Mostrando postagens de Maio 22, 2017Mostrar tudo

Bandidos assaltam caminhões dos Correios e fazem motoristas reféns, informa Polícia Federal em PE

A Polícia Federal em Pernambuco informou, na manhã desta segunda-feira (22), que dois caminhões dos Correios assaltados foram localizados nas imediações da Rodovia BR-101 Norte, em Itapissuma, no Grande Recife. De acordo com a PF, durante a ação, os bandidos fizeram os motoristas reféns e levaram parte da carga de um dos veículos.
Os veículos, segundo a PF, foram encontrados às 5h desta segunda, na localidade de Botafogo. Os condutores revelaram ter sido amarrados e liberados depois da retirada da carga. Os caminhões transportavam encomendas, que serão alvo de levantamento feito pelos Correios, segundo a PF. Nas caixas, havia carnês de Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).
Acionada, a Polícia Militar chegou ao local para fazer a guarda dos caminhões, que se encontram em uma estrada vicinal de acesso à Rodovia BR-101, no sentido Paraíba-Pernambuco.Os veículos seguiam para Natal (RN). (Via: G1 PE)

UFPE abre nesta segunda inscrição para seleção extravestibular com 1.652 oportunidades

As inscrições para o processo seletivo extravestibular da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), por meio de transferência externa, começam nesta segunda-feira (22) e seguem até o dia 2 de junho. O cadastramento será realizado exclusivamente de forma presencial, na Coordenação do Corpo Discente, na Avenida dos Economistas, s/nº, Campus Recife, na Zona Oeste, das 9h ao meio-dia e das 14 às 17h, de segunda a sexta-feira. A taxa de inscrição custa R$ 75. São oferecidas 1.652 vagas.
Os documentos necessários para a realização da inscrição podem ser conferidos no site da Pró-Reitoria para Assuntos Acadêmicos (Proacad). O processo seletivo é voltado para a transferência de alunos regulares de outras instituições de ensino superior nacionais, vinculados a cursos reconhecidos de graduação, modalidade presencial, grau bacharelado ou licenciatura, para cursos de mesmo nome na UFPE.
Os candidatos classificados deverão iniciar os estudos no segundo semestre letivo de 2017. A lista de classificados será divulgada até o dia 14 de junho, no site. O período de matrícula vai de 29 de julho até 16h do dia 1º de agosto. O período de modificação/correção vai de 7 de agosto até 16h do dia 16 de agosto. Já a matrícula de retardatários ocorrerá entre 9 de agosto e 10 de agosto. (G1)

Candidatos inscritos no Enem 2017 sem isenção devem pagar a taxa até esta quarta-feira (24)

O prazo para os candidatos inscritos na edição 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pagarem a taxa de inscrição termina na próxima quarta-feira (24), dentro do horário bancário. Todos os candidatos que não têm direito à isenção devem realizar o pagamento para garantir sua participação nas provas que, neste ano, acontecem nos dias 5 e 12 de novembro, dois domingos consecutivos.
O Enem 2017 teve pelo menos 6,5 milhões de inscrições. O último balanço divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) indicava que, às 15h de sexta-feira (19), o sistema registrou 6.535.884 inscritos.
Últimas horas
O ritmo de inscritos no último dia aumentou: só nas últimas sete horas (entre as 8h e as 15h), mais de 510 mil pessoas fizeram seu cadastro no site. A média neste período é de 1.224 novos inscritos por minuto. O prazo acabou às 23h59 de sexta.
A expectativa do Inep era de que cerca de 7 milhões de inscrições. De acordo com a assessoria de imprensa do Inep, o balanço final de participantes do Enem só será divulgado na próxima semana.
No ano passado, foram 9,2 milhões de inscritos – ou seja, até o momento, foram realizados o equivalente a 65% dos cadastros de 2016. Em 2015, o total foi de 8,4 milhões.
A taxa subiu para R$ 82 e o boleto precisa ser pago até 24 de maio. Para checar o status de sua inscrição e gerar o boleto, os candidatos devem acessar o site www.enem.inep.gov.br/participante. (G1)

