Ciclista Kennedy retoma projeto Sertamérica depois de 23 dias parado.


Para o ciclista afogadense Claúdio Kennedy, este último sábado (13) foi o recomeço do Projeto Sertamérica depois de longos 23 dias parado e de muitos "problemas no caminho". Kennedy pedalou 105 km, saiu da cidade de Humaitá-AM e chegou no estado de Rondônia.
Devido o tempo que ficou parado, Kennedy chegou ao seu destino com fortes dores na musculatura e no joelho.

Com muito cuidado Kennedy teve que montar um novo percurso que será através do Perú. Por onde passou recebeu vários avisos de perigos e alertas, viajantes experientes, amigos e andarilhos, alertavam sobre a fronteira com a Venezuela muito perigosa no momento.
Confira a baixo uma das mensagens enviadas para Kennedy onde um amigo Venezuelano pede para ele desistir de pedalar pela Venezuela:
"Irmão, é muito perigoso agora. Você não poderá entrar por Santa Elena de forma legal. Outra coisa é que todas as estradas são extremamente perigosas. Eles foram cotrolados por gangues organizadas. Possivelmente assassinado. Essa rota de Ciudad Guayana a Los Teques, extremamente perigosa. Os criminosos estão patrulhando essas estradas. Não há mais segurança nas estradas. É preferível voltar e seguir outro caminho", disse.
Devido aos muitos pedidos para mudar sua rota, Kennedy então resolveu acatar os conselhos e hoje segue com mais tranquilidade através de um novo roteiro. 
Confira abaixo vídeo do afogadense falando sobre o assunto.

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232