Vice-governadora Luciana Santos anuncia que foi diagnosticada com Covid-19 pela segunda vez

Depois de dez meses, a vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos (PC do B), voltou a ser diagnosticada com Covid-19. A assessoria de imprensa da gestora informou, neste sábado (27), que ela está assintomática e que cumpre o período de isolamento determinado pelas autoridades de saúde.
Luciana Santos, que tem 55 anos, foi diagnosticada com a doença pela primeira vez no dia 20 de maio de 2020, no período considerado pelo governo como primeiro pico da pandemia em Pernambuco. Agora, ela voltou a ser infectada em outro período de fase aguda
Pesquisas feitas em todo o mundo confirmaram que é possível que um paciente que tenha tido a Covid-19, apesar de desenvolver anticorpos contra a doença, possa ser reinfectado.
Especialistas afirmaram, recentemente, que a variante brasileira do coronavírus, já registrada em moradores de Pernambuco, tem potencial para infectar pessoas que já tiveram a doença.
“Minha filha positivou e, por isso, resolvi fazer o teste. O resultado saiu ontem e também deu positivo. Nós duas estamos assintomáticas e estamos bem”, afirmou a vice-governadora.
A assessoria de Luciana Santos informou que, mesmo tomando todos os cuidados necessários para evitar a infecção, a família estava se testando periodicamente, por precaução.
Foi assim que, cerca de dez dias atrás, a filha da vice-governadora teve o diagnóstico. A equipe de apoio da gestora foi dispensada e a gestora ficou em casa, cuidando da filha.
Primeira infecção
Em maio de 2020, assim como Luciana Santos, também tiveram diagnóstico para Covid o governador Paulo Câmara (PSB); o ex-chefe de gabinete dele e atual deputado federal Milton Coelho (PSB); e o secretário estadual de Saúde, André Longo. Todos fizeram testes na mesma época.