Campus Serra Talhada abre inscrições para 13 novos cursos FIC

O campus Serra Talhada do IF Sertão-PE lançou, na última sexta-feira (19), o edital 06/2017, referente as inscrições em cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC). Ao todo, estão sendo ofertados 13 cursos com diferentes conteúdos e cargas horárias.
A principal característica dos cursos FIC é oferecer uma formação mais rápida e específica ao estudante. Eles são realizados, em média, de três a seis meses e todos garantem certificado.
Os cursos abordam temáticas como ética e formação profissional, artes, relações sociais, tecnologia, meio ambiente, preparatórios para exames vestibulares, dentre outros. As inscrições são gratuitas e estarão abertas para toda a comunidade nos dias 24 e 25 de maio no campus.
Os interessados deverão comparecer até o IF Sertão-PE – Campus Serra Talhada, localizado na PE 320 – Km 126, no horário das 8h às 12h, das 13h às 17h e das 18h às 22h na sala da Coordenação de Extensão, munidos de duas fotos 3×4, originais e xérox da Carteira de Identidade, CPF, comprovante de escolaridade exigida e residência.
A seleção se dará mediante sorteio, que ocorrerá a partir das 18h do dia 26 de Maio, no auditório do Campus. É necessário ressaltar, que foi divulgado também o resultado final do edital 04/2017, que oferecia também vagas em cursos FIC, esta já se trata de uma nova seleção.
Para mais detalhes sobre o processo seletivo, conteúdo de cada curso e carga horária, acesse ao edital 06/20017 aqui.

Automóveis que deram entrada nas LOJAS DE VEÍCULOS esta semana em Afogados da Ingazeira

CRAS e Conselho Tutelar participam de reunião com pais e mestres na Escola Municipal José Alves Torres. Violência sexual contra crianças e adolescentes foi o tema mais discutido.

 
Nesta última sexta-feira (19), o CRAS volante, através da Psicóloga Josilene Mendes e da Assistente Social Maria Alves Lima e o Conselho Tutelar representado por Sérgio Coelho e Patrícia Barros,  estiveram a convite das professoras Jacineide, Auda e Neudiram, participando de uma reunião com pais e mestres na Escola Municipal José Alves Torres, localizada no Sítio Sacos dos Bois no município de Iguaracy.
Apresentação inicial das equipes que estavam em companhia das estagiárias em 
Assistência Social Ana Cláudia e Roselaine Silva,
O conselheiro Sérgio Coelho iniciou a sua fala abordando o tema que está sendo trabalhado neste mês de maio em relação ao abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Por conta da data que tem como dia principal o 18 de maio, a Secretaria de Assistência Social e o Conselho Tutelar do município, vem realizando palestras e abordagens com a sociedade, visitando escolas e conversando com pais e alunos do ensino fundamental e médio.
O conselheiro em uma rápida explanação, falou sobre a importância dos pais estarem sempre atentos a qualquer mudança apresentada no comportamento dos filhos, realçou que os agressores geralmente são pessoas bem próximas e até mesmo integrantes da família.
Sobre a importância da denuncia, o conselheiro advertiu aos pais que estavam presentes, que caso tenha-se noticia de que seus filhos venham sofrendo qualquer tipo de assédio por parte de alguém, o mais correto é registrar uma queixa contra esta pessoa o mais rápido possível e antes que o pior aconteça. Geralmente quem comete um crime de abuso sexual seguido de morte, só faz tal coisa porque se considera acima de qualquer suspeita, e como não há queixa contra sua pessoa em qualquer órgão de justiça, isso o estimulará a praticar tal ato, porque sabe que não há nenhum fato oficial que ligue o seu nome a cena do crime. “Se houver uma queixa contra essa pessoa, certamente ele será o último a querer tocar pelo menos um dedo na vítima, pois sabe que será o primeiro que polícia vai atrás se acontecer qualquer coisa”, disse o conselheiro.
Para quem acha que estupro seguido de morte só acontece em localidades distantes como foi o caso de Araceli em Vitória-ES, o conselheiro lembrou a todos sobre o ocorrido com Silene Souza Gomes, adolescente de 14 anos que no ano de 2002 foi estuprada e morta no município de Iguaracy. “A família na época sabia de algo, porém nunca denunciou, ai está à importância da denuncia antes que o pior aconteça”, disse o conselheiro.
A conselheira Patrícia em sua participação, ressaltou que não se deve desviar o olhar, ficar sempre atento e denunciar. Ela ainda reiterou que a responsabilidade de proteger as crianças e adolescentes é de todos e, quem não denuncia, é cúmplice.
Segundo a Psicóloga Josilene Mendes, a violência sexual contra crianças e adolescentes apresentam causas múltiplas e complexas, ela deixa marcas profundas nas vítimas e independe da classe social, podendo acontecer com meninas e meninos que se apresentam em qualquer situação de vulnerabilidade.
A psicóloga juntamente com a assistente social Maria Alves passaram um filme onde 
uma criança vive todo o drama que passa uma vitima de abuso sexual.
 Os pais assistiram atentamente ao filme
A psicóloga destacou ainda que a melhor forma para combater esse tipo de violência é a prevenção, sendo necessário um trabalho efetivo juntamente com os pais e uma sensibilização da população em geral e profissionais envolvidos, além de um trabalho informativo com as crianças e os adolescentes.
Josilene citou as terríveis estatísticas de violência sexual no Estado de Pernambuco e  lembrou que no Brasil o “Disque 100”, foi criado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, sendo um serviço de recebimento, encaminhamento e monitoramento de denúncias de violência contra crianças e adolescentes. As denúncias recebidas são analisadas e encaminhadas aos órgãos de proteção, defesa e responsabilização em direitos humanos, no prazo máximo de 24 horas, lembrando que o sigilo da denúncia é mantido em todas as situações.
Ainda no final da reunião, foram abordados assuntos pertinentes a problemas que ocorrem no dia a dia da escola envolvendo conflitos entre alunos e pais de alunos.
CLIQUE AQUI para acessar e compartilhar todas as fotos desta matéria entre outras que não foram publicadas através de nossa página especial no Facebook
http://www.blogtvwebsertao.com.br/search/label/GOVERNO%20ZEINHA

