Alta dos combustíveis atrapalha reeleição de Bolsonaro

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, afirmou, neste sábado (28), que o presidente Jair Bolsonaro (PL) ainda não avançou nas pesquisas de intenção de votos por causa do alto preço dos combustíveis no país. O aliado do chefe do Executivo revelou ao Jornal Folha de S.Paulo, no entanto, que ainda confia numa vitória do conservador em outubro.
“O que ainda está segurando [Bolsonaro] é o preço dos combustíveis, mas mesmo assim ele está crescendo. Se não tivesse a guerra da Ucrânia com a Rússia e não tivesse tido esse crescimento da inflação, dos combustíveis, preço dos alimentos, ele já estava lá na frente, disparado. Ele vai ganhar, mesmo com isso”, declarou o ministro.
Segundo Faria, se não houvesse uma “pressão” provocada pela guerra na Europa e pandemia de covid-19, Bolsonaro estaria com 60% das intenções de voto.

Betano: Apostas Esportivas - Faça seu Jogo Online

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232