Com mais de 75% da população vacinada, Israel retira obrigatoriedade de máscara ao ar livre

O governo israelense anunciou nesta quinta-feira (15) o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras protetivas contra a Covid-19 ao ar livre a partir de domingo (18).
O país já vacinou com duas doses 75% da população. A regra para conter a disseminação do novo coronavírus valia em Israel há cerca de um ano.
De acordo com levantamento da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos, 836.590 pessoas foram contaminadas e 6.312 pessoas morreram em decorrência da doença no país, desde o início da pandemia.
A decisão de colocar fim na obrigatoriedade do uso de máscaras ao livre foi tomada com base em dados dos profissionais de saúde, considerando a baixa letalidade da transmissão da Covid-19 no país.
Em ambientes fechados, a utilização do equipamento de proteção permanece obrigatória.