Pelo menos uma criança é vítima de estupro por dia em PE, diz governo

Muitas vezes, os abusos são cometidos pelo pai ou padrasto.
Todo dia, pelo menos uma criança é vítima de estupro em Pernambuco. Segundo dados da Secretaria de Defesa Social do estado (SDS), entre janeiro e maio deste ano, a Polícia Civil registrou 255 casos, o que dá uma média de 51 ocorrências por mês.
Esse número, ainda muito alto, era maior no ano passado. De janeiro a maio de 2015, a SDS contabilizou 301 pessoas com menos de 11 anos que sofreram violência sexual. A redução foi de 15,2%, e a média era de duas crianças estupradas por dia. De lá para cá, essa taxa caiu para 1,7 caso por dia.
Desde 1994, Pernambuco tem um núcleo da polícia voltado exclusivamente para a investigação de crimes contra os mais jovens. Composto por quatro delegacias concentradas na Região Metropolitana do Recife (RMR), o Departamento de Proteção à Criança e ao Adolescente funciona na Rua Benfica, no bairro da Madalena, Zona Oeste da capital.
saiba mais
É lá que boa parte das denúncias é feita. O DPCA investiga todo tipo de crime, desde que envolva menores de idade. Mas a frequência de casos de estupro chama a atenção do delegado Ademir Oliveira, responsável pela gestão do departamento. Segundo ele, o abuso sexual de menores é uma prática muito mais comum do que mostram as estatísticas oficiais.
“Estudos nacionais e internacionais apontam que a subnotificação desse tipo de crime é da ordem de 90%. Então, quando nós divulgamos que acontecem 50 mil casos de estupros de criança no Brasil inteiro, por ano, leia-se meio milhão, porque só 10% são revelados e chegam à delegacia”, afirma o delegado.
Muitas vezes, os abusos são cometidos pelo pai ou padrasto, o que explica, em parte, o baixo número de queixas em relação à totalidade de casos. “Tem vários fatores. Normalmente, quem faz a denúncia é a mãe, que desiste ou porque o agressor sustenta a família ou porque tem medo de perder aquele companheiro ou simplesmente porque não acredita na palavra da criança”, conta o gestor do DPCA.
Além disso, o delegado acredita que a polícia não tem estrutura suficiente para apurar os crimes de forma eficiente. Em todo o estado, há apenas quatro delegacias especializadas na proteção de crianças e adolescentes: duas no Recife, uma em Paulista e uma em Jaboatão dos Guararapes.
Fora da RMR, não há uma repartição policial que lide exclusivamente com casos envolvendo essas pessoas, nem mesmo em cidades como Caruaru, no Agreste, e Petrolina, no Sertão, que têm em torno de 347 mil e 331 mil habitantes, respectivamente. De acordo com Oliveira, quando crianças são vítimas de um crime, são necessários alguns cuidados, principalmente na hora de colher os depoimentos.
“Para ter um exemplo, atualmente, a gente tem um caso aqui de uma menina de 6 anos que era obrigada pelo pai a fazer sexo oral. Ela foi ouvida por um profissional especializado para que ela pudesse contar a história da forma menos traumática possível. No interior, isso não existe. O delegado, às vezes, não tem como atuar e a prova principal, que é o depoimento da vítima, fica perdida”, esclarece.
Por isso, o delegado defende uma interiorização do DPCA. "Assim como acontece com os casos de violência contra a mulher e de homicídios, é preciso descentralizar esse atendimento. E o principal entrave é o efetivo, que é pouco, e fazer um concurso leva pelo menos um ano. Existe um plano nacional que prevê a ampliação dessas delegacias de trabalho especializado", salienta.
G1 PE

