Mostrando postagens de Junho 8, 2018Mostrar tudo

Em funcionamento: Empresários Charlys e Edilson inauguram MOTEL TALISMÃ EM IGUARACY. Empreendimento é um dos melhores da região, confira na matéria:

Neste último sábado, 26 de maio de 2018, a cidade de Iguaracy ganhou, um dos melhores e mais sofisticados Motéis da região do Pajeú. Os empresários do Loteamento Santa Edwirges, os irmãos Charlys e Edilson, mais uma vez se associaram e juntos construíram um novo empreendimento comercial na cidade. Trata-se do MOTEL TALISMÃ, que foi construído as margens da PE 292, na saída de Iguaracy para a cidade de Afogados da Ingazeira.
Para quem deseja curtir momentos românticos com segurança, conforto, requinte e tranquilidade, o Motel Talismã é a opção certa na região do Pajeú.
Com preços acessíveis para o porte refinado, o Talismã disponibiliza 10 opções de suítes (três ainda em acabamento), com valores na Suíte Clássica a R$ 20,00 a hora, R$ 6,00 por cada hora subsequente e pernoite de por 35,00 a 55,00 (fim de semana) e a Suíte Master a R$ 25,00 a hora, R$ 10,00 por cada hora subsequente e pernoite de por 45,00 a 75,00 (final de semana).
O empreendimento conta ainda com uma Suíte Super Luxo com pole dance e hidromassagem, entre outros no valor de R$ 45,00 a hora e R$ 20,00 por cada hora subsequente. Os valores da pernoite estão de R$ 90,00 de segunda a sexta e nos finais de semana a R$ 130,00.
Todas as opções contam com garagens privativas, TV a Cabo, Ar condicionado, Frigobar, camas confortáveis, som ambiente, banheiros amplos, controles nas cabeceiras das camas entre outros benefícios que tornam seu momento mais prazeroso.
Chalys garantiu que o motel terá uma recepção bem discreta e que além do interfone moderno, do tipo que muda as características da voz, também providenciou que a pessoa responsável pelo setor não seja da cidade.
O acesso para a garagem, e da garagem para o quarto é bem amplo e agradável, a cortina de lona que fecha a entrada da garagem garante total discrição.
O mais importante, todos os quartos tem decorações diferenciadas, modernas e de muito bom gosto, contando ainda conta com uma hidro maravilhosa da Suíte Super Luxo. Confira o que estamos dizendo no vídeo acima produzido por Bruno Lopes (Sertão Drones - 87.9.8849-5585).
Excelência no atendimento será também um dos pontos a chamar atenção, segundo Charlys, o atendimento da cozinha será nota dez, tudo isto para que os visitantes tenham momentos muito agradáveis não apenas de conforto, mas como também na questão de alimentação.
Venha conhecer o MOTEL TALISMÃ em Iguaracy. Uma atmosfera luxuosa, capaz de proporcionar experiências únicas. Vale a pena conferir!
Veja Mais:
Motel Talismã é inaugurado em Iguaracy. Empresário fala sobre as dificuldades que encontrou e do apoio conseguido através da atual gestão.
 

Programação Oficial do São João do Gonzagão 2018. Este ano resgatando o Palhoção e o autêntico Forró Pé de Serra.

O Secretário de Cultura de Iguaracy, Edjanilson Rodrigues, anunciou na manhã desta quinta-feira (07), no programa institucional da prefeitura, a programação junina do município, no São João do Gonzagão. “A ideia era que a bandeira que foi plantada fosse forjada esse ano, de deixar o São João com a sanfona como é de direito”, disse. Serão oito dias de festa nos bairros, centro e distritos com atrações culturais.
“Haverá ainda participação de cidades que se interessaram em vir à nossa festa com apresentações culturais como Sertânia, Tabira, Solidão, em um intercâmbio cultural”. E sanfona todas as noites
A programação começa dia 17 por Irajaí, a partir do horário da estreia do Brasil na Copa. Após haverá Trio Macambira, atrações culturais e Forrozão Júnior Mendes. Dia 18, no Bairro Santa Ana, Forrozão Porto Rico. Na COHAB, dia 19, a festa terá Ronaldo do Acordeon. No Bairro Frei Damião, dia 20, Forrozão Júnior Mendes. No dia 21, no Bairro São Sebastião, a programação terá Fábio e Léo.
A partir do dia 22 a festa chega à Praça Antonio Rabelo, com o Palhoção do Gonzagão. Às 9h, começa com o jogo do Brasil. Depois, Júnior Mendes, Rimas e Canto, Leandro do Acordeon e Vaqueiro Matuto farão 18 horas de forró.
Dia 23, na Caatingueira, tem Leandro do Acordeon. No Palhoção, Forro do Bom e Clássicos do Forró. Dia 24, em Jabitacá, Chiquinho de Belém. Dia 29, tem arraial nas casinhas populares.
Assessoria de Comunicação - Governo de Iguaracy/PE
Governo Municipal "Um Novo Tempo, Uma Nova História".

