa fazer algo por nós”, disse. O marido da cobradora, que estava no mesmo ônibus, também se feriu. Era mais um passageiro no coletivo. Com a palavra, o governo de Pernambuco

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Justiça dá isenção de IPVA a deficiente que não dirige

A juíza Alexandra Fuchs de Araújo, da 6ª Vara da Fazenda Pública Central de São Paulo, garantiu ao pai de uma criança, portadora de deficiência mental grave, o direito de adquirir carro com isenção de IPVA.
De acordo com a decisão, em mandado de segurança, ‘há flagrante discriminação, quanto ao benefício, aos portadores de deficiência sem idade para dirigir ou impossibilitados de fazê-lo’.
As informações foram divulgadas pela Assessoria de Comunicação Social do TJ – processo nº 1046851-62.2016.8.260053. Cabe recurso da decisão.
A criança é menor incapaz, portadora de deficiência mental grave e paralisia cerebral, sendo dependente de terceiros para sua sobrevivência e demais atividades diárias.
Na decisão, a magistrada explica que as normas federais que disciplinam a isenção tributária aos portadores de deficiência não elencam diferenças entre eles, mas a legislação estadual assim o fez.
“Verifica-se o total descompasso de tais normas com a Constituição Federal, o fisco estadual concede a benesse de isenção do IPVA aos motoristas portadores de deficiência, mas não àqueles que não o são e sequer possuem condições de um dia, quiçá, dirigir um veículo.”
Alexandra Fuchs de Araújo decidiu que a escolha do automóvel, de fabricação nacional, caberá ao representante legal do impetrante da ação e a isenção deverá atingir somente um veículo.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Mototaxista reage a assalto é baleado e morre dentro de bar de São José do Egito

 
O Policiamento se encontrava realizando rondas ostensivas no centro urbano de São José do Egito, quando tomou conhecimento de que havia ocorrido um homicídio na Av. Quarto Centenária, nº 60, Bairro Industriais. De imediato o policiamento deslocou-se ao local, onde foi confirmada a veracidade do fato. Segundo as testemunhas o fato ocorreu quando 03 (três) elementos não identificados, armados de armas longas (tipo: espingardas), altos, magros e encapuzados, adentraram naquele estabelecimento comercial (prostíbulo) e anunciaram um assalto. Tendo a vítima C. R. G. B. 43 anos, mototaxista, que ali se encontrava bebendo, reagido a aquela ação criminosa e sofrido um tiro fatal à queima roupa de espingarda, logo em seguida ao crime os delituosos fugiram em direção da caatinga, tomando destino ignorado.
A vitima foi socorrida ao hospital local, entretanto não resistiu aos ferimentos, ocorrendo seu falecimento. As guarnições táticas (ordinárias e especializadas) realizaram diligências com intuito de localizar os criminosos, mas não foi obtido êxito. Salienta-se ainda que o local do fato situa-se distante das imediações periféricas e urbanas da cidade. E segundo ainda testemunhas, os meliantes estavam a pé quando realizaram o ato criminoso. Como também não concluíram a prática de roubo, haja vista terem fugido do setor após cometerem o homicídio. A ocorrência foi entregue a Delegacia de Polícia de São José do Egito-PE a fim de serem adotadas as providências investigativas e processuais cabíveis.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Corpo de homem com faca encravada no pescoço é encontrado em São José do Belmonte, no Sertão de PE

No inicio da noite deste sábado dia (04), por volta das 18:20, populares encontraram um corpo, já com mal cheiro, na Rua João Pedro Xavier, nº 50, Vila Delmiro, na cidade de São José do Belmonte, Sertão de Pernambuco.
Segundo a Policia Militar, a vítima foi identificada como Arnaldo Acilon da Silva. Quando os policiais chegaram no endereço, encontraram o corpo da vítima no chão do quarto, com uma faca encravada no pescoço, pelo mal cheiro, provavelmente a vítima foi assassinada dias atrás. A companheira de Acilon não foi localizada. O local foi isolado pela PM e a ocorrência repassada para a Polícia Civil para maiores investigações. (Via: Portal Nayn Neto)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Boletim de ocorrências registradas na área do 23º BPM, no dia 05 de fevereiro 2017.

