Moro se filia ao Podemos: “O Brasil precisa de líderes que ouçam a voz do povo”

O ex-juiz Sérgio Moro, em Brasília, nesta quarta-feira (10), assinou e sacramentou sua filiação ao Podemos. O ex-ministro da Justiça de Bolsonaro deve concorrer a presidência da República na eleição o próximo ano. “O Brasil precisa de líderes que ouçam a voz do povo”, destacou em seu discurso.
Moro foi tratado como um porta estandarte da justiça com realce na sua atuação em Curitiba, na Lava Jato. “Quebramos a impunidade da corrupção. Julgamos e condenamos pessoas poderosas da política e dos negócios e pela primeira vez pagaram por seus crime”, afirmou.
“Sou alguém que vocês podem confirmar”, reiterou Moro no discurso que alegou sua vivência de vida pública na chefia da Lava Jato e do ministério da Justiça.
Pelo apurado, caso a ideia da presidência não vingue, Moro pode se candidatar a senador pelo Paraná – a vaga ocupada por Alvaro Dias, também integrante do partido e um dos entusiastas da filiação de Moro.
Moro foi o responsável pela decretação da prisão do ex-presidente Lula (PT), contudo, o processo foi classificado como nulo, pois o juiz, em questão, tinha competência para julgá-lo.

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232