Acusado de matar Zezito de Amaro em Afogados é preso em Santos (SP)


Homem é suspeito da morte do idoso Zezito de Amaro, 72 anos, no Sítio Portázio. Ele estava foragido desde 15 de dezembro.
A Polícia Militar de Santos, no litoral de São Paulo, prendeu nesta segunda-feira (3) um homem suspeito da prática de homicídio em Afogados da Ingazeira, no último dia 02 de dezembro.
As câmeras do Centro de Controle Operacional (CCO) de Santos auxiliaram na prisão do suspeito, que estava foragido desde o dia 15 de dezembro.
A prisão ocorreu após atitude suspeita dele, que evitou estacionar na Rua João Antunes, no José Menino, onde atuavam diversos policiais militares da Operação Verão.
A placa do carro foi identificada no Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP). O CCO passou a monitorar e informou a ocorrência à Guarda Civil Municipal (GCM) e à Polícia Militar.
Após estacionar o veículo na segunda alameda de acesso ao canal 1, o homem desceu do veículo com um casal e uma criança. Em seguida, ele sentou no gramado próximo ao veículo. Viaturas da PM foram até o local, realizaram a abordagem e ele confessou o homicídio. O homem foi preso e encaminhado à delegacia. As informações são do G1.
O caso – O Delegado Regional Ubiratan Rocha confirmou ao blog que o homem preso é o último suspeito que se encontrava foragido acusado pelo homicídio do idoso Zezito de Amaro, 72 anos, no Sítio Portázio, na divisa de Queimada Grande. O crime aconteceu no último dia 02 de dezembro. A vítima foi encontrada amarrada ao lado de um machado, porém a morte foi provocada por disparos de arma de fogo. (G1 via Nill Júnior)