PREFEITURA

xxxxxxxxxxxx

Gabarito do concurso da PMPE é divulgado

A Comissão de concursos da Universidade de Pernambuco (IAUPE) divulgou na tarde deste domingo (26) o gabarito da prova do concurso de soldados da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE).
O certame, que abriu 500 vagas para os postos da PM, foi realizado em vários locais do Estado pela manhã. Os candidatos podem conferir o resultado no site http://www.upenet.com.br.
Ao todo, 81.396 candidatos se inscreveram no concurso para disputar 500 vagas, com uma concorrência de 162,7 candidato por vaga. Os portões abriram às 7h da manhã e fecharam pontualmente às 8h. O exame terminou às 12h15.
⏩    Mostrar matéria completa  
A prova tem 60 questões objetivas de múltipla escolha, e um quesito discursivo. Vão cair assuntos de português, matemática, geografia, história e direitos e garantias fundamentais. Nesta primeira etapa estão previstos: a prova (realizadas neste domingo), exames médicos, teste de aptidão física e avaliação psicológica. A informação é do JC On Line.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
http://www.blogtvwebsertao.com.br/search/label/EVENTOS%20ELITE%20DIGITAL

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Centenas de veículos participaram durante o decorrer do último sábado do ADESIVAÇO promovido por Zeinha Torres e Equipe do 40 em Iguaracy

Durante o decorrer do dia deste último sábado (25), na propriedade de Lequinho, que fica às margens da PE 292, próximo a linha de trem, veículos fizeram fila para receberem adesivos dos candidatos que estão sendo apoiados pelo grupo ligado ao prefeito Zeinha (PSB). 
Veja acima o vídeo-clipe produzido por Bruno Lopes.
Para Deputado Estadual, o prefeito apoia Waldemar Borges (40640), para Deputado Federal, Zeinha está com João Fernando Coutinho (9090), já para o Governo do Estado, não poderia ser outro, o grupo estará apoiando a reeleição do Governador Paulo Câmara (40) e votando nos Senadores Humberto (130) e Jarbas (156).
Com muita atitude e animação, colaborares da campanha estiverem desde o inicio da manhã até o final da tarde colocando perfurados e adesivos em centenas de veículos, além de distribuírem outros materiais com a propaganda do 40. 
Durante o breve momento que passamos no evento, registramos a passagem de vereadores como Fábio Torres, Jorge Soldado, Tenente de Viana e Chico Torres também passaram por lá. Secretários municipais deram a sua força, a exemplo de Geraldo Messias (agricultura), Juliany Rabêlo (assistência), Joaudeni Cavalcante (saúde) e Luciano Santana (Obras).
No Pajeú não existe dúvidas de que Paulo Câmara sairá majoritário haja visto a quantidade de prefeitos que estão apoiando a sua reeleição. Além de Iguaracy, Paulo tem o apoio dos gestores em São José do Egito, Brejinho, Itapetim, Santa Terezinha, Afogados da Ingazeira, Ingazeira, Quixaba, Flores, Carnaíba, Triunfo e Solidão. Com Armando Monteiro os prefeitos de Tuparetama, Tabira e Santa Cruz da Baixa Verde. Os demais ainda não anunciaram apoio ou ficarão neutros.
VEJA TODAS AS FOTOS

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Capitã Myrelle é promovida ao posto de Major da Polícia Militar de Pernambuco

Atuante no setor da 3ª CIA, em São José do Egito, pertencente ao 23º Batalhão de Policia Militar sediado em Afogados da Ingazeira, no Sertão do Pajeú, a Capitã Myrelle Cândido de Oliveira, foi promovida ao cargo de Major da Policia Militar de Pernambuco.
É responsável pelo excelente trabalho de prevenção e combate ao crime na área de São José do Egito e ainda por prisões de elementos de alta periculosidade na região.
A Major Myrelle, foi promovida pelo principio da antiguidade Decente de acordo com a Lei Complementar n° 320, de 23 de Dezembro de 2015, através de proposta dirigida pelo Comandante Geral da Policia Militar de Pernambuco, para o Quadro de Oficiais Militares- QOPM da aludida corporação com efeito retroativo de 08 de Agosto de 2018.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

PAULO 40: Fique por dentro da agenda do GOVERNADOR do prefeito ZEINHA

Paulo Câmara
21 h ·
O Agreste sempre me recebe tão bem. Ganhei muitos abraços ontem em Caetés. Nós mostramos que estamos unidos para continuar trabalhando muito para atender os que mais precisam.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Aplicativo Pardal permite a eleitor fiscalizar e denunciar infrações na campanha eleitoral

