Manifestantes ocupam orla de Copacabana, no Rio, em defesa de Moro e Bolsonaro

Os participantes do protesto criticam o vazamento de suposta troca de mensagens entre procuradores da Lava-jato e o atual ministro da Justiça Sergio Moro, revelada pelo site 'The Intercept Brasil'. O MBL divulgou uma nota dizendo que não pode deixar a Lava-jato ser atacada sem ser defendida. Os atos foram convocados pelas redes sociais.
Foto: Reprodução / Globo News