Mostrando postagens de Junho 4, 2019Mostrar tudo

Pernambuco registra 6.776 ataques de animais peçonhentos nesse 1º quadrimestre

Pernambuco registrou 6.776 vítimas de acidentes com animais peçonhentos do mês de janeiro ao mês de abril deste ano. Desse total, 5.354 foram com escorpião.
Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), o agravo no número de casos entrou na Lista de Notificação Compulsória do Estado, que alertou sobre a necessidade de comunicação imediata dos casos aos serviços de vigilância e controle de zoonoses com o intuito de que estratégias e ações de prevenção sejam elaboradas.
Dos 6.776 casos registrados até o mês de abril deste ano, 5.354 foram com escorpião, 878 com abelhas, 425 com serpentes e 119 com aranha. Em 2018, foram notificados 17.501 acidentes com escorpião, 2.621 com abelhas, 967 com serpentes e 308 com aranhas.

Prefeito Zeinha Torres teve encontro com a vice-governadora do Estado, Luciana Santos, e saiu confiante que seus pleitos serão atendidos.

O prefeito de Iguaracy, Zeinha Torres, esteve na última sexta-feira (31), com a vice-governadora do Estado, Luciana Santos. Segundo o prefeito, a pauta foi investimentos para o município. “A vice-governadora sempre demonstrou um carinho por Iguaracy, foi muito bem recebido e sair com a certeza que terei meus pleitos atendidos”, disse Zeinha.

