Mostrando postagens de Março 30, 2017Mostrar tudo

Deputados cristãos, "Católicos e Evangélicos" confrontam MEC por “diversidade de gênero” nos livros escolares

Bancada evangélica reclamam que a inclusão desses temas como política pública deveriam passar pelo Congresso.
Finalmente a bancada evangélica se posicionou com clareza sobre as repetidas denúncias de doutrinação nos livros distribuídos pelo Ministério da Educação (MEC). Até recentemente apenas o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC/RJ) mostrava as distorções introduzidas durante o governo Dilma Rousseff.
Através de um ofício do deputado federal Flavinho (PSB/SP), ao ministro Mendonça Filho (DEM), foi pedido que seja retirada das funções de uma de suas diretorias o desenvolvimento de “programas e ações sobre diversidade de gênero e orientação sexual”. No entendimento do parlamentar, a inclusão ou não desses temas como política pública deveriam passar pelo Congresso.
Segundo O Globo, Flavinho, em nome da bancada, contestou o decreto do ministério, publicado no Diário Oficial da União em 14 de março, que relata as atribuições de cada secretaria e diretoria do MEC.
O deputado paulista reclama que “A introdução destas terminologias não condiz com o anseio da imensa maioria dos cidadãos”. Portanto, ele sugere “que sejam retirados do decreto supracitado os termos ‘orientação sexual’ e ‘diversidade de gênero’ e aproveito para reafirmar que se o Executivo deseja tratar desta temática que encaminhe ao Congresso Nacional projeto de lei que verse exclusivamente sobre esta temática”.
O desenvolvimento de programas sobre “diversidade de gênero” e “orientação sexual”, não chegam a ser novidade na diretoria do MEC. Os termos já constavam como uma de suas obrigações em regra anterior ao decreto deste mês.
O embate da bancada com o MEC é recorrente. O deputado Flavinho (PSB-SP) é relator do Projeto de Lei 867/2015, mais conhecido como “Escola sem Partido”. O presidente da comissão que analisa a proposta é o deputado Marcos Rogério (DEM/RO), enquanto a vice-presidência ficou com o deputado Pastor Eurico (PHS/PE). Todos são evangélicos.

PF erradica 362 mil pés de maconha plantados como ‘mandioca’ no Sertão de PE

No Sertão de Pernambuco, a operação ‘Baraúna’ da Polícia Federal (PF) erradicou 362 mil pés de maconha nas ilhas do Rio São Francisco que abrange os municípios pernambucanos de Orocó, Cabrobó e Belém do São Francisco. Foram localizados 97 plantios, 159 mil mudas da planta e apreendidas duas toneladas e 100 quilos de maconha pronta para o consumo.
A operação ocorreu entre os dias 15 e 22 de março e contou com 40 policiais entre federais, civis do Distrito Federal e militares do GATI e do Corpo de Bombeiros de Belém do São Francisco. Os policias trabalharam com incursões terrestres, aéreas e fluviais e contaram com o apoio de três aeronaves, além de botes infláveis do Corpo de Bombeiros.
Os plantios foram localizados através de levantamentos feitos pela Polícia Federal. Ninguém foi preso durante a operação.
De acordo com a Polícia Federal, os pés de maconha estavam sendo cultivados com uma plantação de mandioca para dificultar a localização do plantio ilegal de maconha. Ainda segundo a PF, se os 362 mil pés de maconha fossem colhidos e prensados daria para se fazer 120 toneladas de maconha pronta para o consumo.

Inadimplentes e famílias sem condições de pagar contas crescem no país

 
O percentual de famílias com dívidas ou contas em atraso chegou a 23,7% em março deste ano, segundo dados da Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor, divulgada hoje (28), pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A taxa é superior aos 23% de fevereiro deste ano e aos 23,5% de março do ano passado.