Pesquisadores discutem ciência e fé em Conferência

Debate colocará em pauta os milagres que estão por trás de fenômenos naturais
Cientistas cristãos estão reunidos em Brasília na IV Conferência Internacional: Ciência e Fé, na Embaixada Sara Nossa Terra, ontem, dia 19 e hoje, 20. O propósito do encontro é a apresentação das teses mais avançadas sobre questões que unem a espiritualidade e a ciência.
Por que há noite e dia? O que mantém a Terra em movimento? E se Júpiter, que funciona como um escudo de nosso planeta, saísse de sua posição, seríamos alvo de todo tipo de material especial? Chamados de antrópicos, esses fenômenos têm vida própria, estudada pela física quântica. Para pesquisadores religiosos, milhões de fatos antrópicos que permitem a vida são milagres.
O bispo presidente da Igreja Evangélica Sara Nossa Terra e anfitrião do evento, Robson Rodovalho, acaba de concluir, pela Florida Christian University, seu doutorado na área da física quântica. A pesquisa deu origem ao livro O Código do Universo, que será lançado durante a Conferência.
O seminário de Rodovalho tratará dos fenômenos antrópicos, os milagres que estão por trás de acontecimentos que ocorrem a todo momento em nossa vida, apesar de não refletirmos sobre eles.
Ele antecipa uma das discussões que apresenta na Conferência: “Como enxergar a presença de Deus no que, hoje, é entendido apenas como matéria? Será que a presença do Senhor é apenas o colapso de uma onda de energia, como estuda a quântica?”.
O investimento para efetuar a inscrição é de R$ 100 e inclui um exemplar do livro “O Código do Universo”, do Bispo Rodovalho.
Outras atrações
Este ano, o encontro traz para o debate a visão do Direito. A palestra “Quais os efeitos da teoria quântica no Direito e no Judiciário?” será apresentada pelo advogado Ricardo Hassun Sayeg, Doutor em Direito Comercial pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP), coordena nessa instituição os estudos sobre Direito Econômico e Direito Quântico.
Também serão conferencistas do evento: o professor da Universidade Estadual de Feira de Santana Antônio Delson, PhD em detritos espaciais pelo Instituto di Scienza e Tecnologie Dell’Informazione (Itália) e o rabino e professor do Weizmann Institute of Science (Israel) Gerald Schroeder, PhD em física nuclear e ciências da terra pelo MIT.

