Ômicron avança, casos de H3N2 diminuem em Pernambuco, diz Secretaria de Saúde


De acordo com levantamento da Secretaria de Saúde de Pernambuco, há segunda semana epidemiológica de 2022 registrou uma desaceleração dos casos de Síndrome respiratória aguda grave (Srag). Foram 1.189 notificações, o que representa uma redução de 15% em uma semana e um crescimento de 25% em 15 dias. Neste mesmo período, foram 672 solicitações por vagas de UTI – uma redução de 16% em uma semana e de 15% nos últimos 15 dias.
O secretário de Saúde, André Longo alertou que este movimento ainda é resultado do impacto dos números de influenza A (H3N2) registrados nos últimos dias de 2021 e começo de 2022. De acordo com o gestor, os casos positivos de influenza diminuíram abruptamente nas últimas três semanas.
Longo alertou ainda que, diante da circulação da variante Ômicron, a recomendação é seguir com todos os cuidados necessários. “Não podemos baixar a guarda. A Covid-19 ainda é uma ameaça e nosso alerta se volta, agora, para a variante Ômicron, que já é dominante em nosso Estado e tem impactado no aumento da positividade dos casos leves da doença”, pontuou.
Segundo a SES, na última terça-feira, a cada 100 testes rápidos de antígeno realizados nos centros estaduais de testagem, 35 positivaram para Covid-19. Já a positividade geral das amostras processadas pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-PE) está em 19% – na semana epidemiológica 51 de 2021 (dezembro), a taxa era de apenas 2,8%.

Betano: Apostas Esportivas - Faça seu Jogo Online

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232