A versão 2018 do aplicativo Pardal, desenvolvido pela Justiça Eleitoral para uso gratuito em smartphones e tablets, já está disponível para download nas lojas virtuais Apple Store e Google Play. Disponibilizada nesta quinta-feira (23), a ferramenta possibilita aos eleitores denunciarem infrações durante as campanhas eleitorais, atuando como fiscais da eleição e importantes atores no combate à corrupção eleitoral.
O Pardal pode ser utilizado para noticiar diversos tipos de infrações eleitorais, como as relativas à propaganda eleitoral, compra de votos, uso da máquina pública, crimes eleitorais e doações e gastos eleitorais.
Além do aplicativo móvel, o Pardal tem uma interface web, que será disponibilizada nos sites dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) para envio e acompanhamento das notícias de irregularidades.
Nas denúncias feitas por meio do Pardal, deverão constar, obrigatoriamente, o nome e o CPF do cidadão que as encaminhou, além de elementos que indiquem a existência do fato, como vídeos, fotos ou áudios. A autoridade responsável por apurar a notícia de infração poderá manter em sigilo as informações do denunciante, a fim de garantir sua segurança.
Em Pernambuco, as denúncias referentes às notícias falsas (fake news) publicadas em sites, blogs, redes sociais e outros meios digitais, serão aceitas através do aplicativo. Para tanto o cidadão deverá:
Se souber o município e endereço da sede do site, página, blog, etc, coloque os dados com tais referências.
⏩    Mostrar matéria completa  
Se não souber o município e endereço da sede do site, página, blog, etc, coloque nas opções “UF e município” a sua UF e o município de sua residência
Em ambos os casos, na opção “endereço ou ponto de referência” coloque a URL (informações que ficam disponíveis na barra de endereços do navegador na web ao se visitar uma página na internet) que faz referência à publicação supostamente falsa. Além disso, faça uma explicação sucinta sobre a denúncia e envie foto da tela do computador, tablet, telefone celular, ou outro meio digital de acesso à notícia.
A nova versão apresenta as mesmas funcionalidades da anterior (2016), com algumas melhorias: reformulação da infraestrutura e atualizações tecnológicas para aperfeiçoamento da performance do programa; possibilidade de registrar denúncias também contra partido e coligação; e aprimoramentos do sistema de triagem das denúncias, a fim de facilitar o trabalho de apuração por parte dos TREs e do Ministério Público Eleitoral (MPE).
Supostas irregularidades na propaganda eleitoral veiculada nas emissoras de TV ou rádio e bem como notícias de infrações relacionadas a candidatos aos cargos de presidente e vice-presidente da República, não serão processadas pelo Pardal. Nesses casos, o eleitor deverá encaminhar as eventuais denúncias pelos meios tradicionais.
A atualização de versão do aplicativo está prevista na Portaria TSE n° 745, de 22 de agosto de 2018, assinada pela presidente do TSE, ministra Rosa Weber.
http://www.tre-pe.jus.br/imprensa/noticias-tre-pe/2018/Agosto/eleicoes-2018-aplicativo-pardal-permite-a-eleitor-fiscalizar-e-denunciar-infracoes-na-campanha-eleitoral
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
http://www.blogtvwebsertao.com.br/search/label/EVENTOS%20ELITE%20DIGITAL

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Duas jovens são encontradas mortas em Pernambuco

 
Keylla (à esquerda) e Marcela (à esquerda) foram encontradas mortas em engenho na zona rural de Ipojuca (Foto: Reprodução/Internet)
Duas jovens foram encontradas mortas na zona rural do município de Ipojuca, no Grande Recife, na manhã desse sábado (25). Segundo a Polícia Civil, os corpos de Marcela Maria da Silva, de 19 anos, e Keyla Márcia de Araújo França, de 23 anos, estavam na PE-042, em uma localidade conhecida como Engenho Maranhão, no distrito de Nossa Senhora do Ó.
As vítimas foram mortas a tiros. Testemunhas informaram que, na sexta-feira (24), um carro entrou no engenho e, logo em seguida, disparos de arma de fogo foram ouvidos. O caso é investigado pelo delegado Jorge Ferreira, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil.
⏩    Mostrar matéria completa  
Durante a tarde, as famílias das duas jovens foram ao Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, no Centro do Recife. Os parentes delas disseram que as jovens foram vistas pela última vez na sexta-feira (24) e não eram consideradas desaparecidas desde então. (G1)
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
http://www.blogtvwebsertao.com.br/search/label/EVENTOS%20ELITE%20DIGITAL

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

9090: Fique por dentro da agenda do FEDERAL que mais investiu em Iguaracy na sua história!