Câmara dos Deputados aprova obrigação do Estado garantir segurança de Conselheiros Tutelares

Em relação as guarnições da PM que atuam em Iguaracy, já existe esta boa vontade em acompanhar o Conselho Tutelar em algumas ações. Na imagem abaixo, durante atendimento na tarde desta quinta-feira (07), os conselheiros tutelares Sérgio Coelho e Socorro Melo, contaram com o costumeiro apoio da gloriosa Policia Militar de Pernambuco nas pessoas do Sargento Miranda e Sd Ivanildo Santos.
A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou, nesta quarta-feira (6), o Projeto de Lei, do deputado Beto Rosado (PP-RN), que obriga os estados e o Distrito Federal a garantir segurança ao conselheiro tutelar para ele realizar suas atividades. O texto inclui essa atribuição no Estatuto da Criança e do Adolescente.
A proposta tramitou em caráter conclusivo e deve seguir para o Senado, a não ser que seja apresentado recurso para votação no Plenário da Câmara.
O relator na CCJ, deputado Patrus Ananias (PT-MG), afirmou que “ser conselheiro virou profissão de risco”. O deputado citou, como exemplo, chacina ocorrida em 2015 em Poção, no agreste pernambucano, que resultou na morte de três conselheiros tutelares da cidade e de uma mulher idosa.
http://www.blogtvwebsertao.com.br/search/label/EVENTOS%20ELITE%20DIGITAL

Inauguração de praças e ruas pavimentadas, entrega de casas populares e vários veículos, poderá ter a presença do Governador em Iguaracy

Prefeito de Iguaracy fecha agenda de inaugurações que poderá ter a presença do governador. A presença de Paulo Câmara ainda não foi confirmada, as inaugurações poderão ter a sua presença, porém, será preciso verificar a disponibilidade na agenda do mesmo. A gestão municipal aproveitou esta quinta para também anunciar atrações do São João do Gonzagão. Assista ao programa "Um Novo Tempo, Uma Nova História", no vídeo abaixo:
O Prefeito de Iguaracy Zeinha Torres (PSB) disse hoje ao programa institucional da Prefeitura do município, pelas Rádios Pajeú e Cidade FM que está programando a vinda do governador Paulo Câmara para uma série de entregas à população.
Dentre elas, a inauguração de 40 casa populares, calçamentos em três ruas e duas praças, destas últimas duas na sede e uma em Irajaí, e entrega de seis veículos para as diversas secretarias do município. Recentemente, Zeinha esteve na Casa Civil, buscando definir a agenda. A data ainda não foi fechada. Zeinha ainda falou da perspectivas de novos investimentos como fruto de emendas.
Assessoria de Comunicação - Governo de Iguaracy/PE
Governo Municipal "Um Novo Tempo, Uma Nova História".

‘Quando atingir 2 dígitos, ele liga para mim’, diz Bolsonaro ironizando o mau desempenho de Alckmin nas pesquisas de intenções de votos.

O pré-candidato Jair Bolsonaro (PSL) desdenhou o convite feito pelo pré-candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, para debaterem sobre segurança pública. O deputado federal ironizou o mau desempenho do ex-governador de São Paulo nas pesquisas de intenções de votos e disse que “tem mais o que fazer” e “não tem tempo a perder” com o tucano.
“Ele está perdendo para mim até em São Paulo. Não tenho tempo para ficar discutindo essas coisas com ele. Não tenho tempo para perder com Alckmin. Quando ele tiver na minha frente em São Paulo, ou atingir dois dígitos, ele liga para mim”, disse Bolsonaro, que cumpre agenda em Aracaju, Sergipe, nesta quinta-feira dia (07).
Na quarta-feira dia (06), Alckmin disse em um evento no Rio de Janeiro e, depois, em sua página no Twitter, que gostaria de debater com Bolsonaro sobre suas propostas para a área de segurança.
O deputado federal afirmou que, se o tucano quiser, mandará o Major Olímpio (deputado federal, presidente do PSL paulista) para lhe representar no suposto debate. “Se ele aceitar, o Major Olímpio, que é policial militar, está a sua disposição”, sugeriu.
Sobre a estratégia de presidenciáveis mirarem em seu nome durante a pré-campanha, Bolsonaro justificou que “o patinho feio está ficando bonito”. “Eles estão desesperados, coitados”, afirmou.
No evento, Alckmin apresentou suas propostas para a área de segurança a uma plateia esvaziada e aproveitou para dizer que não conhecia as propostas de Bolsonaro e propôs o debate. “Até faço o convite a ele, se ele quiser, para fazer o debate sobre Segurança Pública, seja pela televisão, internet ou rádio, para conhecer melhor as propostas e a gente aprofundar o tema”, afirmou.
Na ocasião, o ex-governador de São Paulo também apresentou sua equipe de segurança que tem o ex-comandante do Comando Militar do Sudeste, general João Campos, o ex-secretário Nacional de Segurança Pública, coronel José Vicente da Silva e a ex-delegada da Polícia Federal, Raquel Lyra.
Entre suas propostas, ele destacou a criação de uma guarda nacional, militar e federal para cobrir emergências de segurança em qualquer ponto do território, o aumento do tempo máximo de internação de adolescentes no caso de crimes hediondos de três para oito anos, a ampliação das prisões federais e a liberação do porte de arma dentro de casa em áreas rurais, além da criação de uma agência nacional de inteligência.
Alckmin rebate: Novamente em seu Twitter, o tucano rebateu a provocação do deputado federal. ”Bolsonaro foge dos debates porque não tem o que dizer. Convido a imprensa a procurar propostas sobre segurança pública em seu site. Nada até agora”, diz a publicação. No mesmo tuíte, critica a postura do pré-candidato do PSL. ”Covardia, leviandade ou os dois?”, questiona.
Blog: O Povo com a Notícia
Via: Estadão
http://www.blogtvwebsertao.com.br/search/label/EVENTOS%20ELITE%20DIGITAL

A Bíblia não mente: Moedas dos tempos de Esdras são achadas em Jerusalém e comprova passagem bíblica.

