Autor de postagem desejando “boa sorte” a Lázaro Barbosa é enterrado sem passar por necropsia e MP pede exumação

 
Morto a tiros por policiais no Maranhão após ser apontado como o autor de uma postagem em que desejou “boa sorte” ao serial killer Lázaro Barbosa, o jovem Hamilton Cesar Lima Bandeira foi enterrado sem passar por necropsia. Diante da irregularidade, o Ministério Público estadual pediu a exumação do corpo, a perícia nos projéteis para exame de balística e a reconstituição do crime.
Hamilton foi baleado no dia 17 de junho, dentro de casa, na frente da família. O caso aconteceu em Calumbi, na zona rural de Presidente Dutra (MA), durante abordagem da Polícia Civil sobre a suposta apologia aos crimes de Lázaro, fugitivo há 17 dias após matar uma família inteira no Distrito Federal.
Segundo O Globo, parentes do rapaz contaram que ele sofria transtornos mentais e apresentaram para a imprensa local as receitas médicas como comprovação. Eles são contra a decisão do secretário de Segurança Pública do Maranhão em manter em atividade os responsáveis pela morte de Hamilton. Na quarta-feira (23), moradores realizaram uma manifestação exigindo justiça.
O promotor de justiça Clodoaldo Nascimento Araújo, titular da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Presidente Dutra, afirmou que a investigação ficará sob a responsabilidade de delegados de outro município para que "tudo será apurado com a devida isenção cabível". Ele assegurou que os responsáveis pela condução do inquérito já foram oficiados para realizarem procedimentos essenciais à investigação, a exemplo da necropsia no Instituto Médico Legal (IML) para determinar a região dos tiros, a perícia nos projéteis retirados do corpo e a reconstituição do crime.
Araújo acrescentou que foi encaminhado ofício à Corregedoria da Polícia Civil, para que forneça o histórico funcional dos policiais envolvidos na ocorrência, e à Secretaria Municipal de Assistência Social, a fim de que ofereça serviço psicológico aos parentes da vítima que estavam no interior da residência na hora da morte e levantamento do histórico familiar do rapaz.