https://www.facebook.com/pg/saudeiguaracy/posts/?ref=page_internal

Lava Jato denuncia Lula por lavagem de dinheiro

A força-tarefa da operação Lava Jato em Curitiba denunciou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-ministro Antonio Palocci e Paulo Okamoto pelo crime de lavagem de dinheiro no repasse dissimulado de 4 milhões de reais do Grupo Odebrecht em favor do Instituto Lula, informou a assessoria de imprensa do Ministério Público Federal do Paraná (MPF) em nota nesta segunda-feira.
A acusação criminal sustenta que foram feitas quatro operações de doação simuladas pela empreiteira em favor do instituto –cada uma no valor de 1 milhão de reais– no período de dezembro de 2013 a março de 2014.
Essa é a quarta denúncia feita pela força-tarefa do MPF de Curitiba –que foi renovada até final de janeiro de 2021 mesmo diante de forte pressão interna e externa– contra o ex-presidente. Ele tem outras investigações e acusações em outras localidades.
A força-tarefa disse na acusação que os 4 milhões de reais do esquema de lavagem de dinheiro em favor do Instituto Lula tiveram como origem crimes praticados contra a Petrobras oriundos de propinas da empreiteira ao PT, fatos que já foram reconhecidos em outras ações penais julgadas pela Justiça.