"Estas foram as primeiras moedas já cunhadas pelos judeus", comemora o Dr. Zachi Dvir, responsável pela escavação. A rara moeda de Yehud, do 4 aC, mostra a coruja ateniense junto com 'YHD' em escrita hebraica antiga. (Foto: Zachi Dvira)
Cinco moedas que datam da época de Esdras foram descobertas em Jerusalém, consideradas um “achado raro” pelos arqueólogos.
As moedas, feitas de prata, medem cerca de sete milímetros de diâmetro e datam do quarto século a.C. Três delas estão intactas e legíveis.
“Ao longo dos 150 anos de escavações arqueológicas em todos os locais da antiga Jerusalém, apenas cinco dessas moedas foram encontradas”, disse Zachi Dvira, do Projeto de Peneiramento do Monte do Templo, ao YNet. “Nós encontramos agora três moedas inteiras, junto com duas erodidas, aparentemente da mesma série, e acreditamos que encontraremos mais num futuro próximo.”
Os persas governavam o reino durante o tempo em que as moedas foram cunhadas. As inscrições são das letras YHD, que fazem referência ao nome da província persa de Yehud (Judeia). A figura da face é de uma coruja, provavelmente uma cópia das moedas gregas.
Primeiras moedas
As moedas são da época em que os judeus foram autorizados pelo rei persa Ciro a retornar a Jerusalém, em 538 a.C. para construir o templo. Tais eventos são relatados no livro de Esdras.
O fato de cinco dessas moedas terem sido encontradas no Monte do Templo nos instrui, disse Dvira, sobre a “vida administrativa que ocorre no Templo e no Monte”.
Ele acredita que as peças possam ter sido cunhadas no próprio Monte do Templo, já que “todas as instituições governamentais estavam perto do Monte do Templo, do qual se inspiravam para suas atividades”.
Pelo costume bíblico, os peregrinos traziam os primeiros frutos das colheitas para o Templo, especialmente na época da festa de Shavuot [Primícias], e também traziam dízimos, doações e outros presentes. A lei bíblica permitia que eles poderiam ser substituídos por prata ou moedas.
“Esta pode ser a razão pela qual quando as moedas começaram a entrar em uso em Judá, a prata foi o metal mais usado”, disse ele. Mas o aspecto mais importante da descoberta é que “estas foram as primeiras moedas já cunhadas pelos judeus”, comemora o Dr. Dvira. “Elas mostram o retorno do povo à sua terra após o exílio babilônico e sua capacidade de manter laços diplomáticos com o império então dominante, a Pérsia”.
O doutor acrescenta que “é irônico que em um momento em que os iranianos estão falando abertamente em destruir Israel, essas moedas mostram uma época em que o regime persa era favorável aos judeus e lhes permitia viver em Israel com dignidade”.
http://www.afogadosveiculos.com/

Câmara continua a frente, com Marília e Armando empatados em segundo, diz Múltipla

No cenário que envolve os três principais nomes que disputam a preferência do eleitorado para as eleições deste ano, o governador Paulo Câmara tem vantagem, com 26% das intenções de voto, seguido por Marília Arraes (PT) e Armando Monteiro (PTB), empatados tecnicamente com 17% e 16,16%, respectivamente.
É o que indica a nova pesquisa do Instituto Múltipla divulgada nesta quinta-feira (7), contratada pelo próprio e registrada no TRE-PE e no Tribunal Superior Eleitoral, revelando que continua embolada a intenção de voto do eleitorado para as eleições deste ano. Em suma, todos oscilaram dentro da margem de erro, de 4,1%, comparando ao levantamento anterior.
O Instituto realizou 600 entrevistas entre os dias 02 e 06 de junho, em todas as regiões do Estado, seguindo a estratificação do IBGE. A pesquisa foi registrada sob os números PE 02707/2018 e BR 04235/2018.
Veja a evolução dos candidatos Paulo Câmara, Marília Arraes e Armando Monteiro
Na pesquisa anterior, feita entre 27 de abril e 01 de maio, Paulo Câmara tinha 24% contra 21,5% da petista e 17,3% do petebista. A pesquisa é estimulada, ou seja, o entrevistador cita o nome dos candidatos e pergunta ao eleitor em quem ele votaria. Todos tiveram variação dentro da margem de erro.
No cenário 2, envolvendo todos os pré-candidatos, Paulo Câmara (PSB) tem 22,83%, Marília Arraes (PT) 15%, Armando 15%, Coronel Meira tem 3,5%, Júlio Lóssio, 2,16% e Daniele Portela, 1,16%. Brancos e nulos somam 31%. Indecisos, 6,83%. Não sabem ou não opinaram 2,5%.
Lula ainda pesa na disputa: o Múltipla fez mais dois cenários considerando os principais cabos eleitorais e mais uma vez, o ex-presidente Lula tem o maior peso. Quando Paulo Câmara é “colado” a ele, chega a 46% das intenções de voto. Marília Arraes vai a 41,66%.
A amostra foi composta por 600 entrevistas aplicadas na população que tenha título de eleitor, more e vote no estado de Pernambuco e distribuída da seguinte forma: Capital 18,0%, Região Metropolitana 24,2%, Zona da Mata 14,6%, Agreste 25,2% e Sertão 18,0%. O intervalo de confiança estimado é de 95% para uma margem de erro para mais ou para menos de 4,1%.
Sistema interno de controle e verificação: Para realização da pesquisa, utiliza-se uma equipe de entrevistadores e supervisores, contratados pelo Instituto. Todos devidamente treinados para execução do trabalho. Após a coleta das informações, 20% dos questionários aplicados foram submetidos à verificação de critérios, quanto a sua aplicação e adequação dos entrevistados ás variáveis das cotas amostrais. (Nill Júnior)
http://www.blogtvwebsertao.com.br/search/label/EVENTOS%20ELITE%20DIGITAL

