https://www.facebook.com/pg/saudeiguaracy/posts/?ref=page_internal

Sobre os "Trabalhadores para ninguém internado" e as "Curas super rápidas!", OBRIGADO MEU DEUS!

Graças a Deus temos Hospital de Campanha! Graças a DEUS não está lotado! Graças a DEUS os pacientes estão se recuperando bem e em suas casas. Que DEUS continue abençoando Iguaracy e o seu povo cada vez mais!
HOSPITAL DE CAMPANHA EM IGUARACY
Melhor antes prevenir do que remediar, mas não na opinião de todos!
Quando o hospital de campanha de Iguaracy foi montado, isso ainda no mês de abril do corrente ano, havia uma grande dúvida de como o coronavírus iria se comportar em nossas cidades sertanejas, o fato é, que as notícias não andavam nada boas em relação ao número de óbitos que já estavam ocorrendo nas capitais. Então como medida de prevenção, o município de Iguaracy saiu na frente entre outras cidades da região e montou a sua unidade de controle e enfrentamento ao Covid-19.
O hospital de campanha teve por principal objetivo focar no atendimento aos sintomas relacionados ao coronavírus ao mesmo tempo em que não estando montado na Unidade Mista de Saúde da cidade, evitaria que pacientes vítimas de outras enfermidades corressem o risco se serem contaminados pelo vírus.
Infelizmente, mesmo com a atuação de barreiras sanitárias que foram montadas, da distribuição de máscaras, do decreto municipal, do monitoramento de pessoas vindas de outras cidades para o município, da adequação das feiras livres e do comércio em geral e de todas as publicações com alertas e orientações, em 25 de abril o município de Iguaracy registrou o primeiro caso de Covid-19, o que deixou a gestão ainda mais apreensiva.
Mesmo sendo cientes que em caso de agravamento pelo vírus, os pacientes necessitariam serem transferidos para uma UTI, algo que se encontra apenas nas grandes cidades, o município decidiu montar o hospital de campanha e por via das dúvidas e para não deixar nada faltar, decidiu investir também na aquisição de um respirador mecânico, mas infelizmente não foi muito feliz na compra, o aparelho não se adequou ao esperado e teve que ser devolvido. Mas mesmo assim, além do grande investimento em material humano, outros equipamentos importantes foram disponibilizados, inclusive, a aquisição de uma ambulância 0KM que foi colocada exclusivamente para atender aos "possíveis" pacientes.
Quando escrevo "POSSÍVEIS" pacientes, é porque no mês de abril ainda não haveria com saber a necessidade ou não de um hospital de campanha com todo o aparato necessário e não havia também como saber que os futuros pacientes teriam condições para enfrentar a contaminação no conforto de seus lares, algo que graças ao bom Deus, até o momento vem acontecendo.
Como escrevi no início desta matéria, melhor antes prevenir do que remediar. Porém, infelizmente essa não é a opinião de todos, como vemos em um comentário que está sendo divulgado pela oposição a atual gestão em Iguaracy:
Entenda o porquê desta matéria:
Um profissional de saúde que trabalhou para a gestão passada, fez um comentário em suas redes sociais onde critica os gastos com o atual hospital de campanha e diz: "Trabalhadores para ninguém internado", mas... GRAÇAS A DEUS POR ISSO não? Desejaria que estivesse lotado?
Me fez lembrar a frase "Curas super rápidas!" de um político de oposição ao relacionar-se ao boletim que informava a recuperação da atual secretária de Saúde Joaudeni e de seus familiares que venceram a doença.
No primeiro comentário, mesmo sem provas, o médico (alguém que no seu ofício temos a maior admiração e respeito) ainda insinua ilicitudes por parte da gestão quando diz "alguém está ganhando muito com isso". O objetivo do texto está muito claro, atingir a atual gestão, mesmo quando no cumprimento do seu dever, buscando apenas ofertar melhor atendimento de SAÚDE para o povo, área em que o médico deveria estar realmente preocupado, deixando o favoritismo político de lado e o julgamento para as autoridades competentes.
Acho que atualmente o que mais está sendo necessário, mediante a problemática que estamos vivendo, talvez não seja emergências, hospitais, respiradores, ambulâncias, acho que o que tá faltando mesmo é menos políticagem, menos interesse pessoal e mais amor ao próximo, mais humanidade no coração dos seres humanos.
Sejamos agradecidos a Deus por todo bem que aconteça, mesmo que este bem esteja relacionado aos nossos adversários.
O nosso Senhor Jesus mandou que orássemos até pelos nossos inimigos.