Desempregado sem formação não consegue nem trabalhos básicos

No início deste ano, a Atento, empresa de telemarketing e a maior empregadora privada do País, ofereceu 1,2 mil vagas no Mutirão do Emprego, promovido pelo Sindicato dos Comerciários de São Paulo. Com 600 interessados, só conseguiu contratar 7 operadores de telemarketing – menos de 1% do que precisava. No mesmo evento, o Grupo Pão de Açúcar abriu 2 mil postos, aprovou 700 candidatos, mas, até agora, apenas 32 estão trabalhando, segundo os organizadores do evento.
Diante da estagnação da economia, do desemprego em alta e do avanço da tecnologia, os casos acima são um retrato nítido da dificuldade que o trabalhador sem qualificação tem enfrentado para voltar ao mercado. Nos últimos dois anos, 60% das 11,8 mil vagas ofertadas nos mutirões do emprego, que reuniram grandes empresas, não foram preenchidas. Dificuldade de se expressar, de fazer contas, falta de conhecimentos básicos em informática e inglês e poucos anos de estudo são obstáculos às contratações.
De acordo com o presidente do Sindicato e da União Geral do Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah, no último mutirão foram ofertadas cerca de 2 mil vagas para caixa de supermercado, com salário perto de R$ 1.100. Metade delas ficou em aberto por falta de qualificação dos candidatos. Operador de caixa e de telemarketing são geralmente a porta de entrada para o mercado de trabalho, especialmente para os mais jovens.
⏩    Mostrar matéria completa  
Segundo empresas de recrutamento, a recolocação tende a ser mais difícil para quem tem até o ensino fundamental, menos de 20 e mais de 45 anos e está há mais de um ano fora do mercado. Entre os 13,4 milhões de desempregados no primeiro trimestre deste ano, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), 635 mil são considerados de difícil recolocação pelos recrutadores, nas contas do economista Cosmo Donato, da LCA. É o dobro do registrado no mesmo período de 2014, antes da recessão.
O abismo entre a qualidade da mão de obra desempregada e o que as empresas procuram não deve se resolver nem mesmo com a retomada da economia, prevê o economista-chefe da Confederação Nacional do Comércio (CNC), Fabio Bentes. Ele estima que dois, em cada dez desocupados, devem ficar fora do mercado na próxima década por falta de qualificação. Isso significa que a massa de trabalhadores sem chances de se recolocar pode saltar dos atuais 635 mil para 1,4 milhão, em dez anos.
De acordo com as estimativas de Bentes, se a economia crescer em média 2,5% ao ano até 2030, a procura por trabalhadores não deve ser suficiente para recuperar os 8,8 milhões de empregos destruídos pela maior recessão da história. As projeções foram feitas, a pedido do Estado, levando em conta dados da Pnad e projeções do Boletim Focus do Banco Central.
“Não vai ter (crescimento do) PIB suficiente para incorporar essa massa de desempregados com baixa qualificação”, afirma. Em 2014, antes da recessão, o mercado de trabalho estava tão aquecido que até profissionais com pouca qualificação eram facilmente absorvidos. Na crise, o quadro se inverteu.
Para Hélio Zylberstajn, professor sênior da FEA/USP e coordenador do projeto Salariômetro da Fipe, os trabalhadores sem preparo podem ter destino diferente, dependendo de qual área leve adiante a retomada da economia. “Essa proporção de dois em cada dez poderá ser menor se o modelo for puxado pelo investimento em infraestrutura, que incorpora trabalhadores na construção civil de baixa qualificação”, diz.
Treinamento
A conhecida baixa produtividade do trabalhador brasileiro só vai ser resolvida, segundo Bentes, da CNC, com treinamento, o que depende de investimentos. No setor público, diante da pressão por cortes e contingenciamento de gastos, será difícil que o orçamento cresça nos próximos anos na velocidade necessária para suprir essa necessidade de qualificação dos trabalhadores. Por iniciativa própria, só uma parcela muito pequena deles consegue bancar os estudos. “A maioria vende o almoço para comprar o jantar”, afirma.
Segundo o economista, a iniciativa privada é a ponte principal para melhorar a produtividade. Ele adverte, no entanto, que existe um risco de o trabalhador desqualificado ser substituído por uma máquina. “Quando a economia voltar a crescer e o investimento retornar, o empresário vai se perguntar se faz sentido contratar, por exemplo, um caixa de supermercado com baixa produtividade ou se é mais barato comprar uma caixa registradora automática que faça esse serviço a um custo menor e sem encargos trabalhistas”, afirma.
Tecnologia deixa empregador mais seletivo na hora de contratar. Foi-se o tempo que máquina registradora do supermercado fazia só as quatro operações matemáticas. Hoje, na prática, ela é um computador que tem conexão direta com cerca de 40 mil itens do estoque e é capaz de determinar, ao fim do dia, quanto foi vendido de cada produto. “O operador de caixa tem de ter 2.º grau e conhecimentos básicos de informática. A exigência é grande para uma remuneração na faixa de R$ 1,1 mil”, diz o presidente do Sindicato dos Comerciários e da União Geral dos Trabalhadores, Ricardo Patah.
De fato, com a grande oferta de mão de obra e a evolução tecnológica, as exigências das empresas na hora de contratar têm aumentado. Nos últimos 12 meses até março, 12% dos contratados para a função de vendedor de loja estavam cursando faculdade ou tinha já concluído o curso superior e 76% tinham ensino médio completo, aponta levantamento feito com base nas informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados pelo professor sênior da FEA-USP Hélio Zylberstajn. O quadro se repete para balconista de farmácia, outra ocupação que, teoricamente, não exigiria tanta qualificação, já que o salário médio é de R$ 1,3 mil.
Nesse caso, 83,2% dos admitidos nos últimos 12 meses até março têm ensino médio completo e quase 10% estão cursando ou concluíram a universidade.
Deslocamento
“Quem tem pouca escolaridade neste momento está tendo muita dificuldade de encontrar emprego porque parte das vagas que poderia ocupar está sendo preenchida por pessoas que têm formação maior do que a necessária”, afirma Zylberstajn. Ele diz que esse movimento de deslocamento da mão de obra ocorre em períodos de recessão prolongada.
Para Lucila Sciotti, superintendente de operações do Serviço Nacional do Comércio (Senac) São Paulo, é preciso haver esforço maior, por parte do poder público, de aproximar a capacitação que é oferecida aos estudantes das necessidades das empresas. “Muitas vezes, a formação dos profissionais é deficitária. Alguns alunos chegam até nós sem saber fazer contas simples ou têm dificuldade em interpretar textos”, diz. “É preciso direcionar as políticas públicas para resolver esses gargalos.”
Diante da falta de qualificação barrando as contrações, Patah diz que no último Mutirão do Emprego promovido pelo sindicato foram ofertados também cursos gratuitos de qualificação em parceria com Senai, Senac e Centro Paula Souza. Ao todo foram cerca de 1, 3 mil vagas. Das mil vagas oferecidas pelo Centro Paula Souza, 450 pessoas se matricularam nos cursos de estoquista, assistente administrativo, confeiteiro, cuidador de idosos, maquiagem, recepção e atendimento e vitrinista. “Pela primeira vez fizemos mutirão com capacitação: mais do que aumento salarial, o importante hoje é qualificar o trabalhador”, afirma.
No próximo evento programado para julho, Patah diz que devem ser oferecidas, no mínimo, 10 mil vagas. A intenção é atender também aos trabalhadores em situação vulnerável, com vagas para ocupações que exigem menos qualificação, como na área de limpeza, por exemplo.
Frustração
Após horas de espera para deixar um currículo no último mutirão do emprego, no qual uma fila interminável serpenteava o Vale do Anhangabaú, no centro de São Paulo, os candidatos a uma vaga voltaram para casa frustrados. Eles não sabem qual foi o real motivo para terem sido rejeitados.
“É o currículo ou alguma coisa que está acontecendo com a minha vida. Até na igreja já fui”, diz Renata Cristina Gama, 35 anos e mãe de dois filhos. Desempregada há quatro anos, ela não terminou a faculdade de pedagogia e o seu último emprego foi numa escola. No mutirão, deixou currículos em cinco grandes empresas que estavam no evento. Chegou a participar de minientrevistas, mas o processo seletivo não avançou.
No momento, faz um curso gratuito de auxiliar administrativo, mas não acha que vai conseguir alguma coisa por conta disso.
Já a ascensorista Rosemeire Soares Ayres, de 41 anos, sem emprego há mais de um ano, acredita que quanto mais qualificação, maior a chance de recolocação. Com o segundo grau completo, hoje faz curso de atendimento ao público. Mas coleciona pelo menos sete cursos rápidos. Deixou vários currículos no mutirão e não foi chamada. “Acho que é por causa dessa crise mesmo. Abre uma vaga e vêm mil pessoas para concorrer.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Prefeito de Iguaracy, Zeinha Torres, esteve no INCRA, em busca de mais demandas para o município.

Iguaracy tem muitos filhos que desempenham funções importantes em órgãos estaduais e federais, um deles é o superintendente do INCRA, Eleodoro Daltino. Nesta última sexta-feira (31), o prefeito de Iguaracy, Zeinha Torres, esteve visitando o mesmo e apresentando algumas demandas para o município.
Segundo Zeinha, desde o primeiro dia em que procurou o INCRA no Recife, Daltino já se prontificou em ajudar o município de Iguaracy. Zeinha disse ainda que muitos ilustres conterrâneos só não fizeram nada por Iguaracy em anos passados por falta de abertura e apoio por parte da administração municipal.
Através de Daltino, Zeinha já conseguiu para o município dois tratores da marca New Holland TT 4030. As duas unidades vieram acompanhadas de grade e carreta para a realização de serviços na agricultura. A assinatura do convênio da doação dos tratores foi feita no mês de dezembro de 2018, durante a festa de emancipação política do município e chegou na segunda semana do mês seguinte, em janeiro de 2019.
Daltino também já trouxe por duas vezes o INCRA itinerante para Iguaracy, e através de seu apoio, já foram perfurados vários poços no município, todos instalados e atendendo a população que mais precisa. Sobre os tratores, o prefeito disse que a prefeitura de Iguaracy nunca teve um trator de pneu e que agora tem dois para servir a população.