Milhares de cristãos são mortos em Mianmar e a mídia se cala

A ONU, inclusive, recusou-se a reconhecer que havia um genocídio contra cristãos, embora fosse o grupo mais atingido.
Foto: Reprodução Sky News
O mundo todo vem falando nos últimos meses sobre a perseguição generalizada contra os muçulmanos da etnia Rohingya pelos militares de Mianmar. Classificado como “genocídio” e “limpeza étnica” pela ONU, foi igualmente condenada pelo papa Francisco, que visitou o país em 2017.
Contudo, a etnia Kachin, majoritariamente cristã está enfrentando um “genocídio silencioso”, com registros de milhares de mortes nos últimos meses, enquanto a mídia ignora o assunto. Uma situação muito similar a da guerra na Síria e Iraque, onde o Estado Islâmico massacrava todas as minorias religiosas, mas apenas o que acontecia com os yazidis recebia atenção.
Na época, a ONU, inclusive, recusou-se a reconhecer que havia um genocídio contra cristãos, embora fosse o grupo mais atingido.
Agora, a rede europeia de TV Sky News rompe o silêncio sobre a situação dos cristãos em Mianmar. Na noite desta terça, 5 de junho, uma reportagem investigativa revelou que, nas regiões mais isoladas de Mianmar, a minoria Kachin está sendo dizimada.
A equipe de investigação conseguiu viajar e documentar a situação, mostrando testemunhos dos moradores locais, que falaram sobre como a “segunda campanha genocida” está em andamento. A emissora diz que o governo tenta dificultar o acesso dos jornalistas e agências de ajuda à região.
O povo Kachin, que tem lutado pelo seu direito de autodeterminação já formou grupos paramilitares para se defender, o chamado Exército Independente Kachin, que combate os ataques das forças militares ligadas ao governo, guiados pelos nacionalistas budistas.
Os moradores da região relatam que os ataques aumentaram significativamente desde janeiro. Aldeias são invadidas, casas incendiadas e eles não poupam nem as crianças do massacre. “Estou convencido de que o governo está tentando limpar etnicamente o povo Kachin”, disse Lashi Ókawn Ja, mãe de quatro filhos. “Sempre que eles identificam alguém do nosso povo, tentam nos matar. Estupram as mulheres, mesmo as que estão grávidas”.
O general Sumlut Gunmaw, vice-presidente do Conselho de Independência de Kachin, ressalta que o governo está submetendo seu povo a uma grande perseguição. “Talvez suas ações contra nós não sejam tão intensas quanto a violência contra os rohingya, mas suas intenções são as mesmas. Eles querem nos eliminar”, lamentou.
A missão Portas Abertas, que coloca Mianmar em 24ª no ranking dos países onde os cristãos sofrem a pior perseguição em todo o mundo, já alertou para a grande violência contra os Kachin.
Atualmente, centenas de milhares deles são forçados a viver em campos de refugiados internos, sem acesso contínuo à comida e saúde.
Segundo a Portas Abertas, os movimentos budistas radicais, como o Ma Ba Tha, frequentemente visam seguidores de Cristo como seus inimigos, por representarem uma religião “estrangeira”.
O ativista dos direitos humanos San Htoi, advertiu que uma “guerra invisível” está ocorrendo e acusou a mídia internacional de se concentrar apenas na crise Rohingya, ignorando a situação dos Kachin. Com informações de Christian Post
Assista:
http://www.afogadosveiculos.com/

Após ameaças terroristas, Argentina cancela amistoso contra Israel. Hamas comemorou a decisão da Federação Argentina.