Aumenta número de casos de chikungunya em Pernambuco

A Secretaria de Saúde de Pernambuco está investigando possíveis casos renotificação de chikungunya no estado, durante os primeiros meses de 2017. O último boletim epidemiológico divulgado, da 12ª semana do ano, mostra que apesar de, comparado a 2016, haver a diminuição de 97,6% nos casos da doença desde janeiro, houve um aumento de 18% nos registros, com relação ao 11º levantamento, da semana anterior.
A tendência de aumento vinha sendo registrada desde o intervalo entre a 10ª e a 11ª semana, quando houve incremento de 23%. Ao todo, até 25 de março, foram notificados 883 casos de chikungunya, sendo que 190 foram confirmados e 268 descartados. De acordo com a gerente do Programa de Controle das Arboviroses de Pernambuco, Claudenice Pontes,é possível que pacientes que já tiveram chikungunya em outros períodos estejam sentindo sequelas e, nas unidades de saúde, sendo notificados como novos casos da arbovirose.
“Os relatos apontam que os pacientes que tiveram chikungunya adquirem imunidade à doença. O que fica é as sequelas, muitas vezes crônicas. O que pode acontecer é que, sem informação, as pessoas chegam aos postos com os mesmos sintomas de meses atrás e os médicos, sem saber que já houve diagnóstico anterior da doença, notifiquem novamente”, disse Claudenice. De acordo com ela, os números precisam ser investigados antes de avaliados como situação epidemiológica.
Ainda segundo Claudenice, as renotificações são mais comuns em pacientes idosos, já que os sintomas da doença são intensificados. “Estamos alertando os municípios para que seja feita essa checagem prévia nas suspeitas de chikungunya, mas preferimos que seja renotificado do que não notificado de forma alguma. Assim, podemos ter uma ideia mais precisa da situação de contaminação no estado e adotar estratégias mais efetivas”, explicou.
O mês de março é um dos meses mais propícios para a proliferação do Aedes aegypti, vetor da dengue, zika e chikungunya, e, consequentemente, para a transmissão de arboviroses. Para Claudenice Pontes, apesar da diminuição do índice de infestação, é preciso controlar a população doente para que a contaminação não seja sustentada. “O interior das residências é o principal local de proliferação dos mosquitos, porque a população precisa armazenar água e acaba criando ambientes propícios ao aedes”, disse. (G1)

Dois suspeitos de explodir agência bancária em Ipubi são presos em Bodocó

Após bandidos terem explodido uma agência do Banco do Brasil em Ipubi, no Sertão, a polícia conseguiu prender dois suspeitos de envolvimento no caso. A dupla foi encontrada na zona rural de Bodocó com dois carros utilizados durante a fuga. De acordo com a Polícia Militar, as buscas continuam para localização e captura dos outros integrantes da quadrilha.
Durante a madrugada desta quarta, por volta de 2h, cerca de 10 homens invadiram a agência fortemente armados. Os moradores acordaram ao som de, pelo menos, cinco explosões e rajadas de tiros de grosso calibre. Segundo testemunhas, a quadrilha fugiu em carros e motos em direção ao estado do Ceará. A quantia roubada não foi divulgada.
Policiais civis e militares de Ipubi, Araripina e Ouricuri foram acionados para a ocorrência e realizam diligências para tentar prender os suspeitos.

