Aplicativo do Caixa Tem gera complicações no primeiro dia de auxílio emergencial

 
O primeiro dia de consulta do auxílio emergencial teve problemas no aplicativo, que ficou sobrecarregado durante a madrugada. Nessa nova rodada, o valor pode variar entre R$ 150 e R$ 350, dividido entre quatro parcelas.
Com as novas regras, o benefício não será entregue para os quase 68 milhões de brasileiros na primeira rodada. A previsão do governo é atender apenas 45 milhões de pessoas e, até o momento, já foram processados 40 milhões.
Quem precisar contestar sobre a falta do nome na renovação do programa, precisa entrar no site e clicar na aba "Contestar", após verificar o nome na lista. O não beneficiário deve realizar esse processo até o dia 12 de abril.
As principais reclamações são:
- A falta de atualização do aplicativo Caixa Tem
- Mães que recebiam, em média, R$ 1.200 e depois R$ 600, vai ganhar apenas R$ 150
- O sistema da Dataprev não atualiza os dados de todos
- Pessoas que não constam como canceladas em 2020, mas não receberam todas as parcelas no ano passado, foram desclassificadas em 2021
- Pessoas que tiveram o benefício negado por estar com emprego formal, mas não estão trabalhando
- Beneficiários do Bolsa Família que tiveram negado o dinheiro para o recebimento em 2021
- Pessoas que moram em família, mas vão receber apenas R$ 150, porém, deveriam ganhar apenas para aqueles que moram sozinhos
A Renda Brasileira da Renda Básica deve enviar nesta segunda (05) um comunicado para o Ministério da Cidadania local cobrando soluções, segundo informações da Folha de São Paulo.