João Fernando Coutinho
18 h ·
Sabemos que os aguapretanos são politizados, conscientes. Já sofreram na pele quando gente sem compromisso se aventurou no poder. Nós somos a verdadeira representação de Água Preta, a maior representação da cidade na Câmara Federal. A população sabe dos mais de R$ 4 milhões em emendas que pagamos e apontamos para a saúde, saneamento, turismo e esportes. Por isso, está fechada com o

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

40640 - Fique por dentro da agenda do ESTADUAL (esse é ficha limpa) do prefeito ZEINHA

Deputado Waldemar Borges
14 h ·
Na inauguração do comitê de Danilo Cabral, um amigo de muitas anos e de muitas lutas. Renovar seu mandato é levar pra Câmara dos Deputados um dos melhores quadros que temos na política.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Evangelista faz um alerta para quem pensa em suicídio

 "A Bíblia deixa bem claro pra gente que a vida e a morte estão no poder da língua", diz apresentador.
O evangelista americano Chad Daniel, através de seu programa Youth Bytes, preparou um vídeo específico sobre o suicídio, num lugar chamado “mar de árvores”, no Japão, conhecido por ser o “melhor local” para se despedir da vida. Chad é conhecido por pregar o Evangelho a jovens e adolescentes de forma radical.
Segundo ele, existem dois lugares mais famosos onde as pessoas tiram a própria vida: a Ponte Golden Gate, em São Francisco, EUA e o Mar de Árvores, floresta Aokigahara, no monte Fuji, Japão.
Quando Chad escolheu a floresta japonesa para gravar seu programa, ele tinha em mente mostrar um livro popular no Japão que é vendido como um “manual completo de suicídio” e que tem inspirado muitos japoneses a cometer o ato.
O livro da morte
O apresentador explica que é muito comum encontrar no Japão manuais para quase tudo. “Este livro, satanicamente inspirado, sem dúvida, tem plantado sementes no coração de jovens e velhos, de que o ‘mar de árvores’ é o local ideal para se enforcar, se envenenar”, disse ele com o livro em mãos.
Com a ajuda de jovens locais, ele conheceu o lugar e a história do livro. De acordo com as informações recebidas, o evangelista conta que quando o livro começou a circular, um número muito maior de suicídios começou a acontecer.
Depois disso, a imprensa passou a divulgar as mortes em proporções epidêmicas, fortalecendo ainda mais o ‘fenômeno mar de árvores’ que foi uma sequência de suicídios no Japão, como explica Chad.
Na maioria dos casos de suicídio cometidos na floresta, havia o livro no local do incidente. O evangelista coloca em questão como algo tão pequeno e aparentemente inofensivo como um livro, pode infectar milhares de pessoas, ensinando que o suicídio é algo bom, além de ensinar como fazê-lo.
⏩    Mostrar matéria completa  
Índice de suicídios no Japão
Até hoje, os japoneses enxergam o local como assombrado e há muitas lendas acerca da floresta e algumas a relacionam com demônios, fantasmas e espíritos malignos. O “mar de árvores” também é um local conhecido como “floresta da morte”.
Em 2002, 78 pessoas se suicidaram por lá e em 2003, esse número chegou a 1008, quando deixou de ser divulgado pelo governo, na tentativa de diminuir a relação da floresta com o suicídio. Placas de alerta em japonês e em inglês foram colocadas ao longo das trilhas, para que as pessoas reconsiderassem suas decisões.
A maioria das mortes eram casos de asfixia ou enforcamento, como o próprio livro ensina. Mas, para Chad, o livro não é responsável pelos suicídios. “Ele é só um catalizador para aqueles que já consideraram dar esse passo definitivo”, explica.
“A publicidade que os suicídios ganharam em todo país, transformaram esse lindo lugar num local de muito terror e tensão, principalmente à noite”, lamentou e continuou: “Este é o paralelo que existe aqui, vida e morte andam juntas. Alguns decidem desfrutar o que está à disposição, outros escolhem se esconder e correr para a floresta, para nunca mais serem vistos”.
O poder das palavras
“Cuidado com o que você leva ao seu coração, todos os dias. A Bíblia deixa bem claro pra gente que a vida e a morte estão no poder da língua. As palavras têm poder, quer sejam faladas, quer sejam escritas”, Chad alerta.
Segundo ele, se uma pessoa estiver “perdendo seu tempo com livros como este manual de suicídio” e estiver sempre envolvida com aspectos que promovem a depressão e a morte, esse será o resultado final.
“Estamos sempre batendo na mesma tecla: é o princípio da semente! Uma vez que você planta a semente na terra, vai haver uma colheita”, ele disse.
Na opinião do apresentador “o inimigo usa livros como esse para fisgar aqueles que não tem relacionamento com Deus”.
O livro da vida
“Se isso acontece com esse livro, então imagine a magnitude do que acontece com a palavra de Deus”, compara. Chad, em suas palavras, entende a Bíblia como um futuro de esperança.
“Você começa a entender que a vida é mais do que a dor temporária que você está sentindo […]. Ainda que esteja considerando cometer suicídio, no fundo do seu coração, você quer ser achado”.
“Você não planejou isso sozinho, não mesmo. Você teve uma força maior atuando nisso. Esses pensamentos que tem te atormentado, eles não são seus. Essas emoções que parecem te envolver como um cobertor molhado também não são suas”, continua.
E depois explica que, quando alguém chega nesse ponto “é só você, sua mente, sua alma e seu Deus. Você vai ter que encará-lo. Você vai ter que dar uma explicação a Ele sobre o motivo de ter escolhido desistir do maior presente que você já recebeu, que é a vida”. E finaliza: “O céu nunca vai desistir de você!”.
Assista!
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
http://www.blogtvwebsertao.com.br/search/label/EVENTOS%20ELITE%20DIGITAL

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Tirar o Estado do cangote do produtor e propor a criminalização das invasões de terras como “terrorismo” são propostas de Bolsonaro.