Em uma feira de rua, joia negociada como bijuteria era na verdade um diamante orçado em mais de R$ 1 milhão

  
Diamante comprado há 30 anos como bijuteria será leiloado por, no mínimo, R$ 1,4 milhão Foto: Sotheby's / AP
Um anel comprado há 30 anos em um mercado de pulgas, como se fosse bijuteria, na verdade, trata-se de um diamante branco de 26,27 quilates que vale, aproximadamente, 350 mil libras (R$ 1,4 milhão). A descoberta transformou a vida da dona da joia, que havia desembolsado apenas 10 libras (R$42,00) no momento da compra.
Ela não fazia ideia do investimento que fizera porque diamantes do século XIX não eram cortados para mostrar seu brilho e clareza.
No próximo mês, o anel será posto a venda na casa de leilões Sotheby's, cuja sede é em Londres, na Inglaterra. De acordo com a chefe do departamento de joias, Jessica Wyndham, que a dona o usava no dia a dia, sem perceber que estava com um anel muito valioso. Ela considerou a descoberta como "maravilhosa". A mulher pediu preferiu não ser identificada.

Assista: leão-marinho arrasta garotinha para dentro da água no Canadá

Um turista que filmava um leão-marinho se exibindo no cais em Steveston Wharf, em Vancouver no Canadá registrou o ataque do mamífero que assustou todo grupo. De acordo com informações do Estadão, as pessoas jogavam migalhas de pão, mas o animal não se contentou e foi para cima de uma garotinha.
Nas imagens é possível ver que a menina sentou na borda do cais para se aproximar do leão-marinho, que saltou de dentro d’água, mordeu seu vestido e a arrastou para o mar. Felizmente um parente da garotinha rapidamente pulou e a resgatou.
Assista o vídeo:

Em notas, Forças Armadas garantem que cumprirão Constituição

Eduardo Villas Bôas, Comandante do Exército
Os comandos das três Forças Militares (Marinha, Exército e Aeronáutica) fizeram questão de garantir, neste momento de crise políticam sua total subordinação aos preceitos constitucionais, em notas divulgadas neste sexta-feira. A manifestação ocorreu horas depois de um encontro com o presidente Michel Temer e num momento de instabilidade política.
Nos textos, os comandantes militares disseram que foram “convocados” para o encontro onde se discutiu a conjuntura atual. Os comandantes militares destacam que as Forças Armadas têm seu papel determinado pela Constituição. O cuidado foi para evitar interpretações de que o encontro com Temer poderia ser um apoio ao presidente neste momento.
Temer se reuniu com os três comandantes e ainda com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, e com o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Sergio Etchegoyen. Em nota, o comandante do Exército, general Villas Bôas, “reafirma que a atuação da Força Terrestre tem por base os pilares da estabilidade, legalidade e legitimidade, e ressalta a coesão e unidade de pensamento entre as Forças armadas.
O general ainda fez questão de deixar clara sua posição nas redes sociais. No Twitter, escreveu que esteve com Temer e que reafirmou o “compromisso perene com a Constituição e em prol da sociedade”. Na mesma linha, a nota da Aeronáutica é assinada pelo chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica, brigadeiro Antonio Ramirez Lorenzo. A nota diz que o encontro foi para “tratar da conjuntura política”.
“Como de praxe em reuniões já realizadas entre esses atores, prevaleceram a unidade de pensamento e o estrito cumprimento das normas legais, características inerentes às Forças Armadas Brasileiras”, diz a nota.
Com o mesmo tom, a Marinha divulgou nota sobre o encontro, destacando que fora “convocada” pelo ministro da Defesa. Segundo o texto, foi ” discutida a conjuntura atual e destacada a total subordinação das Forças aos ditames constitucionais”.

