Governo vai mudar prova de vida de aposentados e pensionistas do INSS


A prova de vida obrigatória de aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) vai mudar e passará a ser feita a partir do cruzamento entre as bases de dados do governo. Com isso, a expectativa é de que o processo fique mais fácil
O governo ainda não deu detalhes sobre o que vai mudar. Haverá um evento nesta quarta (2) para o presidente Jair Bolsonaro (PL) assinar uma portaria com as mudanças.
Elas valerão para os segurados que fizerem aniversário a partir da data da publicação da portaria.
A prova de vida é um procedimento obrigatório para o segurado do INSS provar que está vivo e continuar recebendo benefícios. Caso os segurados não passem pelo processo, os valores são suspensos.
Atualmente, cada pessoa precisa comparecer presencialmente ao banco responsável pelo pagamento do benefício e fazer a prova de vida por meio de biometria nos caixas eletrônicos ou no atendimento pessoal das agências, apresentando o cartão de débito e um documento com foto.
Idosos a partir de 80 anos ou pessoas com dificuldade de locomoção podem pedir visita em domicílio, mediante agendamento.

Betano: Apostas Esportivas - Faça seu Jogo Online

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232