C-99 (TENTATIVA DE ROUBO)
Município : São José do Egito-PE.
Local : PE-275, São José do Egito – PE.
Data/Hora : 051645FEV2017.
Imputado : V. B. de S., 23 anos, solteiro, servente.
Endereço : Loteamento Cassiano, São José do Egito-PE.
Vítima : E. C. F., 29 anos, amasiada, agricultora.
Endereço : PE 275, São José do Egito – PE.
Resumo : A guarnição ordinária foi informada que no prostíbulo “Corujão Drinks Bar” havia ocorrido uma tentativa de roubo. Chegando ao local a vítima (companheira do proprietário do estabelecimento) relatou que o imputado adentrou no recinto, pegou-a pelo braço e de posse de um punhal anunciou o assalto, exigindo que a vítima lhe entregasse dinheiro. Porém a vítima conseguiu se soltar e correu, em seguida o imputado se evadiu. Após diligências, o acusado foi localizado e reconhecido pela vítima, no entanto o referido punhal não foi encontrado. Diante dos fatos as partes foram encaminhadas a delegacia de plantão em Afogados da Ingazeira para as providências legais cabíveis.
__________________________________________________________________________________
B-03 (AGRESSÃO) B-02 (AMEAÇA) B-99 (PORTE DE ARMA BRANCA) C-14 (DANO)
Município : Afogados da Ingazeira-PE.
Local : Vila Bom Jesus, Afogados da Ingazeira-PE.
Data/Hora : 051830FEV2017.
Imputado : J. E. de O. S., 26 anos, amasiado, vendedor.
Endereço : Bairro São Francisco, Afogados da Ingazeira-PE.
Vítima : M. de F. L. S., 58 anos.
Endereço : Vila Bom Jesus, Afogados da Ingazeira-PE.
Resumo : A guarnição ordinária foi acionada pela Central de Operações para se deslocar ao endereço citado a fim de averiguar uma ocorrência de agressão. Chegando ao local o imputado foi encontrado com sinais de embriaguez alcoólica portando um facão e com as mãos feridas. A vítima relatou que se encontrava sentada na calçada de sua residência quando o imputado sem motivo aparente começou a lhe agredir com socos e empurrões. Diante do exposto, as partes foram conduzidas a delegacia local para adoção das medidas cabíveis. A arma branca foi apreendida e passada a disposição daquela repartição policial.
__________________________________________________________________________________
D-06 (PERTURBAÇÃO DO SOSSEGO)
Município : São José do Egito-PE.
Local : Alto do Cemitério, São José do Egito – PE.
Data/Hora : 052100FEV2017.
Imputada : M. M. G. B., 54 anos, viúva, pensionista.
Endereço : Alto do Cemitério, São José do Egito – PE.
Vítima : E. P. B., 17 anos, amasiada, desocupada.
Endereço : Alto do Cemitério, São José do Egito – PE.
Resumo : A equipe do GATI foi acionada pela 3ª CPM informando sobre uma confusão no Alto do Cemitério. Chegando ao local a vítima relatou que a imputada teria batido na porta de sua casa com uma chave de fenda e iniciado uma discussão entre as partes. As envolvidas foram encaminhadas a delegacia local para as providências cabíveis. A chave de fenda supramencionada não foi localizada.
________________________________________________________________________________
C-04 (FURTO A ESTABELECIMENTO COMERCIAL)
Município : Afogados da Ingazeira-PE.
Local : Bairro Pe. P. Pereira, Afogados da Ingazeira-PE.
Data/Hora : 052320FEV2017.
Imputado-1 : J. L. da S., 28 anos, solteiro, servente de pedreiro.
Endereço : Bairro Pe. Pedro Pereira, Afogados da Ingazeira-PE.
Imputado-2 : E. C., 15 anos, solteiro, desocupado.
Endereço : Bairro Pe. Pedro Pereira, Afogados da Ingazeira-PE.
Vítima : C. A. M. da S., 39 anos, casado, autônomo.
Endereço : Bairro São Braz, Afogados da Ingazeira-PE.
Resumo : A guarnição ordinária foi solicitada por um popular informando sobre um furto ocorrido num depósito vizinho ao seu estabelecimento comercial “7 Mares Aquáticos”. A testemunha relatou que foi ao seu comércio realizar uma inspeção de rotina quando flagrou os imputados supracitados furtando alguns produtos do referido depósito, os acusados haviam arrombado uma porta de vidro com um ferro. Quando da chegada do policiamento os imputados empreenderam fuga, mas foram acompanhados e detidos com os produtos do furto, a saber: 4 (quatro) litros de Vodca Nordoff, 16 (desesseis) litros de detergente e 8 (oito) litros de desinfetante, foi encontrado ainda com os envolvidos uma faca peixeira. Eles afirmaram que iriam fazer uso da bebida alcoólica e que os produtos de limpeza iriam vender. Salienta-se ainda que o imputado-2 reagiu a prisão e teve que ser contido. Os acusados foram conduzidos a delegacia local para confecção do Auto de Prisão em Flagrante para o imputado-1 e BOC para o imputado-2 (menor de idade). A vítima foi localizada durante o registro do B.O.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Cresce no país número de municípios que dependem mais do Bolsa Família

