Crédito para micro e pequena empresa sobe 94,7% na pandemia

As pequenas empresas tiveram alta de 103,1%, de R$ 130,8 bilhões de 2019 para R$ 265,6 bilhões em 2021
O crédito para micro e pequenas empresas subiu 95% na pandemia de covid-19, mostrou levantamento da Febraban (Federação Brasileira de Bancos). O percentual de crescimento foi registrado de 2020 a 2021. O estudo “Desempenho do Crédito para as Micro e Pequenas Empresas (MPEs) na Pandemia” foi divulgado nesta 2ª feira (18.abr.2022). Eis a íntegra do relatório (451 KB).
O mercado de crédito subiu 15,6% em 2020 e 16,5% em 2021. A carteira de pessoa jurídica liderou o processo: alta de 21,6% em 2020 e de 10,5% em 2021.
O saldo da carteira de crédito das micro e pequenas empresas subiu de R$ 186,9 bilhões em 2019 para R$ 363,9 bilhões em 2021, o que representa uma alta de 94,7%.
Ao segregar os dados, as pequenas empresas tiveram alta de 103,1%, de R$ 130,8 bilhões de 2019 para R$ 265,6 bilhões em 2021. Já o crédito às micro empresas subiu de R$ 56,2 bilhões para R$ 98,3 bilhões, o que representa um avanço de 75%.

O crédito destinado às micro e pequenas empresas ganhou participação na carteira pessoa jurídica, saindo de 13,2% em 2019 para 19,7% em 2021. Os bancos de maior porte tiveram a maior participação na alta, com crescimento 113,8% no período da pandemia.
Agência Brasil via Poder 360

Betano: Apostas Esportivas - Faça seu Jogo Online

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232