Sertão do Pajeú ganha reforço com Patrulha Comunitária Rural


Na manhã dessa quarta-feira (23), a Polícia Militar de Pernambuco, por meio da Diretoria Integrada do Interior II – DINTER II, realizou a solenidade de implantação oficial da nova modalidade de policiamento: a Patrulha Rural Comunitária. O novo modelo possibilitará uma maior aproximação entre os moradores das zonas rurais e as equipes de policiais militares na busca por soluções para conflitos, aumento da sensação de segurança, objetivando a diminuição da criminalidade no campo.
Para atender a modalidade, diversos policiais militares receberam capacitação específica através da Diretoria de Articulação Social e Direitos Humanos – DASDH, os quais atuarão como agentes multiplicadores em suas Unidades. Para concretização da implantação das Patrulhas Rurais Comunitárias em todas as 11 Unidades da Polícia Militar no Sertão do Estado, a DINTER II recebeu um reforço no efetivo correspondente em 139 policiais militares.
"A modalidade entra com uma filosofia diferente, realmente de manter essa proximidade com a comunidade. É um policiamento que foi capacitado pela Diretoria Integrada de Direitos Humano
s e estão capacitados para ter esse contato maior. Um estudo da população previa várias demandas da própria comunidade e na área de segurança o que mais pedem é a Patrulha Rural, então ela vem para atender essa demanda da própria comunidade e esse incremento no efetivo é exclusivamente para a zona rural.", afirmou o diretor de planejamento da Polícia Militar Coronel Bagetti.
Ao todo, serão lançadas 13 Patrulhas Rurais Comunitárias no Sertão do Estado, que atuarão nas unidades sertanejas, abrangendo todo o Sertão, a saber: Sertão do Moxotó, Sertão do Pajeú (a partir de Serra Talhada), Sertão de Itaparica, Sertão Central, Sertão Araripe e Sertão São Francisco.
(Farol de Notícias)

Betano: Apostas Esportivas - Faça seu Jogo Online

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232