Pernambuco registra maior índice de solicitações por leitos para Covid-19 na rede pública desde maio

Ao todo, foram 80 solicitações, entre UTI e enfermaria
Pernambuco fechou o domingo (7) com 80 solicitações ativas de leitos de UTI e enfermaria de Covid-19 na rede pública. É o maior patamar desde 31 de maio, quando o Estado havia registrado 85 solicitações.
Os dados constam no painel de monitoramento da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag), que é atualizado diariamente com as estatísticas da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE).
Desse total de chamados, 57 são para leitos de terapia intensiva, das quais 46 eram para adultos, seis para UTI infantil e cinco para UTI neonatal.
Já das solicitações de 23 leitos de enfermaria, 19 eram para adultos e quatro para crianças.
Segundo a Seplag, quando as solicitações à regulação de leitos são feitas, o chamado já é incluso na taxa de ocupação. Por isso, não é uma fila de espera. Pernambuco alcançou 95% de leitos ocupados na rede pública no domingo.
O maior índice registrado em Pernambuco foi em 11 de maio, no auge do primeiro pico da pandemia. Na ocasião, foram notificadas 460 solicitações – 275 de UTI e 185 de enfermaria. As informações são da Folha de Pernambuco.

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232