O candidato do PSL ao Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro, criticou nesse sábado (25), em entrevista à TV TEM (afiliada da TV Globo), a atuação do Ministério Público do Trabalho, que ele classificou de obstáculo para o desenvolvimento do país. Ele disse que, se eleito, vai “tirar o Estado do cangote do produtor”.
O presidenciável cumpriu agenda na manhã desse sábado no município de Catanduva, no noroeste de São Paulo. Natural de Glicério (SP), Bolsonaro está há quatro dias fazendo campanha no interior paulista.
“O maior incentivo que a gente pode dar com o setor produtivo é tirar o Estado do cangote do produtor. Por outro lado, conversando com a nossa equipe econômica, nós temos que desburocratizar e desregulamentar muita coisa, de forma que aquela pessoa que queira empregar não seja refém do Estado”, declarou o candidato na entrevista à TV Tem.
⏩    Mostrar matéria completa  
“Conversei com um piscicultor agora há pouco aqui [Catanduva] sobre as dificuldades, imposto, energia cara e licença ambiental. Um país que tem um Ministério Público do Trabalho atrapalhando não tem como ir para frente”, complementou.
Em Catanduva, na manhã deste sábado, Bolsonaro fez um discurso em carro de som na Praça da República.
Na manifestação aos apoiadores de sua campanha, ele voltou a repetir os mesmos temas que tem abordado em todos os seus atos de campanha. Mais uma vez, ele declarou que, caso vença a eleição, vai propor a criminalização das invasões de terras como “terrorismo”, dará retaguarda jurídica para policiais usarem armas de fogo no exercício do trabalho sem risco de serem processados criminalmente e vai incentivar que a população se arme para, segundo ele, reagir contra a criminalidade. (G1)
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
http://www.blogtvwebsertao.com.br/search/label/EVENTOS%20ELITE%20DIGITAL

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Pernambuco cria protocolo para combater feminicídios

