https://www.facebook.com/pg/saudeiguaracy/posts/?ref=page_internal

MP ingressa com ação para proibir grandes eventos políticos em Afogados e Iguaracy


O Promotor Eleitoral André Ângelo de Almeida, da 66ª Zona pede fim dos eventos em Afogados e Iguaracy. O promotor ingressou com Pedido de Providências e Tutela Inibitória Preventiva contra todas as coligações dos dois municípios.
“Desde o período da pré-campanha nos Municípios de Afogados da Ingazeira e Iguaracy, inobstante as diversas recomendações e atendimentos por parte do Ministério Público Eleitoral e da Justiça Eleitoral, os candidatos e correligionários vêm promovendo atos de grandes aglomerações em desrespeito às normas sanitárias vigentes no contexto de uma das maiores pandemias da história, a COVID-19”, diz o promotor.
O MP solicita decisão liminar com tutela inibitóri para cumprimento à Lei Estadual 16.918/2020, que evitem comícios no formato tradicional, realizando Comícios no formato drive-in com a orientação de que os participantes não saiam dos carros, evitando aglomerações.
Ainda fiscalizando o uso de máscara por todos os participantes comícios só com o distanciamento de 1,5m entre as pessoas, reduzir fluxo e a permanência de pessoas dentro dos Comitês ou Locais de reuniões presenciais, evitar bandeiraços, passeatas, caminhadas, carreatas e similares, dentre outras medidas, conforme o documento abaixo:
 
Apesar de estar sendo solicitado pelas coligações das cidades de Afogados da Ingazeira e Iguaracy o uso dos meios de proteção, a exemplo da máscara facial, uma grande parte da população que participa dos eventos insiste em ir para as ruas sem as medidas exigidas pelas autoridades sanitárias. Já era de se esperar que a justiça buscasse intervir desta forma. 
Resta agora esperar a decisão do judiciário, lembrando que em Iguaracy, podemos notar pessoas sem os devidos meios preventivos de segurança em ambas as coligações.