https://www.facebook.com/pg/saudeiguaracy/posts/?ref=page_internal

Confira o balanço mundial da pandemia de Covid-19 em 3 de janeiro

A pandemia do novo coronavírus deixou pelo menos 1.835.824 mortos no mundo desde que o escritório da Organização Mundial da Saúde (OMS) na China informou o aparecimento da doença em dezembro de 2019 - conforme balanço da AFP, neste domingo (3), elaborado com base em fontes oficiais.
Desde o início da pandemia, mais de 84.508.990 pessoas contraíram a doença. Deste total, pelo menos 54.001.300 conseguiram se recuperar, de acordo com as informações divulgadas pelas autoridades locais.
Estes números se baseiam nos relatórios comunicados diariamente pelas autoridades sanitárias de cada país e excluem as correções feitas "a posteriori" pelos diferentes organismos, como na Rússia, na Espanha, ou no Reino Unido.
Desde o começo da atual crise sanitária, o número de testes realizados aumentou consideravelmente, e as técnicas de rastreamento de contato melhoraram, o que levou a uma alta nas infecções declaradas.
Ainda assim, o número de casos diagnosticados reflete apenas uma parte da totalidade de contágios. Os casos menos graves, ou assintomáticos, continuam sem serem detectados.No sábado, foram registrados 8.133 novos óbitos e 578.676 infecções no mundo. Segundo os últimos balanços oficiais, os países com mais mortes são Estados Unidos, com 2.378, Rússia (504) e Reino Unido (445). O número de mortos nos Estados Unidos chega a 350.214, com 20.430.088 casos de contágio.
Depois dos Estados Unidos, os países com mais vítimas fatais são Brasil, com 195.725 mortes e 7.716.405 casos; Índia, com 149.435 mortes (10.323.965 casos); México, com 126.851 mortes (1.443.544 casos); e Itália, com 74.985 mortes (2.141.201 casos).
Entre os países mais atingidos, a Bélgica registra a maior taxa de mortalidade, com 169 mortes a cada 100.000 habitantes, seguida de Eslovênia (133), Bósnia (125), Itália (124) e Macedônia do Norte (121).
Desde o início da pandemia, a Europa acumula 580.492 mortes (26.933.136 casos de contágio); América Latina e Caribe, 510.720 (15.698.098); Estados Unidos e Canadá, 365.914 (21.016.142); Ásia, 220.651 (13.987.687); Oriente Médio, 90.456 (4.032.456); África, 66.646 (2.810.356); e Oceania, 945 (31.122).
Esse balanço foi feito com base nos dados das autoridades nacionais coletados pelas redações da AFP ao redor do mundo e com informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).
Devido a correções por parte das autoridades locais, ou à divulgação tardia dos dados, o aumento nos números publicados em 24 horas pode não corresponder exatamente aos do dia anterior. (Via: AFP)