Mulheres continuam sen­do assassinadas em todo o Brasil unicamente pela condição de serem mulheres. Crime que, desde 2015, graças a um decreto-lei, passou a ser chamado defeminicídio e considerado hediondo. Nesta sexta-feira, a Polícia Civil de Pernambuco, dentro de uma operação nacional batizada de Cronos, cumpriu quatro mandados de prisão nos municípios de Recife, Goiana, Caruaru, Afogados da Ingazeira, além de outros dois mandados cumpridos antecipadamente no dia 22, no Cabo de Santo Agostinho, visando combater esse tipo de crime.
Em todo o País, a Operação Cronos prendeu 643 suspeitos, como pode ser visto mais detalhadamente no caderno Brasil. Alguns dos responsáveis por fazer com que o País registrasse, em 2017, o alarmante número de 4.539 mulheres assassinadas, dos quais 1.133 foram considerados feminicídios. Um aumento expressivo se comparado ao ano de 2016, quando foram registrados 929 casos do tipo. Na contramão, Pernambuco, que teve 112 feminicídios registrados em 2016, diminuiu o número para 76, em 2017, saindo da 6ª para a 9ª posição no ranking nacional. A maior redução percentual (-32,6%) na taxa anual. Esses dados são do Fórum Nacional de Segurança Pública, baseados nos dados da Secretaria de Defesa Social (SDS) que aponta, ainda, 2018 com 29 registros de feminicídios até o mês de julho.
⏩    Mostrar matéria completa  
“Isso porque as mulheres passaram a ter uma maior percepção do que é a Lei Maria da Penha, criada há 12 anos, e passaram a procurar ajuda. Existe toda uma rede que vai crescendo e se fortalecendo para aplicar essas leis e proteger as mulheres”, explica a secretária da Mulher de Pernambuco, Silvia Cordeiro, que anunciou, ontem, a criação de um protocolo inédito no Brasil criado para fortalecer o combate à violência de gênero. O protocolo, que adere às diretrizes do Modelo Latino-Americano de Investigações de Mortes Violentas de Mulheres por Razões de Gênero, indicado pela ONU, será lançado na próxima terça-feira. Trata-se do primeiro documento do país estruturado em forma de Resolução Conjunta, realizado com a participação das secretarias estaduais da Mulher, Justiça e Direitos Humanos, Defesa Social, Defensoria Pública, Tribunal de Justiça de Pernambuco e Ministério Público de Pernambuco (MPPE).
Rio de Janeiro, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Piauí e Maranhão possuem o protocolo, mas em sistemas isolados e com atuação separada. “Para dar sustentabilidade e fazer articulações entre as instituições, o protocolo vai ser único. A Polícia sabe como o Ministério vai atuar, que por sua vez sabe os passos que a polícia fez para chegar a essa evidência. A gente quer que esses profissionais tenham um trabalho coordenado”, ressalta Silvia Cordeiro. De acordo com a secretária, é um instrumento que fará com que os profissionais do sistema de segurança e de justiça comecem a fazer o trabalho de investigação, processo e julgamento a partir de uma perspectiva de gênero.
“Então, vamos ter estatísticas reais de quantas mulheres ainda estão sendo assassinadas por essa condição e atuar na prevenção. Daí a importância de se dar o nome correto para esse tipo de crime, feminicídio.” O decreto que alterou a nomenclatura de crime passional para feminicídio foi assinado há quase um ano, no dia 4 de setembro de 2017, pelo governador Paulo Câmara, e foi o primeiro passo para a criação do protocolo. “O segundo foi instituir o Grupo de Trabalho Interinstitucional sobre Feminicídio. E agora o protocolo. Mas essas normas sozinhas não vão acabar com o problema. A sociedade tem que entender que todo esse crime está organizado em cima de uma cultura machista, patriarcal, o feminicídio é mais um resultado. Está na cultura. É preciso realmente um esforço da sociedade de trazer os homens para esse entendimento. O movimento de mulheres está fazendo a sua parte, pedindo para que deixem elas em paz. É possível mudar essa cultura”, espera Silvia. Um exemplo de iniciativa que vai de contra essa estrutura machista e patriarcal citada por Silvia é a Aqualtune Produções.
A produtora foi criada pela jornalista Lenne Ferreira há quase um ano para dar visibilidade a mulheres negras de periferia que tentam se inserir no mercado cultural, mas enfrentam várias dificuldades. “A Aqualtune surgiu assim porque eu fui reclamar a um produtor da cidade que fazia shows de MC e não tinha mulher. E ele disse: ‘Está achando ruim? Faz tu.’ É uma dificuldade enorme produzir mulheres de periferia porque elas muitas vezes não têm sequer a passagem. A gente se ajuda porque muitas vezes nem sapatos elas têm para poderem se apresentar. Porque mulher preta e periférica não tem dinheiro para essas coisas”, afirma Lenne.
Ela explica, ainda, que muitas dessas mulheres ainda precisam enfrentar problemas psicológicos causados a partir das várias violências às quais foram submetidas ao longo da vida. “Muitas são violentadas, são ansiosas. É muito difícil. Já tive que sair correndo para socorrer algumas delas. Depois de tudo isso a gente ainda tem que lidar com os homens que vêm com piadinhas para cima da gente, xingando. E aí a gente para e se pergunta pelo que está lutando, por que estamos gastando a energia toda da gente nisso? As pessoas não entendem e nem nunca vão entender.”
Lenne aponta Negrita MC como exemplo de artista que precisa enfrentar várias batalhas para poder trabalhar na área. “Ela não pode pegar o cachê e investir na carreira dela, tem que pagar o aluguel que está atrasado, sustentar o filho. Isso é muito sério. Como é que uma artista tem seis anos de carreira e não tem um disco gravado? Qual o problema aí? Estrutural.” Aos 22 anos, e com um filho de um ano, Negrita MC conta com essa rede de apoio para reescrever a própria história.
“Às vezes tenho que levar meu filho comigo para os eventos abertos porque eu não tenho com quem deixar. E aí as outras mulheres chegam junto, tomam conta, enquanto eu me apresento. Tirar o sustento disso é muito difícil, eu não tenho um emprego. Às vezes, os produtores querem ganhar dinheiro em cima da gente porque é mulher que canta rap, mas não é assim. Existe toda uma demanda atrás dessa mulher, que não quer ser só paga. A gente quer ser representada, respeitada. Fora que existe uma objetificação enorme do corpo da mulher no meio artístico e isso tudo é muito difícil para a gente.”
De acordo com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o Brasil registrou, em 2017, 60.018 casos de estupros, um a cada dez minutos. Violência muitas vezes fruto dessa objetificação reclamada por Negrita. Em Pernambuco, 1.287 casos de estupros registrados de janeiro a julho de 2017, e 1.412 no mesmo período de 2018. Um aumento de 10%. Maria Dolores Fastoso, uma das coordenadoras à frente do Coletivo Mulher Vida, que combate a violência doméstica, sexual e sexista, acredita na força das iniciativas da sociedade civil na luta pelo fim do ciclo da violência contra a mulher e reverter números alarmantes como esses.
“Muitas vezes essas violências acontecem dentro de casa, e são imperceptíveis, até que se chega a um extremo que é denunciado. Então o problema é muito maior e o trabalho precisa ser feito de forma mais integrada.” O Coletivo Mulher Vida existe desde 1991 e tem sede em Olinda, ajudando a encaminhar mulheres, do Grande Recife, vítimas de violência, em busca de seus direitos. “Apesar de todas essas leis, os serviços continuam muito precários, tem uma perspectiva muito jurídica. E a violência muitas vezes deixa uma série de outras sequelas na mulher que o jurídico apenas não é o suficiente. É preciso ter um olhar mais objetivo. Então trabalhamos com o acolhimento, desde o primeiro momento”, explica Dolores.
“Trabalhamos o empoderamento da mulher, para que ela consiga isso. Com promoção de cursos, com apoio psicológico. Não trabalhamos com o agressor, mas com toda a família. A partir do momento em que essas mulheres criam noção da situação de violência em que estão inseridas, se emponderam, elas têm mais chance de sair desse ciclo.”
Empoderamento
As discussões sobre violência de gênero abrangem as mais diversas esferas da sociedade, inclusive no mundo literário. O Projeto Leia Mulheres, lançado no Brasil em 2015, faz parte de uma onda internacional que questionou a presença de apenas 14 escritoras em uma lista de 101 autores indicados para “entender o século”, viralizada nas redes sociais e sites. Reconhecendo que o mercado editorial ainda é muito restrito e as mulheres não possuem tanta visibilidade, o Leia Mulheres está presente em quase 100 municípios brasileiros trazendo a discussão.
Em Pernambuco, os grupos se reúnem no Recife e em Belém de São Francisco. Os encontros na Capital Pernambucana acontecem há três anos, atualmente no Centro Cultural Benfica. “É um grupo de leitura aberto a quem quiser comparecer, mulheres e homens. Tem escritoras que atraem um público maior, 20, 25 pessoas, mas no geral vão umas 15 em cada reunião“, explica Carol Almeida, uma das mediadoras do Leia Mulheres.
Em setembro, aniversário do projeto na cidade, o grupo vai acompanhar duas obras: Morfologia da dor, de Julia Larré e Fragmentos da não-existência, de Ana Nepô. “São os livros que venceram o Prêmio Nacional Mariposa Cartonera de Literatura Escrita por Mulheres em 2017 e estão sendo lançados pela Cepe. Vai ser dia 17 de setembro.” Os encontros, de acordo com Carol, acabam virando uma terapia. “Isso acontece porque, inevitavelmente, seja nas entrelinhas seja na enunciação expressa das palavras que correm algumas das histórias e personagens com as quais cruzamos, existem narrativas de fortalecimento entre as mulheres, há respostas a algumas violências ditas ou não-ditas”, defende Carol.
“Não é difícil que, em meio a debates sobre prosa ou poesia, a gente se encontre falando e curando nossos próprios traumas não somente a partir da literatura, mas fundamentalmente com ela. Nesse percurso, várias fichas e lágrimas caíram, assim como vários novos afetos e relações de cumplicidade foram estabelecidos. E o fato de que priorizamos nesse último ano ter uma equivalência no grupo entre escritoras negras e brancas ajudou muito nesse processo.” Leia mais em Panorama página 16. (Via: Folha PE)
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Ação contra homicídio e feminicídio prende mais de 2,6 mil pelo país

