https://www.facebook.com/pg/saudeiguaracy/posts/?ref=page_internal

Oposição publica Fake News na tentativa de descredenciar pesquisa que atesta vitória de Zeinha no dia 15.


Mais uma notícia tentando descredenciar o Instituto Múltipla sendo compartilhada tenta induzir a erro.
A notícia tenta confundir a população com matéria datada de hoje, indicando que o Múltipla teria tido pesquisa proibida de ser divulgada em Salgueiro. Mas não houve respeito aos fatos.
Para isso, pegam print de uma decisão liminar de 8 de outubro como se fosse de agora, ainda tentando espetacularizar o fato. E só contam uma parte da história.
Naquela data, a justiça eleitoral de Sertânia havia proibido por liminar todos os institutos de divulgar pesquisas. Uma delas, da Coligação Pra Frente Salgueiro, questionando a metodologia. Mas o Múltipla confirmou a metodologia, seriedade e espertise na realização dos levantamentos. Resultado: a pesquisa foi divulgada cinco dias depois da decisão, dia 13 de outubro.
O número de identificação da pesquisa foi PE 00205/2020. O período de realização da coleta: – 05 de outubro de 2020 com 300 entrevistados. A margem de erro foi de 5,7% para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. O Múltipla disponibilizou seu relatório completo: Relatório completo Salgueiro .
Outra informação é a de que não há nenhuma pesquisa do Instituto registrada para Salgueiro nessa reta final da campanha (último print). O blog inclusive já soltou nota tratando dos últimos levantamentos.
Questionar dados, dizer que não acredita, é um direito legítimo. Pesquisas são pesquisas e por isso tem margem de erro. Os números que valem são os de 15 de novembro, onde aí sim, poderão ser comparados. E o Múltipla segue sem nenhuma pesquisa com divulgação proibida desde o início dos levantamentos. Só entristece ver formadores de opinião, por interesses políticos, alguns colegas, recorrendo a esse expediente. Uma pena. Diga não às Fake News!
Via Nill Júnior