A queda nas transferências federais tem deixado os municípios cada vez mais dependentes do Bolsa Família. De 2008 para cá, a proporção de recursos do programa social em relação ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM) - principal fonte de renda das prefeituras - subiu de 25% para 40%, segundo levantamento feito pelo ‘Estadão Dados’.
Em várias cidades, no entanto, esse porcentual supera os 100%, como é o caso de Icó (CE) e Riachão das Neves (BA). Em oito anos, o número de municípios nessa situação - onde a renda do Bolsa Família passou a bater o FPM - subiu de 7 para 187. O repasse do Bolsa Família - criado em 2003 no governo Lula - é feito diretamente para a população, enquanto o FPM vai para a conta das prefeituras para custear despesas e fazer investimentos em serviços públicos e infraestrutura local.
Entre 2008 e novembro de 2016, a renda do Bolsa Família cresceu 140% (de R$ 10 bilhões para R$ 26 bilhões) enquanto o FPM subiu 53% (de R$ 42 bilhões para R$ 64 bilhões), segundo o levantamento do Estadão Dados. “Esse quadro é pernicioso para a gestão”, afirma o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski.
Segundo ele, apesar de o programa social ser bem-vindo para a população carente, o dinheiro pouco se reverte em impostos para as prefeituras. Isso porque os beneficiários gastam o dinheiro em estabelecimentos pequenos e informais, diz ele. “Nesse cenário, os municípios perdem dos dois lados: com a queda real dos repasses do FPM e com a baixa arrecadação.”

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Organização Mundial da Saúde alerta para risco de febre amarela chegar a países vizinhos do Brasil