Mais de 2,6 mil pessoas em todo o país foram presas durante a Operação Cronos, deflagrada nesta última sexta-feira (24) para combater homicídios e feminicídios. No total, 2.627 pessoas foram presas, e 341 adolescentes, apreendidos. A ação aconteceu de forma integrada entre o Ministério da Segurança Pública e o Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil.
De acordo com o conselho, 42 pessoas foram presas por feminicídio, 404 por homicídio, 289 por crimes relacionados à Lei Maria da Penha, e 640 foram autuados em flagrante por posse ou porte irregular de arma de fogo, tráfico de drogas e outros crimes. Outras 1.252 pessoas foram detidas em decorrência de mandados de prisão expedidos por outros crimes.
Foram também apreendidas 146 armas de fogo e aproximadamente 383 kg de entorpecentes, como maconha, cocaína e crack. Mais de 7,8 mil policiais civis em todos os 26 estados e no DF participaram das ações.
⏩    Mostrar matéria completa  
A Operação Cronos foi definida em maio pelo Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil. Em nota, o presidente da entidade, delegado Emerson Wendt, disse que esse é o trabalho prioritário das polícias civis. Ele defende a importância operacional da investigação criminal e o quanto ela pode ser efetiva no combate à criminalidade.
Sistema Único de Segurança Pública
Para o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, a operação integrada é um exemplo de como funcionará o Sistema Único de Segurança Pública, em vigor desde junho, após a sanção da Lei nº 13.675/2018. “O que nos importa é a proteção e a garantia da vida, sobretudo combater o feminicídio, esse crime covarde e inaceitável. Todos são, mas alguns são mais graves e repulsivos, sobretudo contra mulheres”, afirmou Jungmann, também em nota.
Cronos é o grande deus do tempo na mitologia grega. O nome da operação está relacionado com a redução do tempo de vida da vítima de homicídio ou feminicídio. Além disso, com a prisão do criminoso, também lhe é retirado tempo para a prática de novos delitos. (Via: Agência Brasil)
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Em ação nacional contra feminicídio, polícia prende seis pessoas em Pernambuco