Açude é o retrato da seca em Triunfo

 
A chegada do inverno costuma ser motivo de alegria em Triunfo, no Sertão pernambucano. A cidade, localizada no ponto de maior altitude do Estado, registra temperaturas baixas durante a estação, o que estimula o turismo. Este ano, no entanto, os visitantes não poderão contemplar um dos cartões-postais do município. Isso porque o açude símbolo da cidade está quase seco devido à estiagem que castiga o Sertão nos últimos cinco anos.
Em janeiro e fevereiro, choveu apenas 46% do total esperado na região. A quadra chuvosa é registrada nos quatro primeiros meses do ano. O prognóstico divulgado pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) não é motivo de alívio: em praticamente todo o Estado, as precipitações estão abaixo do esperado para o período de abril a junho.
As chuvas abaixo da média se explicam por um sistema meteorológico chamado Zona de Convergência Intertropical, que atua na região equatorial. “De acordo com a temperatura dos oceanos, ele se desloca para norte ou sul, onde está localizado o Nordeste. Este ano, como as temperaturas ficaram abaixo da média, o sistema não se deslocou tanto para o sul como esperado. Isso se refletiu na quantidade menor de chuva”, explica o meteorologista da Apac, Roberto Pereira.
Dados da Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) dão conta de que 126 dos 185 municípios do Estado estão em situação de emergência devido à seca. A maior parte deles (70) está no Agreste e os outros 56, no Sertão. Ainda segundo o órgão, cerca de 1,5 milhão de pernambucanos são afetados pela falta de chuva.
A estiagem não baixou apenas o nível do açude de Triunfo, que não é monitorado pela Apac. A água acumulada nos reservatórios sertanejos representa apenas 1% da capacidade total, a situação mais desoladora do Estado. Na região, 20 dos 38 reservatórios estão zerados, em colapso total, segundo a Apac. Os outros 18 estão com capacidade abaixo de 10%. Entre os mais críticos estão o Cachimbo, em Parnamirim, Rosário, em Iguaraci, e Saco I, em Serra Talhada. Maior do Estado, o reservatório Engenheiro Francisco Sabóia, em Ibimirim, também está em colapso.
O único reservatório a apresentar um pequeno aumento no nível de água, segundo a Apac, é o de Algodões, localizado em Ouricuri, também no Sertão. A agência não soube informar a percentagem exata de água disponível.
JC

Boletim na íntegra das ocorrências registradas no dia 29 de março 2017.