Foto: Outdoor com foto do jogador argentino Lionel Messi exposto na cidade de Hebron, na Cisjordânia, fotografado em 5 de junho. (Foto: Hazem Bader / AFP)
 jogo da Seleção Argentina contra Israel, previsto para sábado em Jerusalém, seria o último da preparação para a Copa do Mundo da Rússia-2018. Porém, foi cancelado após ameaças de grupos árabes e palestinos.
Embora tenha sido divulgado que se tratava de “pressão internacional”, pois daria algum tipo de respaldo político à identificação de Jerusalém como capital de Israel, a verdade é que havia questões mais complexas envolvidas.
O ministro israelense das Relações Exteriores, Avigdor Lieberman, lamentou que a Argentina tenha cedido aos que “pregam o ódio contra Israel”.
“É lamentável que a elite do futebol argentino não tenha resistido às pressões dos que pregam o ódio contra Israel e que tem como único objetivo violar o direito fundamental de nos defendermos e destruir Israel”, sentenciou Lieberman.
O comunicado da embaixada de Israel em Buenos Aires anunciou nesta terça-feira (4) a “suspensão” da partida devido às “ameaças e provocações” contra Lionel Messi, “que logicamente resultaram na solidariedade de seus colegas”.
Após o anúncio que a partida não seria realizada, o perfil do grupo terrorista palestino Hamas publicou um agradecimento aos argentinos.
Temor pela vida dos jogadores
A ministra de Cultura e Esportes, Miri Regev, disse que o cancelamento do amistoso não foi resultado da pressão dos ativistas de boicote de Israel, mas sim uma capitulação ao terrorismo.
Em uma coletiva de imprensa, ela comparou as ameaças palestinas contra os jogadores argentinos ao massacre de Munique, nas Olimpíadas de 1972.
“O jogo foi cancelado por uma única razão – ameaças à vida de Messi”, disse Regev a repórteres. “As ameaças terroristas contra ele e sua família sobrecarregaram o astro do futebol mundial”, destacou, deixando claro que essa informação veio dos promotores do evento. Com informações Times of Israel
http://www.blogtvwebsertao.com.br/search/label/EVENTOS%20ELITE%20DIGITAL

Presos podem ter que ressarcir Estado pelos gastos com manutenção na cadeia

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou, nesta quarta-feira (06), duas propostas relativas ao sistema prisional: o PLS 580/2015, que obriga o preso a ressarcir o Estado pelos gastos com sua manutenção no presídio, e o PLS 63/2018, que prevê a construção de colônias agrícolas para o cumprimento de penas por crimes cometidos sem violência, no regime semiaberto.
O PLS 580/2015, da autoria do senador Waldemir Moka (MDB-MS), altera a Lei de Execução Penal (LEP) e torna obrigatório o ressarcimento e, caso o apenado não tenha recursos próprios, deverá pagar com trabalho. O relator, senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), lembrou que, atualmente, o custo médio de um presidiário é de mais de R$ 2.440,00 por mês.
O senador afirmou que o proposta é para combater a ociosidade, "que tem levado os presos a serem presas fáceis das facções que estão hoje infestando nossos presídios".
Segundo a Agência Senado, o texto foi aprovado com duas sugestões da senadora Simone Tebet (MDB-MS) e acolhidas por Caiado: quando o preso tem condições financeiras, mas se recusa a trabalhar ou pagar, será inscrito na dívida ativa da Fazenda Pública; e aquele que não tem recurso e que, ao final do cumprimento da pena, ainda tenha restos a pagar por seus gastos, terá a dívida perdoada ao ser colocado em liberdade.
O projeto recebeu 16 votos favoráveis e cinco contrários, um deles do senador Humberto Costa (PT-PE), que tem opinião de que o projeto é mais um que estimula o encarceramento da população.
Já o PLS 63/2018, do senador Eduardo Braga (MDB-AM), visa a construção de colônias agrícolas e industriais em municípios com mais de 500 mil habitantes para que os condenados por crimes sem violência cumpram penas no regime semiaberto.
O texto, relatado pelo senador Valdir Raupp (MDB-RO), permitirá a criação de até 62 mil novas vagas no sistema prisional brasileiro, a ser destinadas ao cumprimento de pena privativa de liberdade por condenados do regime semiaberto envolvidos em crimes cometidos sem violência ou grave ameaça.
A medida seria viabilizada, mediante convênio, com repasse de recursos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) aos estados.
Segundo Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen), o Brasil possuía, em junho de 2016, 726.712 pessoas privadas de liberdade. Esse contingente excedia a capacidade do sistema em 358.663 presos, ou seja, mais de 50%.
O PLS 63/2018, que recebeu 17 votos favoráveis e nenhum contrário, poderá seguir direto para a Câmara dos Deputados se não houver recurso para votação do texto em Plenário. (Via: Agência Brasil)
http://www.afogadosveiculos.com/

Agricultor suspeito de estuprar mulher com problemas mentais oferece R$ 3 mil à polícia para não ser preso

Na noite dessa quarta-feira (6), um agricultor de 41 anos foi preso suspeito de estuprar uma mulher, de 34, em Paranatama, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar, a vítima tem problemas mentais.
A PM foi chamada e, ao chegar no local, encontrou a vítima sem as roupas e com um corte no rosto, aparentemente feito por uma faca. A mulher foi levada para uma unidade de saúde, enquanto o suspeito foi detido.
Após o socorro, o agricultor e a vítima foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil local. O homem chegou a oferecer R$ 3 mil aos policiais para não ser preso. O suspeito foi autuado em flagrante e será apresentado em audiência de custódia. (G1)
http://www.blogtvwebsertao.com.br/search/label/EVENTOS%20ELITE%20DIGITAL