Segundo a OMS, Estados próximos à divisa registraram 259 mortes de animais por conta da febre amarela. Foto: Shutterstock
Registros da doença em Estados próximos à fronteira “representam um risco de circulação do vírus até esses países”, segundo boletim da organização
Do IG
A Organização Mundial da Saúde (OMS) fez um alerta para o risco de países vizinhos ao Brasil apresentarem casos de febre amarela. A ocorrência da doença em animais em Roraima, que faz fronteira com a Venezuela; em Mato Grosso do Sul, vizinho da Argentina; e Paraná, próximo a Argentina e Paraguai, “representam um risco de circulação do vírus até esses países, sobretudo nas áreas com o mesmo ecossistema”, segundo boletim divulgado nesta sexta-feira (3).
De acordo com a organização, nesses locais foram notificados casos em primatas não humanos. De um total de 1.202 primatas falecidos, 259 foram confirmados com febre amarela . Além das regiões próximas a fronteira, foram notificados casos em animais em Tocantins, Goiás, Minas Gerais, Bahia, Espirito Santo, São Paulo, Rio Grande do Norte e Distrito Federal.
A OMS, no entanto, afirma que até a última quinta-feira (2), foram confirmados apenas casos em humanos no Brasil. Colômbia e Peru registraram possíveis casos. No Brasil, segundo o órgão, foram notificados 901 casos entre 1º de dezembro de 2016 e 2 de fevereiro. Destes, 151 foram confirmados e 42 descartados. Os demais 708 casos suspeitos seguem em investigação.
A OMS recomenda que continuem os esforços para detectar, confirmar e tratar adequada e oportunamente os casos da doença. Recomenda ainda que os países mantenham os profissionais de saúde atualizados e capacitados para detectar e tratar os casos. “A medida mais importante de prevenção da febre amarela é a vacinação”, diz o boletim.
Desde o início do ano, 7,5 milhões de doses extra da vacina foram enviadas para o Estado de Minas Gerais, que registrou os primeiros casos da infecção este mês, e municípios de Espírito Santo, Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo que estão próximos à divisa. Segundo a OMS, apenas uma dose da vacina já é suficiente para proteção por toda vida. No Brasil, porém, é aplicada uma dose aos nove meses de idade e um reforço aos quatro anos nos municípios dentro da chamada “área de risco”.
Pessoas acima de cinco anos que não tomaram a vacina podem procurar um posto de saúde para tomar a primeira dose. O reforço é aplicado dez anos depois. Já quem perdeu o cartão de vacinação e não lembra se tomou a vacina corretamente pode procurar o serviço de saúde que costuma frequentar para tentar resgatar o histórico. Caso não consiga descobrir se tomou ou não o imunizante contra a febre amarela, deve iniciar o esquema normalmente.
* Com informações da Agência Brasil.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Pernambucano é preso sob a acusação de envolvimento nos assaltos aos bancos de Missão Velha, no Sertão do CE

Um homem foi preso por volta das 14:30 deste sábado dia (04), sob acusação de envolvimento nos assaltos contra o Bradesco e Banco do Brasil na madrugada da última sexta-feira dia (03), em Missão Velha, no Sertão do Ceará. Outro suspeito foi detido para averiguação na mesma região, na zona rural entre os municípios de Jardim e Missão Velha.
O vigilante Nadeilson Wisardi dos Santos, de 35 anos, e já trabalhou, também, como mototaxista quando residiu na Rua Monsenhor Ombrosino Leite (Bairro Nossa Senhora das Graças), na cidade de Salgueiro, no Sertão de Pernambuco.
O acusado é filho de um sargento da reserva em Pernambuco e, segundo o Coronel Paulo Herman, Comandante do 2º BPM, seria um dos cabeças do bando que fechou as rodovias de acesso a Missão Velha, atirou contra policiais, destruiu as agências do Bradesco e Banco do Brasil no centro de Missão Velha e roubou cerca de R$ 700 mil. Nadeilson responde procedimentos perante as comarcas de Salgueiro e São Caetano, sendo que, nesta última é condenado por tráfico de drogas juntamente com outros três comparsas.
Já o jovem detido mora no Sítio Banco de Areia em Missão Velha, mas se apresentou como refém da quadrilha que o teria obrigado a guardar as armas em sua casa dentro do plano de fuga. Inclusive, familiares e amigos o apontaram como uma pessoa que jamais se envolveu com o crime. Existem informações que os assaltantes não chegaram a roubar dinheiro do Bradesco, apenas do Banco do Brasil, e que foi abandonado no interior do veículo Trailblazer de cor branca.
a polícia está cada vez mais convencida que o bando tem origem do estado de Pernambuco e a rota de fuga seria por estradas vicinais de Porteiras, Jardim e Cedro-PE, na direção de Salgueiro.
Outro detalhe seria o desconhecimento de uma base da CIOPAER com um helicóptero disponível já que fecharam a rodovia com carretas e soltaram grampos na estrada esquecendo o sobrevôo da aeronave. Além disso, a ideia geral é que a quadrilha imaginava ter muito mais dinheiro nos caixas automáticos. (Por Demontier Tenório - Site Miséria)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...