Ministério Público de Pernambuco lança disque-denúncia contra o crime organizado

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), criou um novo mecanismo para receber denúncias acerca de crime organizado. Agora, a população poderá denunciar casos por meio da troca de mensagens no aplicativo WhatsApp e também realizar ligações para o número: (81) 99284-0063. A identidade do denunciante será preservada. Pelo WhatsApp também são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações repassadas.
“Estamos determinados a reforçar e incrementar a nossa contribuição para a defesa do cidadão e da vida, valores maiores de uma política de segurança pública, além da natural manutenção de um combate firme à corrupção em todos os municípios pernambucanos. Com esse número, estamos disponibilizando um canal mais rápido de comunicação com a sociedade, que ganha uma maneira mais prática para encaminhar eventuais denúncias”, destaca o procurador-geral de Justiça do MPPE, Francisco Dirceu Barros.

Prefeito Zeinha protocola da CPRH a solicitação da licença para conclusão da obra do Centro de Artesanato de Iguaracy.


O objetivo do prefeito de Iguaracy, Zeinha Torres, é de não deixar nenhuma obra parada no município de Iguaracy, e desde o inicio de seu mandato, vem procurado solucionar problemas e pendências em obras que estavam travadas e que foram deixadas pela equipe de gestão anterior. 
Após uma readequação no projeto original para melhor atender a sociedade, as obras de reestruturação do Mercado Público de Iguaracy que passará a funcionar como um Centro de Artesanato, após meses de trabalho, finalmente deverá ser concluída. Para isso, o prefeito Zeinha esteve neste último final de semana, sexta-feira, dia 31 de maio, protocolando na Agência Estadual de Meio Ambiente - CPRH, a solicitação da licença para conclusão da obra do Centro de Artesanato e Cultura Popular de Iguaracy.
Veja algumas imagens de como anda os trabalhos realizados pela atual gestão:




Casos de dengue crescem 432% no País; chuva e atraso do frio prolongam surto

A investigadora de polícia Juliana Gonçalves, de 41 anos, ficou dois dias de cama por causa da dengue no mês passado. “As dores passaram, mas ainda tenho manchas vermelhas pelo corpo. Foi horrível.” Além dela, três colegas de trabalho foram infectados. “Tenho certeza que os mosquitos vêm de um rio ao lado da delegacia”, diz Juliana, de Caraguatatuba, litoral norte paulista. Mesmo dois meses após o fim do verão, a doença no País ainda preocupa: do início do ano até o último dia 11, o total de registros foi 432% maior, ante o mesmo período de 2018.
O salto foi de 144 mil casos prováveis de infecção para 767 mil suspeitas reportadas. As mortes pelo vírus também saíram de 88 a 222 – a maior parte (80) em São Paulo. O número de infectados explodiu em 20 Estados e no Distrito Federal.
Há quatro sorotipos do vírus. A epidemia e a incidência maior nesses Estados são explicadas pela disseminação do tipo 2, diz o coordenador-geral dos Programas Nacionais de Controle e Prevenção da Malária e das Doenças Transmitidas pelo Aedes do Ministério da Saúde, Rodrigo Said. “As últimas epidemias foram pelos vírus 1 ou 4”, diz. “Esse sorotipo (2), que circulava pouco e por isso havia pequena proteção imunológica, voltou agora e deixou a população mais suscetível”.
⏩    Mostrar matéria completa  
O clima, segundo Said, também tem papel importante. Chuvas intensas nas últimas semanas fizeram larvas do mosquito transmissor, o Aedes aegypti, eclodirem. Além disso, temperaturas mais altas criam condições favoráveis ao inseto.
“Enquanto não esfriar para valer, os casos vão continuar”, diz Regiane de Paula, do Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde de São Paulo. O fenômeno climático El Niño, segundo ela, está fazendo com que o frio demore mais a entrar este ano no Sudeste.
Até o último dia 15, só quatro das 645 cidades paulistas não notificaram casos. Mais grave é o quadro de Bauru, com 19,7 mil infectados e 21 óbitos.
Em Tupã, onde o surto levou à cassação do prefeito (leia abaixo), o autônomo Valdecir Freitas, a mulher e o filho de 13 anos foram infectados. “Mantenho tudo limpo, mas tem terrenos baldios com lixo. Pagamos pelo descuido de outros”, reclama.
Com a expectativa de inverno tardio e curto, cresce a necessidade de manter ações contra criadouros de Aedes. Segundo o ministério, mais de 80% dos mosquitos vêm de áreas residenciais. Outras cidades mantiveram no outono o uso do inseticida (fumacê). A estratégia, para matar o Aedes adulto, é considerada menos eficaz que eliminar a água parada, que evita o nascimento do transmissor.
O ministério diz ter 300 mil litros de inseticida vencidos e que, segundo informações preliminares recebidas esta semana, não estão adequados para uso. Segundo Said, as amostras desse produto foram encaminhadas a um laboratório credenciado, mas as respostas recebidas esta semana não foram favoráveis ao uso do produto.
Tão logo apareceram os primeiros sintomas, a ex-senadora Marina Silva (Rede) procurou um hospital em Brasília. As dores fortes pelo corpo e na cabeça ajudaram a antecipar o diagnóstico confirmado mais tarde por exame: dengue. Na capital do País, onde as ocorrências aumentaram mais de 1.200%, o governo espalhou seis postos temporários em áreas de maior incidência. Lá, são aplicados testes e há assistência prestada por médicos, enfermeiros e técnicos.
Infectada pela segunda vez por dengue, Marina ficou três dias internada na última semana. No Twitter, lembrou ser “mais uma entre milhares”. Segundo a assessoria de imprensa da ex-senadora, ela passa bem.
A nova infecção, como ocorreu com Marina, traz risco ainda maior. “A disposição sucessiva ao vírus e uma segunda infecção podem ocasionar manifestações mais graves e até óbito”, alerta Said, do ministério.
O Departamento Médico da Câmara dos Deputados atendeu 88 pacientes com suspeita de dengue entre 1° de abril e 29 de maio deste ano. Sob a alegação de sigilo médico, o departamento não distingue quantos são servidores ou parlamentares, nem divulga nomes dos pacientes. Por causa da alta incidência de casos na capital federal, o governo local adotou como estratégia espalhar seis postos temporários em áreas de maior incidência. A assistência é prestada por médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem.
Epidemia foi motivo para cassar prefeito
O surto de dengue este ano custou até o cargo do prefeito de Tupã (SP), José Ricardo Raymundo (PV). Ele foi cassado pela Câmara dos Vereadores na última semana, acusado de omissão no combate à doença, após denúncia aberta por um munícipe. Na cidade de 76 mil habitantes, houve 4.118 casos e seis mortes.
Raymundo, que aguarda análise de recurso, diz que o afastamento é uma retaliação política e afirma ter feito ações preventivas. Para o especialista em Direito Administrativo Márcio Leme, a Justiça tende a reverter cassações do tipo, com motivo frágil, e respeitar o mandato eletivo.
Em dezembro, o ex-prefeito de Aguaí (SP) Sebastião Biazzo foi condenado por improbidade administrativa pela Justiça por suposta omissão no combate à dengue entre 2014 e 2015. Ele aguarda análise de recurso pelo Superior Tribunal de Justiça.
Cuidados e riscos
Prevenção
A maioria dos focos de Aedes está em casas. É importante evitar acúmulo de água em garrafas, vasos, calhas, lajes e piscinas, onde ele coloca ovos.
Condições
A permanência de chuvas e temperaturas mais altas favorece a reprodução do mosquito e leva à necessidade de ficar atento aos criadouros mesmo após o verão.
Sintomas
Dores no corpo e de cabeça, cansaço, febre alta e manchas na pele são comuns entre os infectados. Em casos mais graves, pode haver sangramento por nariz ou boca, além de vômito contínuo.
Outras doenças
O Aedes também transmite os vírus da zika e da chikungunya, cujos sintomas podem se confundir com os sinais da dengue.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Com doação de material de proteção para apicultores, Prefeitura de Iguaracy e parceiros realizam capacitação na comunidade Cedro Branco.

Neste sábado, dia 01 de junho de 2019, a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social através da Diretoria da Mulher e em parceria com a Diaconia realizou no Assentamento Cedro Branco, comunidade que é assessorada pela CPT, uma capacitação sobre Apicultura. Na ocasião, foi realizada a entrega de kits patrocinados pelo Governo Municipal de Iguaracy como botas e luvas para ajudar na proteção dos participantes.
Ainda nesta visita à Comunidade, foi identificado o alto potencial de inserir os agricultores na feira do município, bem como a parceria da Secretaria de Agricultura na assistência técnica para implantação de hortas na comunidade.
Participaram desta capacitação homens e mulheres agricultores da comunidade, a diretora da Mulher Shirley Walquiria, A diretora de Meio ambiente Daniela Darc, Adilson Viana representante da Diaconia e Marciano pela Comissão Pastoral da Terra- CPT.

Bandeira tarifária das contas de luz em junho será verde

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira (31) que a bandeira tarifária para junho de 2019 será a verde, sem cobrança extra nas contas de luz. Em maio, foi acionada a bandeira amarela, com acréscimo de R$ 1 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.
A Aneel disse que, embora junho seja um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do país, “a previsão hidrológica para o mês superou as expectativas, indicando tendência de vazões acima da média histórica para o período” e que, por isso, o cenário foi favorável para a retirada da cobrança extra nas contas de luz.
O cálculo para acionamento das bandeiras tarifárias leva em conta, principalmente, dois fatores: o risco hidrológico e o preço da energia. Segundo a agência, o cenário favorável reduziu o preço da energia para o seu patamar mínimo, o que “diminui os custos relacionados ao risco hidrológico e à geração de energia de fontes termelétricas”, possibilitando a manutenção dos níveis dos principais reservatórios próximos à referência atual.
⏩    Mostrar matéria completa  
Sistema
O sistema de bandeiras tarifárias foi criado, de acordo com a Aneel, para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias possui três cores: verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) que indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.
No dia 21 de maio, a Aneel aprovou um reajuste no valor das bandeiras tarifárias. Com os novos valores, caso haja o acionamento da bandeira amarela, o acréscimo cobrado na conta passou de R$ 1 para R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos. Já a bandeira vermelha patamar 1 passou de R$ 3 para R$ 4 a cada 100 kWh e no patamar 2, passou de R$ 5 para R$ 6 por 100 kWh consumidos. A bandeira verde não tem cobrança extra.
Os recursos pagos pelos consumidores vão para uma conta específica e depois são repassados às distribuidoras de energia para compensar o custo extra da produção de energia em períodos de seca.
De acordo com a agência reguladora, o reajuste no valor das bandeiras foi motivado pelo déficit hídrico do ano passado, que reposicionou a escala de valores das bandeiras. A agência disse que foi incorporada uma nova regra de acionamento que atualiza o perfil do risco hidrológico.
Com a nova regra, segundo a agência, o risco hidrológico passa a refletir exclusivamente a distribuição uniforme da energia contratada nos meses do ano. “O efeito do GSF [sigla do inglês para risco hidrológico] a ser percebido pelos consumidores retratará com maior precisão a produção da energia hidrelétrica e a conjuntura energética do sistema”, disse a agência.
A Aneel disse ainda que a medida evitará que a conta da bandeira tarifária fique deficitária em 2019. Em 2018 o déficit foi de cerca de R$ 500 milhões.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Pesquisa inédita no Brasil aponta índice alarmante de desperdício de alimentos

Uma pesquisa inédita sobre as perdas de alimentos nas ceasas do Brasil aponta caminhos para reduzir o desperdício de frutas e vegetais nesses centros de comercialização pelo país. O estudo mostra que 15 ceasas, de 14 estados brasileiros, enviaram juntas o volume de 134,7 mil toneladas de resíduos para os aterros sanitários, em 2017, sendo que em média 78% desses rejeitos eram orgânicos e poderiam ter outra destinação.
O pesquisador e autor do estudo defende que é possível reduzir substancialmente a geração desses resíduos por meio da prevenção, redução, reciclagem e reuso dos alimentos. “É a primeira vez que esse número é calculado e evidencia a importância do correto manejo desses alimentos”, explica o mestre em Planejamento Ambiental pela Universidade Católica de Salvador, Dielson Mendes.
A pesquisa revela ainda que o volume descartado seria suficiente para alimentar uma população como a do estado de Rondônia, por 1 ano, além de representar o prejuízo de R$210 milhões para a economia. Mas se esses números puderam ser calculados, o dano ambiental do desperdício se traduz em uma perda incalculável para os recursos não-renováveis, como a água e o solo.
⏩    Mostrar matéria completa  
No estudo, Dielson Mendes argumenta que implementar uma estratégia de gerenciamento para os alimentos coincide com as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da agenda 2030 das Nações Unidas, com o consumo e a produção responsável. “Há uma necessidade urgente de mudança na percepção da sociedade sobre o custo ambiental e o valor econômico desse desperdício. A agricultura intensiva para a produção desses alimentos impacta na biodiversidade, no uso do solo e da água, além da emissão de carbono gerada pelo descarte sem tratamento”, avalia.
Em sua tese, o pesquisador aponta também opções para que a destinação dos alimentos não seja os aterros sanitários e cita saídas como a redução do volume excedente produzido, o uso para alimentar as pessoas famintas, a alimentação animal, a utilização industrial dos resíduos em óleos e na produção de energia, além da compostagem para adubo do solo.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Mais de 5 mil acidentes com animais peçonhentos foram notificados em 2019. Veja unidades de referência no Sertão:

O envenenamento provocado pela ação do veneno liberado por animais peçonhentos pode ocasionar manifestações diversas em cada vítima do acidente. O agravo faz parte da Lista de Notificação Compulsória, significando a necessidade de comunicação imediata, por parte das unidades de saúde, dos casos de acidentes aos serviços de vigilância e controle de zoonoses.
A medida ajuda na elaboração de estratégias e ações de prevenção. Em Pernambuco, segundo Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), até o mês de abril foram 5.354 acidentes com escorpião, 878 com abelhas, 425 com serpentes e 119 para aranhas. Em todo ano de 2018, foram notificados 17.501 (escorpião), 2.621 (abelhas), 967 (serpentes) e 308 (aranhas).
Para abordar o perfil epidemiológico, as formas de diagnóstico e o tratamento, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) reúne nesta segunda-feira (03.06), a partir das 9h, no bairro do Bongi, médicos e enfermeiros das urgências e emergências de hospitais, Unidade de Pronto Atendimento (UPAs), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192), atenção primária e regulação médica. O evento também será transmitido para as 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres).
⏩    Mostrar matéria completa  
No Estado, o Centro de Assistência Toxicológica de Pernambuco (Ceatox) atua no auxílio aos profissionais de saúde do atendimento especializado e na orientação da população em casos de acidentes. O serviço funciona exclusivamente pelo telefone 0800.722.6001 que funciona 24 horas, todos os dias da semana, gratuitamente. Pernambuco também conta com unidades de saúde que são referência para o tratamento de acidente com animais peçonhentos.
As referências para Tratamento de Acidentes com Animais Peçonhentos no Sertão são Hospital Regional Ruy de Barros Correia – Arcoverde (cobra e escorpião), Hospital Professor Agamenon Magalhães – Serra Talhada (cobra e escorpião), Hospital Regional Inácio de Sá – Salgueiro (cobra e escorpião), Hospital Regional Fernando Bezerra – Ouricuri (cobra e escorpião) e Hospital Universitário – Petrolina (cobra e escorpião).
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Caixa prepara operação para saques do FGTS

Anunciada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, como uma forma de reativar o consumo após a aprovação da reforma da Previdência, a operação para liberar recursos de contas inativas do FGTS já começou a ser desenhada pela Caixa. De acordo com a coluna Painel, da Folha, a estimativa otimista indica que os saques podem alcançar até R$ 30 bilhões em prazo relativamente curto: três meses. Se o calendário político se confirmar, e as novas regras de aposentadoria forem aprovadas em setembro, o dinheiro extra estaria na praça até o Natal.
Ainda segundo a coluna, integrantes da equipe econômica afirmam que, de acordo com a experiência adquirida no governo Michel Temer, a execução dos pagamentos pode ser efetivada rapidamente. A partir da ordem de Guedes, seria possível viabilizar em questão de semanas a liberação do dinheiro para os primeiros cotistas do fundo. O plano atual prevê repetir a fórmula adotada em 2017 –com desembolsos feitos em etapas. Nomes que integraram a gestão Temer dizem que, para conseguir liberar R$ 30 bilhões, o governo terá que “raspar o tacho” do saldo do FGTS de trabalhadores que saíram do emprego a partir de 2016 e ainda avançar sobre as contas ativas. O montante almejado representa quase 0,5% do PIB.
⏩    Mostrar matéria completa  
Como a demanda está fraca, esses técnicos acreditam que a liberação de uma pequena parcela das contas ativas do FGTS não levará à falta de recursos para financiar os setores imobiliário e de infraestrutura, que usam verbas do fundo. O único alerta para o atual governo –e Guedes já indicou que sabe disso– é o de que este botão só deve ser acionado após a reforma. Antes, seria jogar dinheiro fora.
Cresce o número de especialistas que alertam que chegou a hora de a equipe econômica ampliar a cartela de planos para reaquecer a economia. Adriano Pires é categórico ao dizer que só a reforma da Previdência não vai tirar o país do atoleiro. “O Brasil precisa de uma agenda que crie investimentos, empregos e competitividade, uma agenda capaz de reverter essa desilusão com o crescimento do PIB. O caminho é a infraestrutura. Mas, para isso, precisa de estabilidade regulatória e segurança jurídica, coisa que não está acontecendo”, diz Pires.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Toda a população já pode se vacinar contra a gripe desde esta segunda nos postos de vacinação

 
A partir desta segunda-feira (3), toda a população pode se vacinar contra a gripe, inclusive quem faz parte do público prioritário e que ainda não se vacinou. De acordo com o Ministério da Saúde, a vacinação vai continuar enquanto durarem os estoques da vacina.
Até a última sexta-feira (31), quando terminou a campanha nacional, quase 80% do público prioritário foi vacinado, o que representa 47,5 milhões de pessoas. Os grupos prioritários tiveram entre os dias 10 de abril e 31 de maio para se vacinar com exclusividade.
Durante esse período, foram priorizados 59,4 milhões de pessoas, entre elas, gestantes, puérperas, crianças entre 6 meses a menores de 6 anos, idosos, indígenas, professores, trabalhadores de saúde, pessoas com comorbidades, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade, além de profissionais de segurança e salvamento.
Até agora, seis estados já bateram a meta de 90%: Amazonas (98,5%), Amapá (98,5%), Pernambuco (93,6%), Espírito Santo (91,3%), Rondônia (90,4%) e Maranhão (90%). Os estados com menor cobertura são: Rio de Janeiro (63,7%), Acre (73%) e São Paulo (73,1%).
⏩    Mostrar matéria completa  
Em Pernambuco, o Recife já havia atingido, na última terça (28), 90% do público-alvo, mas de toda forma a campanha será prorrogada na capital pernambucana.
Segundo o ministério, a escolha do público prioritário no Brasil segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) por serem grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias. A vacina é a forma mais eficaz de evitar a doença.
Influenza: A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos. Após contato com superfície recém-contaminadas, o agente infeccioso pode ser levado diretamente à boca, aos olhos e ao nariz.
Complicações clínicas ou morte podem acometer as pessoas do grupo de alto risco. Crianças de até seis anos são as principais fontes de transmissão do vírus, que pode ser eliminado em até três semanas. Os sintomas são início súbito de febre, tosse, dor de cabeça, dores musculares e nas articulações, mal-estar, dor de garganta e coriza. (Via: Agência Brasil)
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Em São José do Egito, homem acusado de tentar estuprar a própria mãe que tem problemas mentais

Por volta das 00h10min deste sábado (01) a GT ordinária foi solicitada pela permanência da 3ª CPM para atender uma ocorrência no distrito de Riacho do Meio.
Chegando ao local, o policiamento encontrou as vítimas estavam muito nervosas, o imputado apresentava visíveis sinais de embriaguez alcoólica e estava bastante agressivo.
As vítimas de 39 anos e 47 anos relataram que escutaram gritos na residência da vítima de 49 anos e que de imediato seguiram até a referida casa e visualizaram o imputado, um homem de 30 anos (filho da vítima de 49 anos), só de cueca; foi quando a genitora dele afirmou que o filho havia baixado sua calça. Nesse momento o imputado começou a agredir as vítimas de 39 e 47 anos (cunhada e irmão da vítima de 49 anos, respectivamente) provocando lesões em ambas, tendo uma das vítimas uma lesão na boca, provocando a perda de um dente superior, e na outra uma lesão no olho direito.
Diante do exposto, as partes foram apresentados na delegacia de plantão em Afogados da Ingazeira, onde o imputado foi autuado em flagrante delito. Devido a vítima de 49 anos possuir problemas mentais foi caracterizada tentativa de estupro de vulnerável.

'Tarado do drone': Homem é flagrado filmando mulheres em apartamentos na Bahia

O gerente de uma casa de eventos especializada em buffet infantil, localizada no bairro da Pituba, em Salvador, foi flagrado filmando mulheres com auxílio de um drone em apartamentos no Horto Bela Vista. A ocorrência foi registrada na Central de Flagrantes, por volta das 23h50 de sábado (1º).
De acordo com a polícia, aproximadamente 1.800 filmagens foram encontradas no equipamento do suspeito. As imagens mostram relações sexuais entre casais, além de mulheres e adolescentes tomando banho e com trajes íntimos. A identidade do voyeur não foi divulgada.
O homem foi flagrado por equipes da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Pernambués), após serem acionadas pelo Centro Integrado de Comunicação (Cicom) a partir de denúncia via 190. Após o flagrante, testemunhas passaram a chamar o acusado de "tarado do drone".
O BNews teve acesso ao registro da unidade policial, relatando que "havia um drone sobrevoando os apartamentos com intuito de obter imagens íntimas de moradores e que o controlador da aeronave estava usando um veículo (Fiat) Cronos de cor vermelha".
⏩    Mostrar matéria completa  

No local, a guarnição confirmou a presença do suspeito no interior do carro indicado. "Ele estava em posse de um aparelho telefônico acoplado a um controle, sendo solicitado que recolhesse a referida aeronave", contaram os PMs na Central de Flagrantes.
A denúncia foi feita pelo pai de uma adolescente filmada. De acordo com o registro policial, o homem será enquadrado no artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) - Lei nº 8069/90. Ele passará por audiência de custódia. (Via: BNews)
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Petrobras vai reduzir preço do diesel e da gasolina, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro compartilhou no início da noite desta sexta-feira (31) em sua conta no Twitter, que a Petrobras irá reduzir em 6% o preço do diesel e em 7,2% o preço da gasolina.
Bolsonaro fez a postagem no mesmo dia em que almoçou com caminhoneiros em um restaurante de posto de gasolina na estrada do município de Anápolis, em Goiás.
Na ocasião, o presidente foi questionado sobre uma eventual redução no valor do diesel para a categoria. Bolsonaro respondeu: “O que mais pesa no combustível é o ICMS, que é do Estado. Não é a gente. Por isso que eu trabalho para privatizar o refino. Quanto mais tiver concorrência, melhor. Tá ok?”.
A política de reajustes da Petrobras e o preço do combustível foram os principais fatores que levaram à paralisação dos caminhoneiros em 2018.
Desde julho de 2017, os valores praticados nas refinarias da Petrobras acompanha as cotações de câmbio e do barril do petróleo no mercado internacional.
Em maio, o preço do petróleo do tipo Brent, negociado na bolsa de Londres, registrou perda de 11%. Já o barril do WTI, referência no mercado norte-americano, recuou 16%. Foi a maior queda mensal desde novembro de 2018.

IFPE divulgou edital de concurso para cargos técnico-administrativos

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFPE) divulgou novo edital de concurso público para o preenchimento de cargos técnico-administrativos. Foram abertas 44 vagas para cargos de nível médio e superior. As inscrições começam no dia 1º de julho e seguem até 6 de agosto. As provas escritas estão marcadas para o dia 6 de outubro.
As vagas são para os cargos de nutricionista, odontólogo, pedagogo, psicólogo, técnico em assuntos educacionais, assistente em administração, técnico em contabilidade, técnico em tecnologia da informação (desenvolvimento; rede e suporte) e tradutor e intérprete de Libras.
Também há oportunidades para o cargo de técnico em laboratório em diversas áreas: artes visuais, computação gráfica, enfermagem, manutenção e suporte em informática, rede de computadores, qualidade, química, segurança do trabalho. Há vagas reservadas para candidatos negros e pessoas com deficiência.
As remunerações variam de R$ 2.446,96 a R$ 4.180,66, além do auxílio-alimentação no valor de R$ 458 e gratificação por titulação. Todos os candidatos devem se submeter à prova escrita/objetiva de caráter eliminatório e classificatório. Haverá prova prática para quem for concorrer aos cargos de técnico em laboratório, técnico em tecnologia da informação e tradutor e intérprete de libras.
⏩    Mostrar matéria completa  
As inscrições devem ser feitas exclusivamente pelo site da Comissão de Vestibulares e Concursos. O candidato deverá preencher o formulário de inscrição e realizar o pagamento da taxa de inscrição, por meio de Guia do Recolhimento da União (GRU). A taxa é no valor de R$ 100 para cargos de classe E e de R$ 80 para os cargos de classe D. O pagamento deve ser feito no Banco do Brasil até o dia 7 de agosto.
Podem solicitar isenção da taxa de inscrição os candidatos que se enquadrarem nos critérios estabelecidos no edital. A solicitação pode ser feita de 1º a 3 de julho pelo site. A lista dos candidatos contemplados com a isenção será divulgada no dia 16 de julho. Já o cartão de inscrição tem liberação programada para 13 de setembro, também na página virtual.
O concurso tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período. Em caso de dúvidas, os candidatos podem entrar em contato com a comissão organizadora pelo e-mail concurso@reitoria.ifpe.edu.br.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Surto de Doenças de Chagas em Ibimirim pode ser considerado o maior do Brasil com 18 casos registrados

O surto de Doença de Chagas aguda que está sendo investigado na cidade de Ibirimim é o primeiro caso de surto da doença na fase aguda já registrado no estado e está sendo considerado o maior do gênero que já aconteceu no Brasil. Até então, 20 casos foram confirmados em laboratório e outros cinco por meio de análise clínica e epidemiológica. Estima-se, contudo, que o número de infectados pelo protozoário Tripanossoma cruzi possa ser bem maior. Outras 52 pessoas, que também estiveram no evento religioso onde aconteceu a contaminação, passarão por exames e serão acompanhadas. Dos oito pacientes que estavam internados no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), dois receberam alta ontem.
Por enquanto, ainda não se sabe o que pode ter causado a doença. Desde que o primeiro paciente deu entrada em uma unidade de saúde com sintomas, no dia 20 de maio, o Estado começou uma verdadeira cruzada para montar o quebra-cabeça e traçar o diagnóstico dos pacientes. Primeiro, a desconfiança era de arboviroses. Em seguida, de febre tifoide. Logo depois, de malária. “Os sintomas das doenças infecciosas são comuns entre eles, febre, dor e manchas no corpo. O diferencial dessas pessoas era o tempo de febre, que começou a se prolongar, chegando até a 20 dias”, explicou o chefe do serviço de infectologia do Huoc, Demetrius Montenegro.
⏩    Mostrar matéria completa  
Os pacientes que precisaram ser internados apresentaram também edemas na face, dores na boca do estômago, inchaço nas pernas e nos olhos e dores articulares. “Eles tinham febre que começava na tarde e se estendia até a madrugada. Alguns melhoravam e depois pioravam”, acrescentou Demetrius Montenegro. Um dos internados chegou a apresentar alterações cardíacas, uma das características da Doença de Chagas, o que ajudou a fechar o diagnóstico. “O que mais chama atenção é a quantidade de pessoas envolvidas e contaminadas. Um surto semelhante aconteceu na Bahia com 13 casos sintomáticos, dos quais quatro tiveram confirmação por exame. Nós, dos 25 casos, já temos 20 com confirmação da presença do parasita no exame”, disse Demetrius.
Os pacientes internados no Huoc têm, em média, 25 anos. Eles iniciaram o tratamento com o medicamento Benzonidazol. Tanto eles quanto todos os participantes do evento religioso onde aconteceu a contaminação precisarão ser acompanhados por anos.
A principal suspeita, por enquanto, é que a transmissão da Doença de Chagas tenha ocorrido por via oral, por meio da ingestão de algum alimento. A Secretaria Estadual de Saúde (SS) iniciou a busca ativa para realizar as análises de amostras das 77 pessoas que estiveram no evento religioso, realizado durante a Semana Santa. Além disso, está fazendo a busca pela presença do vetor, o inseto conhecido como barbeiro, nas redondezas da escola onde o grupo ficou hospedado, em Ibimirim. Entre as pessoas, estão moradores de vários municípios, incluindo Recife, Camaragibe e até Conde, na Paraíba.
“Uma equipe da secretaria está em Ibimirim realizando uma avaliação vetorial nas regiões próximas ao local de provável infecção, buscando a presença do inseto. Estamos investigando também o que foi oferecido de alimento durante o evento. A dificuldade é que muitas pessoas já não lembram”, disse o diretor-geral de Controle de Doenças Transmissíveis da SES, George Dimech.
Em Pernambuco, existem 2 mil pessoas com a doença, em estágio crônico, acompanhadas. Por mês, cerca de 10 novos pacientes, que convivem sem saber com a enfermidade, são diagnosticados. A doença cardíaca é a principal complicação da Doença de Chagas na fase crônica, sendo a terceira causa de indicação de transplante no Brasil. A doença não é erradicada no país, mas controlada.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Novas regras para concurso público entraram em vigor a partir do último sábado. Saiba o que muda

Entrou em vigor neste sábado passado, o decreto presidencial n° 9.739, de 28 de março de 2019, que alterou as regras para solicitações e autorizações de concursos públicos federais. Segundo o governo, o objetivo seria “maior rigor na autorização de concurso público e na autorização de nomeação de aprovados”. E, diminuir os gastos com pessoal considerados “desnecessários e substituíveis”.
Confira algumas regras:
Os órgãos federais que quiserem abrir um concurso deverão justificar ao Ministério da Economia a necessidade de abertura de novas seleções mediante a aprovação em 14 critérios.
As novas regras não são válidas para o poder Legislativo e Judiciário, para a Procuradoria e Diplomacia e para Polícia Federal.
A medida também estabelece que os concursos não terão prazo de validade maior que dois anos, salvo exceção em edital, não sendo permitida a prorrogação.
Os editais dos concursos precisarão ser publicados integralmente no Diário Oficial com antecedência mínima de quatro meses e conter o número de vagas necessário.
O cadastro de reserva deverá ser limitado a 25% do total de vagas original. Antes era permitido 50%.
Também estará mais claro o perfil dos candidatos necessário para as atividades.

"E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito." Romanos 8:28

Pensamento: Interessante nesse versículo é que ele diz "todas as coisas", e não apenas "algumas coisas". Ou seja, até mesmo as dificuldades que enfrentamos, e muitas vezes não entendemos o porque, também cooperam juntas para o nosso bem. Por isso devemos dar graças a Deus não só nas vitórias, mas também na adversidade, não porque Deus se alegre com nossas lutas, mas porque é assim que nosso caráter é refinado, semelhante ao ouro que é colocado no fogo para retirar suas impurezas.
Oração: Deus me ajude a dar graças não somente nas vitórias, mas também em meio aos problemas, para que minha alma não fique abatida, nem meu coração triste. Peço que o meu Deus me lembre sempre que a maior de todas as alegrias é a alegria da salvação, conquistada por alto preço através de seu Filho Jesus lá na cruz. Que eu possa ver nas tribulação do dia-a-dia aonde o Senhor quer que eu seja aperfeiçoado. Essas bênçãos te peço e agradeço por tudo em nome de Jesus. Amém.
Devocional de hoje para a sua edificação espiritual
Uma terça-feira abençoada para todos.