Atlas da Violência aponta aumento de 21% no homicídio de mulheres em Pernambuco

O número de mulheres assassinadas em Pernambuco cresceu 21% entre 2015 e 2016, passando de 233 para 286, conforme o Atlas da Violência 2018. O estudo – elaborado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), com base em dados do Ministério da Saúde de 2006 a 2016 – aponta que a taxa de mulheres negras mortas a cada 100 mil habitantes no Estado (7,2) é 200% maior que a de não negras (2,4).
Contudo, o Atlas registra que houve um aumento de 16,7% da taxa de mulheres negras assassinadas a cada 100 mil habitantes em Pernambuco, entre 2015 e 2016, enquanto o crescimento da taxa entre as não negras a cada 100 mil foi ainda maior: 28,8%. Considerando os 11 anos, houve crescimento de 13,6% nessa última taxa e queda de 22,4% na primeira.
O racismo também se reflete nas estatísticas nacionais. A taxa de homicídios de negras no País é 71% maior do que a de não negras, tendo havido um aumento de 15,3% nos últimos dois anos analisados e uma queda de 8%, nos 11 anos.
Ao todo, o estudo contabiliza 2.936 homicídios de mulheres no Estado entre 2006 e 2016, período em que se viu uma redução de 9% dos crimes. Uma das mulheres mortas em 2016 foi a empregada doméstica Karina Santos, 26 anos. O patrão, o bombeiro José Itamar dos Santos, 48, confessou o crime. Eles teriam um relacionamento de sete anos.
FEMINICÍDIO
“A base de dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade não fornece informação sobre feminicídio, portanto não é possível identificar a parcela que corresponde a vítimas desse tipo específico de crime”, salienta o documento. “Para o enfrentamento da violência contra a mulher, além de dar visibilidade aos crimes, é fundamental a manutenção, a ampliação e o aprimoramento das redes de apoio, previstos na Lei Maria da Penha”.
O Atlas destaca a subnotificação de estupros no País. Somente em 2016, foram registrados pelas polícias 49.497 casos, conforme o 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, enquanto o Sistema Único de Saúde (SUS) contabilizou 22.918 registros.
ESTUPROS
Em Pernambuco, o estudo indica 2.100 estupros em 2016 e no site da Secretaria de Defesa Social (SDS) constam 2.316 casos. “O ano de 2017 contabilizou o menor número desse tipo de crime desde 2010. Foram 2.178 registros de estupro, o que representa uma redução de 5,7% em relação ao ano de 2016”, afirma a assessoria da SDS por meio de nota.
As estatísticas do órgão indicam um aumento nos casos de violência doméstica, sendo 30.326 em 2015; 31.081 em 2016 e 33.344 em 2017. “Esse número, no entanto, já apresenta redução nos quatro primeiros meses de 2018, que somou 12.539 casos entre os meses de janeiro e abril deste ano, contra 17.589 notificações no mesmo período de 2017, ou seja, uma redução de 28%”, informa a nota.
A secretaria também destaca uma queda no número de assassinatos e feminicídios. “O número de mulheres vítimas de Crime Violento Letal Intencional (CVLI) caiu 22,6% no primeiro quadrimestre de 2018, em comparação ao mesmo período de 2017”, diz a nota. No ano passado, foram registrados 314 CVLIs, dos quais 76 foram considerados feminicídio”. (JC)
http://www.afogadosveiculos.com/