PORQUE SERÁ? Governo reduz equipe da Lava Jato e corta verba da Polícia Federal

Poucos dias após o escândalo envolvendo o presidente Michel Temer (PMDB), a Polícia Federal (PF), sob o governo do peemedebista, reduziu a equipe destacada para a força-tarefa da Operação Lava, em Curitiba, e contingenciou 44% do orçamento de custeio previsto para 2017. Este foi o primeiro corte expressivo no efetivo de investigadores, nos três anos desde o escândalo Petrobrás, que revelou um mega esquema de cartel e corrupção.
Deflagrada em março de 2014, a Lava Jato é a maior e mais longa operação de combate à corrupção da PF. A equipe da Lava Jato, em Curitiba, era composta por nove delegados federais até o início de 2017, que atuavam exclusivamente no caso. Hoje, quatro delegados cuidam dos cerca de 180 inquéritos em andamento e a intenção é de acabar com a atuação exclusiva deles para a força-tarefa. “Será o fim da Lava Jato”, afirmou um dos membro da força-tarefa que não quis ser identificado.
O efetivo total, que chegou a ser de quase 60 policiais no início do ano – entre delegados, agentes e peritos – hoje, não passa de 40 e sem atuação exclusiva. A previsão do Orçamento da União de 2017 para o Ministério da Justiça – área em que a PF está subordinada – é de R$ 13 bilhões.
Os cortes no orçamento refletem diretamente nas apurações, pois há menos estrutura para as mega operações. Na prática, a direção-geral da PF também deixou de obrigar as superintendências regionais a liberarem policiais para atuarem na Lava Jato. “O investimento já é quase zero. O custeio é para movimentar a máquina. Vai paralisar as atividades. Em um orçamento que já é pequeno, cortar 44%, vai parar”, disse o presidente da Associação dos Delegados da Polícia Federal (ADPF), delegado Carlos Eduardo Sobral. (Via: BNews)

Vacinação contra a gripe tem baixa adesão pelo Brasil

A campanha nacional de vacinação contra a gripe do Ministério da Saúde se encerra no próximo dia 26, mas a adesão é considerada baixa em todo o País. Do total de 54,2 milhões de pessoas esperadas, somente 28,7 milhões foram vacinadas, o que representa 53% do público-alvo. No estado do Rio de Janeiro, por exemplo, não foi alcançado nem 50% do público estimado.
A virologista Marilda Siqueira, chefe do Laboratório de Vírus Respiratório e do Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz (IOC), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), avalia que o pouco destaque que o vírus Influenza teve na mídia este ano e o recente surto de febre amarela contribuíram para desviar o foco da atenção das pessoas da campanha contra a gripe. Isso porque, em estados com registros de morte pela doença, como o RJ, a população se preocupou mais em correr aos postos para receber a imunização contra a febre amarela. A vacina contra a gripe está disponível nos postos de vacinação desde 17 de abril.
“Mas isso não tira de maneira nenhuma a importância de tomar a vacina contra a gripe”, adverte Marilda. A virologista explica que é importante tomar a dose anualmente uma vez que a vacina contra o vírus Influenza, causador da gripe, não oferece uma imunidade duradoura. Outro fator importante é que o vírus pode apresentar mutações de um ano para outro em seu genoma e as vacinas são “atualizadas” para garantir uma proteção mais ampla à população. “Então, tem que tomar este ano, de novo”, diz.
A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro reafirmou que a baixa procura pelos postos de saúde é motivo de preocupação entre especialistas, uma vez que, até o início desta semana, seis em cada dez pessoas que fazem parte dos grupos prioritários ainda não se vacinaram.
“Vivemos um momento em que as medidas preventivas são fundamentais. A baixa adesão à campanha ainda nos preocupa e precisamos alertar a população. Sabemos que a gripe é uma doença aparentemente simples, mas que pode evoluir gravemente, principalmente entre os grupos mais vulneráveis. A vacina é segura e está disponível em todas as redes municipais de saúde. É preciso entender que a prevenção é a melhor forma de evitar a doença”, alertou o secretário de estado de Saúde, Luiz Antonio Teixeira Jr.
Inverno
A proximidade do início do inverno, em 21 de junho, reforça a necessidade de ampliar a imunização. “O vírus Influenza já está circulando em várias regiões e as pessoas têm que ficar atentas para se protegerem”, insiste a virologista. Ela lembra que, no ano passado, mais de 2 mil pessoas morreram por Influenza no Brasil. Grande parte dos óbitos foi de pessoas elegíveis para tomar a vacina, ou seja, maiores de 60 anos de idade, crianças menores de 4 anos e pessoas com problemas de imunodeficiência, respiratórios ou cardíacos crônicos, além de diabéticos.
Neste ano, além dos profissionais de saúde, a campanha de vacinação incluiu o grupo dos professores para tomar a vacina. “Porque nós sabemos que, em qualquer país do mundo, os grandes distribuidores que espalham o vírus Influenza, no primeiro momento, são crianças em idade escolar. Como estão em ambientes fechados, elas contribuem muito para o espalhamento do vírus porque uma passa para a outra, para a professora, para a casa, para os pais. Elas contribuem muito no primeiro momento, assim que se inicia uma pandemia”, explica Marilda.
Mitos
Marilda Siqueira descarta a possibilidade de uma pessoa tomar a vacina e ficar gripada. A fórmula da vacina, esclareceu, é o vírus inativado, isto é, morto. Além disso, as proteínas do vírus são separadas. “Não tem como ele se multiplicar dentro da gente”.
O que ocorre, esclarece, é que nesta época do ano há vários outros vírus respiratórios circulando em vários estados brasileiros, principalmente nas regiões Sul e Sudeste, apresentando sintomas que se confundem com os da gripe. “Tem gente que já está infectado pelo vírus Influenza [quando toma a vacina], tem gente que está ou vai ficar infectado por outros vírus respiratórios e aí as pessoas, às vezes, apresentam um quadro respiratório e dizem que é da vacina quando, na verdade, não é”.
O vírus Influenza é facilmente transmitido por meio de secreções das vias respiratórias ao falar, tossir ou espirrar e por meio do contato de objetos contaminados com a boca, olhos e nariz. Desde janeiro, nove casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, provocados por vírus da gripe, foram registrados no estado do Rio, sendo seis óbitos. O subsecretário de Vigilância em Saúde, Alexandre Chieppe, destacou o aumento da circulação do vírus Influenza B nos últimos meses. Ele lembrou que a vacina demora cerca de 15 dias para garantir a imunização completa e, por isso, é essencial que as pessoas se antecipem à chegada das temperaturas mais baixas.
“A imunização pela vacina é importante tanto para a própria pessoa, ao reduzir a possibilidade de agravamento da doença, com internações e óbito, quanto para seus familiares. É preciso lembrar que a gripe, na grande maioria dos casos, não apresenta complicações, mas entre os grupos prioritários, pode evoluir para formas mais graves. A prevenção é fundamental”, salientou Chieppe.
Da Folha de Pernambuco

