Estudo mostra que crianças que vão a Igreja tornam-se adultos mais felizes

Uma pesquisa publicada na American Journal of Epidemiology indicou que as crianças que participam de algum culto religioso têm mais probabilidades de serem adultos felizes.
Os pesquisadores entrevistaram mais de 5 mil crianças e adolescentes de 8 a 14 anos de idade. A pesquisa aconteceu entre 1989 a 2013.
Os participantes do estudo que frequentavam cultos religiosos pelo menos uma vez na semana tiveram 18% a mais de probabilidade de levar vidas mais felizes do que aqueles que não foram a algum templo quando crianças.
O estudo mostrou ainda que aqueles que frequentaram a Igreja tinham 33% menos probabilidades de envolver-se com drogas, sexo na adolescência e contrair alguma infecção sexual. E 30% mais provável de participar de algum tipo de voluntariado.
Por outro lado, aqueles que não puderam participar com frequência de cultos religiosos, mas criaram um hábito de oração e meditação em casa, tinham menos probabilidades de se tornarem usuários de drogas e de terem depressão com relação aos que nunca foram a Igreja.