50% das vítimas de estupro têm até 13 anos

Da Folha de PE
Do total de 22.918 casos de estupro registrados pelo sistema de saúde em 2016, 50,9% foram cometidos contra crianças de até 13 anos. As adolescentes de 14 a 17 são 17% das vítimas e 32,1% eram maiores de idade. A proporção não se mantém estável nos últimos 10 anos.
Os dados fazem parte do estudo Atlas da Violência 2018, apresentados na última terça (5) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).
O Atlas da Violência aponta uma discrepância dos dados da saúde com os das polícias brasileiras, que registraram 49.497 casos de estupro no ano, conforme 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Segundo o pesquisador do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) David Marques, os dois dados são subestimados.
“Os estudos mais conservadores estimam que o número de registros equivale a, no máximo, 10% da quantidade real de estupros de cada ano, ou seja, esse número é muito pior. Isso em grande medida tem a ver com a confiança que essas vítimas podem ter no próprio sistema de segurança ou de saúde, da forma como vai ser acolhida e da resposta pública a ser oferecida para a situação dramática que estão enfrentando”.
Estimativas de outras pesquisas apontam que mais de 1 milhão de pessoas podem ser vítimas de violência sexual por ano no Brasil. O Atlas aponta que, nos Estados Unidos, apenas 15% dos estupros são reportados à polícia. “Caso a nossa taxa de subnotificação fosse igual à americana, ou, mais crível, girasse em torno de 90%, estaríamos falando de uma prevalência de estupro no Brasil entre 300 mil a 500 mil a cada ano”, diz o texto.
Para Marques, o tema é delicado e de difícil tratamento no Brasil. “Os dados de estupro são sempre muito complicados de se trabalhar, existe um tabu muito grande em se falar sobre esse crime na sociedade brasileira de forma geral. Sempre tem uma desconfiança muito grande com relação à vítima, situação em que isso se dá e uma dificuldade muito grande na produção de prova, quando a gente vai falar do processamento desses crimes.”
De 2011 para 2016, houve crescimento de 90,2% nas notificações de estupro no país. Os pesquisadores atribuem os dados ao aumento da prevalência de estupros; aumento na taxa de notificação levada por campanhas feministas e governamentais ou a expansão e aprimoramento dos centros de referência que registram as notificações. O número de centros de saúde que tiveram pelo menos uma notificação aumentou 124,2% no período e o número de municípios que passaram a ter notificações subiu 73,5%, o que corrobora com a terceira hipótese.
O Atlas aponta ainda para a vulnerabilidade das pessoas com deficiências física e/ou psicológica. Cerca de 10,3% das vítimas de estupro tinham alguma deficiência. Desse total,31,1% tinham deficiência mental e 29,6% transtorno mental. As pessoas com algum tipo de deficiência também representam 12,2% do total de casos de estupros coletivos.
Quanto ao perfil do agressor, David Marques lembra que muitas vítimas conhecem quem os agride e violenta. “Nos casos de crianças até 13 anos, 30% dessas vítimas são violentadas por familiares e próximos, como pais, irmãos e padrastos. Entre as adultas, 46% foram vítimas de uma pessoa que de alguma forma elas conheciam. Elas sabem dizer o nome, tem alguma proximidade. Isso nos ajuda a racionalizar um pouco o debate, no sentido de pensar que o agressor é sempre o outro, o desconhecido, quando não. Muitas vezes essa relação de proximidade enseja essa situação de violência”.
http://www.blogtvwebsertao.com.br/search/label/EVENTOS%20ELITE%20DIGITAL

Por 8 a 2, STF decide suspender voto impresso nas próximas eleições

Por 8 a 2, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira, 6, suspender a implantação do voto impresso nas próximas eleições, atendendo a um pedido de medida cautelar feito pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge. O uso do voto impresso para as eleições deste ano foi aprovado pelo Congresso Nacional em 2015, na minirreforma eleitoral.
Posicionaram-se contra a implantação do voto impresso os ministros Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Marco Aurélio Mello, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski, Celso de Mello e a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia. Para eles, a medida representava um risco ao sigilo do voto e à confiabilidade do processo eleitoral.
O relator da ação, ministro Gilmar Mendes, decidiu submeter o pedido de medida cautelar para barrar o voto impresso diretamente ao plenário da Corte. Na sessão, o relator defendeu a implantação gradual da medida, de acordo com a disponibilidade de recurso e as possibilidades do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Apenas o ministro Dias Toffoli concordou com Gilmar.
“Eu não entendo como ilegítima a proposta de o Congresso adotar o voto impresso, mas considero que esse processo há de se fazer de maneira segura”, disse Gilmar. Em seu voto, Gilmar destacou a experiência no Distrito Federal e em Sergipe com o voto impresso nas eleições de 2002.
“O experimento que se fez à época sobre a impressão do voto resultou, na verdade, num grande tumulto, porque todos nós sabemos que pelo menos os modelos atuais das impressoras suscitam uma série de problemas”, comentou.
http://www.afogadosveiculos.com/

Filme gravado na Ingazeira explora a identidade cultural do nordestino através de suas falas

Possibilitar a construção de novas narrativas e a representação de realidades diversas é o eixo central do projeto Documentando, que passou recentemente pelas cidades de Ingazeira e Iguaracy, no Sertão do Pajeú.
Idealizado pelo cineasta Marlom Meirelles com o objetivo de promover a interiorização da produção audiovisual, a iniciativa atravessa todas regiões do estado. A temporada 2018 vai percorrer 16 cidades pernambucanas e em cada município o projeto tem como principal viés a inclusão de grupos socialmente vulneráveis. As oficinas são gratuitas e abordam as etapas que envolvem a produção de um filme.
Na Ingazeira foi realizado o filme “Sertão Falado”, resultado de uma semana de aulas teóricas e práticas. O filme identifica um dicionário popular característico do povo sertanejo. Palavras e expressões do cotidiano como “butuca”, “pulga de cós” e “corda de laçar” são ditas e explicadas com muito bom-humor.
Os participantes da oficina conheceram todo o processo de realização de um documentário e os elementos fundamentais para a construção de um roteiro, produção, captação e edição de um vídeo digital. Além de ampliar o repertório no campo do audiovisual e o acesso aos principais conceitos e vanguardas da história do cinema, os alunos foram provocados a refletir sobre suas vivências e, a partir delas, pensar narrativas que contemplem questões sociais, de gênero, raça, territorialidade, identidade, entre outras.
A atividade fez parte da 4ª Edição da Mostra Pajeú de Cinema, que levou oficinas e exibição de filmes para Afogados da Ingazeira, Iguaracy e Ingazeira. Em breve será lançado o documentário “Ciola”, filmado no distrito de Jabitacá. O filme traz como personagem principal um típico homem do sertão, levantando importantes questões de gênero para debate.
Até agora, o Documentando já capacitou cerca de 1.000 pessoas. Este ano, serão mais 400. “A quarta temporada vem para dar continuidade a esta ação fomentadora, atendendo a um número mais expressivo de municípios e participantes”, pontua Marlom que comemora a parceria com entidades como as ONGs Mães pela Diversidade, que vai receber o projeto no mês de julho, e a Gestos, que presta assistência a soropositivos.
Pela primeira vez, povos indígenas da Tribo Xukuru, de Pesqueira, e da Tribo Pankararu, de Itacuruba, estão no roteiro das oficinas. “Em um momento político onde os brasileiros vêm sofrendo com a perda de direitos, o Documentando se propõe a ser uma ferramenta de reivindicação e transformação social”. (Nill Júnior)