Filha de Silvio Santos é citada em delação da JBS sobre propina

A filha de Silvio Santos, a apresentadora Patrícia Abravanel, teria participado de um jantar de negociação de propina para a campanha de seu sogro, Robinson Faria (PSD-RN), eleito governador do Rio Grande do Norte, em 2014. A informação foi dada pelo delator Ricardo Saud, diretor da JBS, e consta no vídeo divulgado nesta sexta-feira (19), conforme noticiou o site do jornal “Estadão”.
Segundo o delator, o jantar aconteceu na casa de Joesley Batista, um dos proprietários da JBS. Patrícia acompanhava seu então noivo, o deputado federal Fábio Faria (PSD-RN).
“Foi um jantar muito elegante até. Foi o Fábio Faria com a noiva dele, a Patrícia Abravanel, filha do Silvio Santos. Foi o Robinson Faria com a esposa dele, nós todos com as esposas, tal, para tratar de propina. Até bacana, né? Todo mundo com as esposas para tratar de propina”, disse Saud.
A reportagem do “Estadão” entrou em contato com a assessoria de Patrícia Abravanel, que afirmou que não comentará o assunto. O SBT, por sua vez, disse que não fala da vida pessoal de seu casting.
Patrícia Abravanel e Fábio Faria estão juntos desde 2013, mas oficializaram a união no dia 29 de abril, na mansão de Silvio Santos. Dias antes da união, o dono do SBT foi entrevistado pelo programa “Pânico na Band” e revelou o conselho que deu ao genro: “Eu disse: ‘Tomara que dure… Gastar uma nota que a Patrícia está gastando e depois ‘descasar’ é muito ruim”.
Em abril, Patrícia foi alvo de ataques nas redes sociais pelo fato de seu marido, Fábio Faria, constar na lista de pedidos de inquérito do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal.