PRF: Réveillon de 2020 teve mais feridos e menos mortos que o de 2019 em Pernambuco

Entre a última sexta-feira de 2019 (27 de dezembro) e o primeiro dia de 2020, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) contabilizou 83 acidentes com 55 pessoas feridas nas estradas federais que cortam pernambuco. O número é maior que o contabilizado na virada de 2018 para 2019 (que registrou 56 casos e 45 feridos), mas a quantidade de mortes diminuiu – caiu de 9 para 4.
Considerando a quantidade diária de acidentes e mortes, registrou-se um aumento de 24% no número de ocorrências e uma redução de 37% na quantidade de vítimas mortas. Os dados fazem parte do balanço da operação Ano Novo da PRF, divulgado nesta quinta-feira (2). Convém destacar que a fiscalização durou um dia a mais, em relação a 2018/2019.
Em seis dias de operação, foram fiscalizados 5.910 veículos e 5.562 pessoas, sendo emitidas 1.700 autuações por diversas infrações. Entre elas, destacam-se 112 por ultrapassagens em local proibido, 82 pela falta do cinto de segurança por motoristas e passageiros, 41 pela falta do capacete e seis por excesso de peso, sendo flagradas 21,5 toneladas de mercadorias acima do limite legal.
Além disso, foram realizados 1.977 testes com o bafômetro, que resultaram em 35 autuações e duas prisões de motoristas sob efeito de álcool. Do total de autuações, 31 foram por recusa em soprar o aparelho e quatro por constatação de embriaguez. Ainda, 12 pessoas foram presas nas estradas, seja por ter mandado de prisão em aberto ou por ter cometido crime de trânsito.
Durante a operação foram recolhidos 129 veículos irregulares, 104 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs) e 25 carteiras de habilitação. Ainda, foram recolhidos 22 animais de grande porte que estavam soltos nas rodovias, para evitar acidentes.