Boletim na integra das ocorrências registradas, nos dias 06 e 07 de junho de 2018.

 
07/06/2018
FURTO
Município : São José do Egito-PE
Local : Rua 25 de Agosto, Centro, São José do Egito-PE.
Data/Hora : 070930JUN2018
Imputado : J. W. L. L, 29 anos, estado civil não informado, catador.
Endereço : morador de rua (rodoviária), São José do Egito-PE
Menor infrator : J. A. S. A, 16 anos, solteiro.
Endereço : Bairro São João, São José do Egito-PE.
Vítima : O. A. C, 19 anos, estado civil não informado, agricultor.
Endereço : Povoado de Piedade, Itapetim –PE.
Resumo : A ROCAM foi informada pela central da 3CPM, que alguns objetos teriam sido furtados da garagem da Itapemirim na noite anterior e que esses pertenciam à vítima acima citada. O policiamento chegando ao local foi informado por testemunhas de que alguns objetos do furto teriam sido encontrados com os moradores de rua que dormiam com frequência na rodoviária. Diante dos fatos, os envolvidos, bem como os objetos encontrados foram encaminhados à DP local para as providências legais cabíveis.
-------------------------------------------------------------
POSSE DE ENTORPECENTE
Município : Carnaíba-PE
Local : Rua da Cadeia, Bairro Planalto, Carnaíba-PE.
Data/Hora : 071030JUN2018
Imputado : C. G. S, 21 anos, casado, servente de pedreiro.
Endereço : Bairro Planalto, Carnaíba-PE.
Resumo : Durante abordagens a equipe da ROCAM avistou o imputado em atitude suspeita, ao procederem à busca pessoal foi verificado que ele estava fumando um cigarro, sendo constatado posteriormente que se tratava de um cigarro de Cannabis Sativa (maconha). Diante do fato, o envolvido foi conduzido à delegacia local para as providências legais cabíveis.
 -------------------------------------------------------------
 B – 02 AMEAÇA
Município : Itapetim-PE.
Local : Rua do Comércio, Zona Rural, Itapetim-PE.
Data/Hora : 070800JUN2018
Imputado : J. N.S, 71 anos, agricultor.
Endereço : Povoado de Piedade, Zona Rural, Itapetim-PE.
Vítima : G.T. A, 17 anos, solteiro.
Endereço : Povoado de Piedade, Itapetim-PE.
Resumo : A GT ordinária quando de serviço foi solicitada pela vítima, que relatou ter sofrido ameaça com uma arma branca (faca peixeira), pelo imputado. A vítima informou que após uma discussão com o imputado, seu genitor, o mesmo correu com a faca em punho na direção da vítima fazendo gestos de que iria esfaqueá-lo, que o mesmo com medo de sofrer alguma lesão se evadiu do local e acionou o policiamento. A guarnição chegando ao endereço localizou o imputado, que ao ser abordado, foi flagrado com a arma branca na cintura. Diante do fato o imputado foi detido e conduzido à DP local para as providências legais cabíveis.

BOM DIA - DEVOCIONAL DE HOJE E UMA SEXTA-FEIRA ABENÇOADA PARA TODOS!

"Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores." Mateus 6:12

Reflexão: Cada dia que passa, pecados pequenos e pecados grandes vão acumulando uma dívida que esmagaria qualquer esperança se não fosse o perdão de Deus. Só quando enxergamos o quanto devemos a Deus é que vamos entender como é pequena a dívida de nosso irmão para conosco. Para nos poupar da morte que o pecado traria, Jesus teve que morrer em nosso lugar. À medida que compreendemos o quanto Deus nos perdoou e o quanto Seu perdão custou, é que podemos perdoar quem pecou contra nós. Mas, o inverso também é verdade. Se não conseguimos perdoar o irmão é sinal de que ainda não compreendemos o quanto custou ao nosso Pai para que fôssemos perdoados. Está sendo difícil perdoar alguém? Tente pensar em quanto Deus já lhe perdoou e compare a sua dívida com a dívida do seu devedor.
Oração: Meu Pai, ajude-me a lembrar que o Senhor é também Pai de cada um que me deve. O Senhor deseja a paz e a reconciliação que só o perdão traz para cada um, inclusive eu. Te agradeço por me lembrar quão bom também para mim é o perdão que está ao meu alcance. Em nome de meu Senhor Jesus lhe agradeço por tudo. Amém.