Uma operação nacional da Polícia Civil foi deflagrada, nesta sexta-feira (24), em 17 estados do Brasil em combate ao feminicídio. Intitulada de Operação Cronos - em alusão à supressão do tempo de vida da vítima, reduzido pelo autor do crime -, a ação cumpriu, em Pernambuco, seis mandados de prisão. Quase 5 mil policiais civis em todo o país participaram da ação.
A maioria dos mandados em Pernambuco - quatro - foi cumprida nesta sexta nos municípios do Recife e Goiana, na Região Metropolitana do Recife (RMR); Caruaru, no Agreste; e Afogados da Ingazeira, no Sertão. Outro dois mandados foram cumpridos na última quarta (22) no Cabo de Santo Agostinho, também na RMR.
De acordo com a polícia, os mandados no Cabo precisaram ser antecipados para preservar a vida da vítima. “A Policia Civil de Pernambuco, com este tipo de ação, visa a diminuir a violência contra a mulher”, afirmou a gestora do Departamento de Polícia da Mulher (DPMUL), delegada Julieta Japiassu.
⏩    Mostrar matéria completa  
Os dois mandados foram contra Max Muller da Silva, de 29 anos, e Leonardo Manoel da Silva, 35. O primeiro foi preso por ameaçar a ex-companheira, além de ter histórico criminal por homicídio, tráfico e porte de arma de fogo. Já o segundo foi preso por descumprimento de Medida Protetiva.
Os outros presos foram Saulo Nóbrega de Morais, de 37 anos, que agrediu a ex-companheira quando ela pedia ajuda para sair de um bar; Christiano de Oliveira Malaquias da Silva, 29, por estuprar uma menina de 11 anos em 2015; Kleyton José Tavares Bandeira, 23, foi preso pela terceira vez por lesão corporal contra a ex-esposa.
O sexto mandado de prisão foi contra Expedito Luiz de Lima, 37, que, segundo a polícia, possui longo histórico de violência doméstica. Ele Foi preso descumprindo medida protetiva que determinava o afastamento em relação à ex-esposa e também ameaçava a vítima de morte.
Maria da Penha
A Operação Cronos acontece no mesmo mês em que a Lei Maria da Penha completa 12 anos. Para diminuir os registros de crimes contras as mulheres, a Polícia Civil de Pernambuco vai lançar, na próxima semana, uma ferramenta que deve ajudar as mulheres. “No Protocolo de Feminicídio do Estado de Pernambuco, haverá as diretrizes para prevenir, investigar, processar e julgar o feminicídio no Estado”, explicou a delegada Julieta Japiassu.
Material genético
A Operação Cronos teve o apoio do Ministério da Segurança Pública e foi coordenada pelo Conselho Nacional dos Chefes de Polícias Civis. A ação foi definida em julho, durante reunião com o ministro Raul Jungmann. As investigações contaram com o apoio da coleta de material genético que deve chegar a um banco de dados até o fim do próximo ano com 130 mil DNAs. (Via: Folha PE)
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

HUMOR: VEJA AQUI AS 3 MELHORES CHARGES DO DIA:


Esta charge do Samuca foi publicada em

Esta charge do Iotti foi publicada em

Esta charge do Duke foi publicada em

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Boletim na íntegra das ocorrências registradas neste domingo, dia 26 de agosto de 2018.