VIAS DE FATO
Município : Santa Terezinha – PE.
Local : Vila Maria Lica, Santa Terezinha – PE.
Data/Hora : 290600MAR2017.
Imputado-1 : A N do Nascimento, 41 anos, estado civil n/i, carpinteiro.
Endereço : Zona rural, Santa Terezinha – PE.
Imputado-2 : D D de Araújo, 29 anos, amasiado, agricultor.
Endereço : Vila Maria Lica, Santa Terezinha – PE.
Resumo : A GT foi solicitada via ligação telefônica informando sobre uma possível vias de fato. No local, o imputado 2 informou que tinha ido à casa de sua ex-companheira para levar seus dois filhos à escola e o imputado-1 que mora com ela, agrediu-lhe. O imputado-1 informou que pediu para a imputado-2 apagar o cigarro porque tinha criança dentro da casa, fato que gerou discussão e evoluiu para vias de fato. Diante dos fatos, os envolvidos foram conduzidos a DP local para as providências cabíveis.
__________________________________________________________________________________
ENTORPECENTE LOCALIZADO
Município : Tabira – PE.
Local : Cadeia Pública, s/n, João Cordeiro, Tabira – PE.
Data/Hora : 290730MAR2017.
Imputado-1 : J J Junior, 24 anos, estado civil não identificado, detento.
Endereço : Cadeia Pública, s/n, João Cordeiro, Tabira – PE
Resumo : O efetivo de serviço na cadeia de Tabira, ao verificar uma garrafa de café destinada ao imputado acima mencionado, encontrou em sua tampa, 15 gramas de uma substância popularmente conhecida como “maconha” e 01 “big-big” de outra substância com características similares a cocaína.
Não foi possível identificar quem entregou a garrafa. Ao ser questionado, o imputado assumiu que o material entorpecente era destinado a ele. Diante dos fatos a droga apreendida e o imputado foram encaminhados a DP local para as providências cabíveis.
__________________________________________________________________________________
ROUBO A BANCO
Município : Itapetim – PE.
Local : Rua Agamenon Magalhães, s/n, centro, Itapetim – PE.
Data/Hora : 290900MAR2017.
Imputado-1 : Desconhecido.
Endereço : Desconhecido.
Vítima-1 : SICOOB CRED Pajeú.
Endereço : Rua Agamenon Magalhães, s/n, centro, Itapetim – PE.
Resumo : A GT local foi informada por populares que a agência do Banco SICOOB teria sido assaltada. Chegando ao local, foi tomado conhecimento de que 02 (dois) elementos armados com pistola, rederam o vigilante e levaram um revólver da marca Taurus, cal. 38, modelo 058, oxidado, nº BP26760 e 10 (dez) munições intactas de mesmo calibre, pertencente a empresa QSL Segurança Privada EIRELI-ME, nº do SINARM 2008/006619718-70 e nº do registro de arma 002588621. Foi informado também que levaram cerca de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) e em seguida evadiram-se do local com destino ignorado, em uma motocicleta Honda Bros preta, sem placa. O policiamento, juntamente com a equipe Malhas da Lei 23ºBPM, GATI e sob o comando da Cap. Myrelle, realizaram diligências para localizar os acusados, porém, sem êxito. A ocorrência foi encaminhada a DP local para serem tomadas as medidas cabíveis.
_________________________________________________________________________________
PERTURBAÇÃO DO SOSSEGO
Município : Afogados da Ingazeira – PE.
Local : E.E. Cônego João Leite, rua Antônio Rafael de Freitas, Afogados da Ingazeira – PE.
Data/Hora : 291700MAR2017.
Envolvido-1 : G D L Nogueira, 16 anos, solteiro, estudante.
Endereço : Sítio Covoadas, zona rural, Afogados da Ingazeira – PE.
Envolvido-2 : J L F Freitas, 17 anos, solteiro, estudante.
Endereço : Sitio Pau Ferro, zona rural, Afogados da Ingazeira – PE.
Envolvido-3 : L C S de Carvalho, casada, gestora da escola, idade n/i.
Endereço : Centro, Afogados da Ingazeira – PE
Resumo : A GT foi acionada pela Central de Operações para fazer deslocamento até a escola estadual Cônego João Leite, ao chegar no local, a gestora da referida escola relatou que os envolvidos 1 e 2, menores de idade, devidamente vestidos com uniformes escolares, entraram no educandário e ficaram pelos corredores atrapalhando o devido andamento das aulas, abriram a porta da 8º ano tirando a atenção dos estudantes e perturbando o sossego na escola. Os envolvidos não são estudantes matriculados no referido colégio e não foi registrado dano material. Diante dos fatos, os menores foram conduzidos à DP local acompanhados pelos conselheiros tutelares para as medidas cabíveis.
__________________________________________________________________________________
TENTATIVA DE HOMICÍDIO / ROUBO CONTRA TRANSEUNTE
Município : São José do Egito – PE.
Local : Sítio Cipó, zona rural, São José do Egito – PE.
Data/Hora : 291800MAR2017.
Imputado-1 : Desconhecido.
Endereço : Desconhecido.
Vítima-1 : Laura Freitas Nunes, 65 anos aproximadamente, viúva, aposentada.
Endereço : Sítio Cipó, zona rural, São José do Egito – PE.
Vítima-2 : Clécio Ferreira Cacimiro, 46 anos, casado, vaqueiro.
Endereço : Sítio Cipó, Zona Rural, São José do Egito – PE
B.O. Nº : 582/2017.
Resumo : A GT ordinária, juntamente com a equipe do GATI e a GT de Tuparetama, foi informada que no endereço citado havia acontecido um roubo seguido de disparo de arma de fogo.
Chegando ao local, o fato foi confirmado, a vítima 2 relatou que dois elementos em uma motocicleta pararam para pedir informação e sacaram um revólver, anunciando o assalto. Subtraíram um celular e R$ 50,00 (cinqüenta reais) da vítima 2 pedindo ainda, que ela abrisse a porta da residência, momento em que a vítima 1, de dentro da residência, perguntou o que estava acontecendo. Um dos elementos se aproximou da porta, deixando a vítima 2 deitado no chão e apontando a arma para a vítima 1 que estava do outro lado da porta de vidro e pediram para que a mesma abrisse, como a vítima 1 não o fez, um dos elementos disparou e o projétil atravessou o vidro atingindo a vítima 1, em seguida, os elementos evadiram-se do local. A vítima 1 caminhou para os fundos da casa para pedir socorro e a vítima 2 foi pedir ajuda na casa dos irmãos da vítima 1. A vítima 1 foi socorrida por vizinhos ao hospital de Monteiro-PB. A vítima 2 informou ainda que os elementos fugiram em direção Sítio Cachoeira que fica no sentido da cidade Ouro Velho-PB. A ocorrência foi passada à disposição da DP local para serem tomadas as medidas cabíveis.