(VEÍCULO ROUBADO/FURTADO RECUPERADO)
Município : Afogados da Ingazeira-PE.
Local : Centro, Afogados da Ingazeira-PE.
Data/Hora : 261140AGO2018.
Resumo : A Central de Operações tomou conhecimento de uma moto abandonada e que o veículo possuía queixa de roubo/furto. De imediato a ROCAM 23.810 foi acionada para ir ao local verificar. O policiamento localizou uma motocicleta Honda CG 150 TITAN ESD, ano 2012/2013, cor vermelha, placa PFX 4012, que segundo populares, estava abandonada no local desde o dia anterior. Ao realizar consulta no Sinesp Cidadão, confirmou-se que a referida moto possuía queixa de roubo/furto no sistema, sendo constatado também que a numeração do chassi e do motor estavam picotados, não sendo possível identifica-los. Diante do exposto, a motocicleta foi entregue na delegacia para adoção das medidas legais cabíveis.
-----------------------------------------------------------
(PORTE DE ENTORPECENTE)
Município : Afogados da Ingazeira-PE.
Local : Centro, Afogados da Ingazeira-PE.
Data/Hora : 261440AGO2018.
Imputado : R. F. da S., 21 anos, solteiro, ajudante geral.
Endereço : Centro, Princesa Isabel-PB.
Resumo : Durante a Operação Carrossel de Fogo a ROCAM 23.810 flagrou o imputado em atitude suspeita, ao procederem à abordagem foi encontrado na cintura dele uma pequena porção de Cannabis Sativa (Maconha), aproximadamente 2g acondicionadas em um plástico, pronta para o consumo. Ao ser indagado, ele afirmou ser usuário da droga. Diante do fato, o imputado foi apresentado na delegacia local para adoção das medidas legais cabíveis.
⏩    Mostrar matéria completa  
-----------------------------------------------------------
(POSSE DE ENTORPECENTE)
Município : Tabira-PE.
Local : Centro, Tabira-PE.
Data/Hora : 261830AGO2018.
Imputado : M. A. G. S. C., 29 anos, casado, motorista.
Endereço : Centro, Tabira-PE.
Resumo : Durante a Operação Carrossel de Fogo a GT 23.211 se deparou com o imputado em atitude suspeita, durante a abordagem o policiamento encontrou em uma de suas mãos um “Big-Big” de Cannabis Sativa (maconha). Diante do fato, o imputado e o entorpecente apreendido foram passados a disposição da delegacia local para as providências cabíveis.
-----------------------------------------------------------
(AMEAÇA) (AGRESSÃO)
Município : Quixaba-PE.
Local : Zona Rural, Quixaba-PE.
Data/Hora : 261630AGO2018.
Imputado : J. R. M., 42 anos, solteiro, agricultor.
Endereço : Zona Rural, Quixaba-PE.
Vítima : J. E. T. da S., 10 anos, solteiro, estudante.
Endereço : Zona Rural, Quixaba-PE.
Resumo : A GT 23.142 foi acionada pela a Central de Operações do 23º BPM para averiguar uma denúncia de agressão a uma criança. A genitora da vítima relatou que o imputado (seu vizinho) havia agredido e ameaçado seu filho, segurando-o pelas mãos e pelo pescoço, e que ele só parou porque outros vizinhos interviram as agressões. Após diligências o policiamento localizou o acusado, o qual foi detido e conduzido a delegacia local as providências legais cabíveis.
-----------------------------------------------------------
(VIOLÊNCIA DOMÉSTICA)
Município : Tabira-PE.
Local : Bairro Vitorino Gomes, Tabira-PE.
Data/Hora : 261905AGO2018.
Imputado-1 : M. B. da S., demais dados não informados.
Endereço : Bairro Vitorino Gomes, Tabira-PE.
Imputado-2 : A. B. da S., demais dados não informados.
Endereço : Não Informado.
Vítima-1: : G. C. V., 37 anos, amasiada, agricultora.
Endereço : Bairro Vitorino Gomes, Tabira-PE.
Vítima-2: : E. C. dos S., 04 anos, estudante.
Endereço : Bairro Vitorino Gomes, Tabira-PE.
Resumo : A GT 23.211 foi solicitada pela Guarda Municipal para averiguar uma ocorrência de violência doméstica no endereço supracitado. Ao chegarem, a vítima-1 relatou que o seu companheiro (imputado-1), chegou em casa bastante violento e agrediu seu filho de apenas 4 anos (vítima-2), relatou ainda que ao tentar defender a criança, a vítima -1 foi espancada pelo seu cunhado (imputado-2). Após as agressões os imputados deixaram o local. O policiamento diligenciou, mas os acusados não foram localizados. Diante do exposto, a ocorrência foi passada a delegacia local para adoção das medidas legais cabíveis.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
http://www.blogtvwebsertao.com.br/search/label/EVENTOS%20ELITE%20DIGITAL

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

DEVOCIONAL: UM BOM DIA E UMA SEGUNDA-FEIRA ABENÇOADA PARA TODOS!

"Vinde, pois, e arrazoemos, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã." Isaías 1:18

Reflexão: É errado pensar que somente pessoas "boas" chegam ao céu e que as "más" vão para o inferno. Nem bons nem maus vão para o céu, mas somente aqueles que receberam a justiça de Deus pela graça e confessaram Jesus como Senhor e Salvador. Somente o Filho de Deus, Jesus Cristo, tem o poder de perdoar pecados. Só Ele pode tirar nossa culpa e tomar sobre Si os pecados de todos os homens porque só Ele é o Filho de Deus, só Ele é sem pecado, só Ele é justo e morreu em nosso lugar para que tenhamos a vida eterna.
Oração: Pai querido, ainda que eu esteja tão contaminado pelo pecado e envolvido com coisas terríveis, ainda que eu esteja vivendo uma vida totalmente desviada do Seu caminho, e por pior que seja a minha condição de vida, ainda assim o Senhor me ama e perdoa meus pecados. Por isso eu lhe agradeço verdadeiramente, e clamo a ti para que torne minhas vestes brancas como a neve, quero santificar minha vida e permanecer exatamente no centro da Sua vontade. Eu oro em nome de meu Senhor Jesus. Amém.
Que a Paz de DEUS esteja sempre com você!

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...